8 – O que é esse tal de índice Ibovespa?

bovespa bolsa de valores

Provavelmente o leitor já deve ter ouvido no Jornal Nacional, ou qualquer outra mídia, que passe notícias diárias, falando sobre a bolsa de valores. Falando coisas do tipo:

A bolsa de valores registrou alta de 2% hoje!

Devido ao mau humor do mercado, com relação ao cenário político o indicie Ibovespa registrou queda de 3%!

Opa! O que é esse tal de índice Ibovespa? Como eles conseguem mesurar que a bolsa de valores como um todo subiu ou caiu? Vamos por partes então! Como um esquartejador!

Quando queremos descobrir uma média sobre dois valores, o que fazemos geralmente caro leitor? Estou falando sobre uma média ponderada no caso!

Nós simplesmente pegamos os dois valores, somamos os mesmos e com o resultado dividamos por dois. Pronto! Tecnicamente é assim. Quando falamos sobre o índice Ibovespa uma coisa parecida ocorre.

Mas ao invés de ser um calculo tão simples como pegar dois, ou três valores e dividir por dois ou por três, existe uma carteira, onde cada ativo possui certa participação sobre o valor total da carteira, e dessa forma, é possível mensurar a evolução da mesma carteira registrando as oscilações de cada ativo.

Confuso né? Não era para ser, mas vamos lá! Quando falamos sobre o índice Ibovespa, me refiro a uma carteira desenvolvida pela própria bolsa de valores, para determinar um determinado segmento da bolsa.

No caso o Ibovespa serve como um termômetro para a bolsa de valores. Quando o Ibovespa cai, geralmente as noticias são de queda na bolsa de valores, como algo geral.

Mas não é geral, existem ativos que se valorizam, mesmo quando um índice, como um todo acaba caindo. Isso acontece devido à quantidade de empresas que existem no índice Ibovespa. Hoje, é algo aproximo das 50 companhias. Devido a essa quantidade, é provável que o Ibovespa não consiga representar muito bem a bolsa de valores, correto? Não, não é bem assim…

No inicio falei sobre fazer uma média, correto? Pois é, aquilo era somente para dar uma ideia ao investidor. A bolsa de valores brasileira é constituída por diversas empresas. Cada companhia que negocia suas ações na bolsa de valores possui um valor e uma quantidade de ações.

O que o índice Ibovespa faz: de acordo com suas novas regras, que foram alteradas em 2014, a carteira Ibovespa passou a dar mais importância ao peso das empresas no mercado, ao invés de focar somente na liquidez das mesmas.

Ou seja, é natural que a maior companhia seja a primeira da lista, uma vez que ela também vai acabar sendo a maior da bolsa de valores como um todo. Além da primeira, a segunda, terceira, quarta e assim por diante, vão entrando na lista.

Cada companhia com sua respectiva participação no índice. Atualmente a empresa com maior participação no Ibovespa é o ITUB4 (Itaú Unibanco).

Antes das alterações, poderíamos encontrar no lugar do ITUB4, a PETR4, por exemplo. Além da Petrobras, seria possível ver a OGXP3 nos primeiros lugares também. Mesmo sabendo que a companhia mal tinha valor patrimonial.

Segue lista com as principais empresas do índice Ibovespa (favor observar que ITUB4 está em ultimo na listam, porém é a empresa com maior participação no índice).

ações bolsa de valores

O leitor pode ver que PETR4 está com pouco menos de 5% de participação no índice. Tal participação antes das modificações era maior. Uma vez que PETR4 se beneficiava bastante da quantidade de negociações que havia,

Outra ação que vivia no topo, ao lado de PETR4 era VALE5, empresa que fica logo abaixo de PETR4. Atualmente as companhias que ganharam mais importância, são os bancos (ITUB4 BBDC3), e a ABEV3.

A carteira do índice possui mais de 50 milhões de ações. Sendo assim, o valor teórico da carteira, pode passar facilmente dos 100 milhões de reais. É muito dinheiro!

Vale lembrar que a carteira do Ibovespa sofre alterações periódicas. Uma vez que a liquidez e o valor das empresas sofrem alterações constantes. Sendo assim, vira e mexe temos alterações na carteira.

Principalmente nos que se diz respeito a participação das companhias, saída de empresas e entrada de novas companhias na lista.

Enfim, quando falamos que a bolsa de valores caiu ou subiu, estamos nos referindo ao índice Ibovespa. Ele não é o único, mas é o principal. Na bolsa de valores podemos encontrar diversos índices.

Ao comprar nosso mercado ao americano, por exemplo, ainda estamos bem atrás. Lá eles possuem muitos índices. Com um mercado tão desenvolvido, até os ETF possuem aos montes!

Coisa que mais cedo ou mais tarde ira acontecer em terras tupiniquins. Segue lista com alguns índices:índices bolsa de valores

Além do Ibovespa temos mais uma bela porção de índices. Cada um representando um segmento. Logo após o Ibovespa temos o IDIV (índice de dividendos)

Esse indicie possui as principais empresas pagadoras de dividendos do mercado. Analisando a metodologia empregada pela bolsa de valores ao incluir novas empresas, ou ,manter as mesmas na carteira de dividendos, podemos ver que boa parte das características que o índice Ibovespa observa, também são alvo o IDIV.

Resumindo, se a empresa se enquadra para entrar no Ibovespa, ela precisa, ao menos, pagar mais dividendos para poder fazer parte do IDIV.

Índice de Dividendos (IDIV)

Segue alista com algumas companhias que fazem parte do índice:

idiv bolsa de valores

Novamente ficaram empresas fora da ordem! Essa lista proveniente do site da BM&F está apavorando! BBAS3 e ITSA4 estão fora de lugar, deveriam figurar entre as primeiras.

Posso dizer tranquilamente que ambas as empresas (BBAS3 e ITSA4) figuram no Ibovespa, e possuem bons pagamentos de dividendos. Aliás, esses pagamentos são recorrentes, ou seja, constantemente os seus acionistas recebem bons dividendos.

Segue perfil de ITSA4 e BBAS3 no site Fundamentus, com o percentual de dividendos:

cotação bolsa de valores

A ação em questão na imagem é ITUB4. Dentre as empresas do mesmo segmento, ITSA4 é uma das que mais paga dividendos. Outra coisa que conta em favor da companhia, está ligada a questão de liquidez.

ITSA4 é uma das ações mais negociadas na bolsa de valores, estando inclusive entre as 15 maiores empresas do índice Ibovespa. Segue lista com outras companhias do mesmo segmento de ITSA4.

rendimentos bolsa de valores

O leitor pode ver que ITSA4 está figurando lá entre as ultimas colocações da lista. Sendo que existem várias outras empresas que estão pagando muito mais em dividendos.

Segundo a lista, temos companhias pagando mais do que 10% em dividendos ao ano! Número muito bom, uma vez que tais pagamentos são isentos de imposto de renda!

Mas então porque essas companhias não estão na frente de ITSA4 no índice de dividendos? Ou melhor, se existe alguma companhia que não faz parte e está ali, porque ela não faz parte de IDIV?

Simples, boa parte dessas ações não se enquadram na metodologia de inclusão do índice. Portando, mesmo elas pagando 100% de dividendos, não seria o suficiente para fazer parte.

O investidor até pode achar isso muito ruim, mas tudo isso serve para proteger o investidor, pode acreditar! Existem diversas companhias, que conseguem de alguma forma, um ótimo resultado, e acabam pagando distribuições muito altas para o valor da ação.

Isso acaba gerando algumas distorções nas análises. Depois, quando o tempo passa, é possível ver que tal provento, acabou sendo gerado por um fator isolado.

Lembrando que se o investidor está a fim de investir em algum ativo que siga de perto o principal índice de dividendos da bolsa de valores, existe o ETF DIVO11!

Por meio desse ETF, o investidor consegue ficar posicionado em uma carteira bem diversificada, e seguindo um dos principais índices da bolsa de valores. O investidor pode conferir mais informações sobre o ETF na página da administradora IT Now Itaú.

Segue imagem com os números de BBAS3:

gráfico bolsa de valores

Opa! Mas esse dividendo é bem mais baixo do que o de ITSA4, correto? Sim, mas mesmo assim, ainda podemos dizer que é um bom pagamento.

Não é toda companhia que faz distribuições. Primeira coisa, somente empresas com lucro, ou aumentos que tenha reservas podem fazer distribuições. Só nesse quesito, já podemos excluir algumas companhias.

Outro detalhe, aquelas que fazem pagamentos, nem sempre conseguem ou querem, pagar bons dividendos. Sendo assim, em minha opinião, pagamentos acima dos 2% já podem ser considerados bons dividendos.

BBAS3 obteve uma boa valorização de suas ações recentemente, fato que contribuiu com a queda do rendimento. Uma vez que o cálculo é feito através dos valores dos proventos, contra o valor da ação no mercado.

Em outro artigo vamos abordar mais o assunto, vamos falar um pouco mais sobre os outros índices! Vamos pular os outros, chegando até o IFIX!

Antes de começar a falar sobre o índice de fundos imobiliários da bolsa de valores, gostaria de convidar o leitor a ler outros artigos que temos em nosso blog sobre FII, segue:

Índice de Fundos Imobiliários (IFIX)

Como o próprio nome já diz, esse índice é composto pelos fundos imobiliários listados na bolsa de valores. De forma similar aos índices já visto existe uma metodologia empregada nessa escolha.

Trecho da metodologia empregada pela bolsa de valores para incluir fundos no IFIX. Por se tratar de um mercado com menos liquidez do que o acionário existe algumas diferenças.

Uma delas é no que tange a porcentagem de participação nas negociações diárias. No Ibovespa, a ação precisa ter presença de ao menos 95% dos pregões, sendo que no IFIX, o fundo que possui 60% já tem grandes chances de entrar! Outra explicação para isso, decorre do tempo que o IFIX existe no mercado, sendo um dos últimos índices a serem lançados.

Dando continuidade ao assunto de índices, poderíamos falar também do SMAL que se refere às ações consideradas small caps, ou de empresas de médio e pequeno porte, temos também índices do exterior, como o S&P 500, que nada mais é do que uma representação das 500 maiores empresas dos Estados Unidos (coisa pouca).

Com certeza não falta assunto para essa área! Tendo oportunidade até para falar sobre ETF. Uma vez que se não existe ETF para o IFIX, existem ETFs para o S&P 500 e SMAL.

Na próxima página (página 10/11): Vale ou não vale investir no índice Ibovespa?

  1. Sergio 27 de novembro de 2017 at 12:28

    Quando se coloca uma ordem de compra ou venda de ações, pode fazer o cancelamento desta ordem antes que ela seja concluída?

    1. Oliver Imhof 1 de dezembro de 2017 at 19:03

      Boa noite Sergio! Tudo bom? Sim, claro! Se a ordem ainda não foi executada e o ativo não veio parar na suas carteira, ou saiu dela, a ordem podem sim ser cancelada! Espero ter ajudado! Qualquer coisa estamos ai!

Deixe Um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *