Será Que Vale a Pena Treinar Num Simulador da Bolsa de Valores?

Eles estão por todos os lados, possuem várias cores, tamanhos e voltagens, não sabemos com exatidão quantos existem, mas eu garanto que são mais do que 2, ou 3.

Os tão populares simuladores da bolsa de valores chamam atenção por onde passam, conquistando fans de norte à sul e extraindo gritos de êxtase de garotinhas adolescentes com desejos e sonhos de riqueza pelo mundo afora.

…ou adentro, afinal, não é possível sobreviver sem oxigênio fora do mundo, tipo no espaço, você esturricaria até a morte, e seria um fim ridículo, apesar de engraçado.

Mas enfim, a pergunta que fica é:

Será que a vale a pena usar um simulador da bolsa de valores para treinar?

O Que Eu Aprendi Com os Simuladores

Antes de responder a intrigante questão, enrolarei ao contar minhas experiência com simuladores…

Muito antes de considerar a possibilidade de talvez pensar na idéia de começar a especular com dinheiro de verdade, fiz meu cadastro no simulador da FolhaInvest com o objetivo de aprender a operar.

Logo no começo você recebe várias ações escolhidas sei lá como pelo jogo e mais 100 mil reais virtuais para suas operações. Na época eu achei isso o máximo, porém vale mencionar que eu podia ser até mais ignorante do que a média, mas tudo bem. Como fiquei ouvindo durante muito tempo falarem de comprar na baixa e vender na alta, minha primeira operação foi feita com o seguinte pensamento:

Ok, vou comprar uma ação que tenha caído bastante hoje pois de acordo com a lógica (da frase), ela deverá se recuperar amanhã!

Percebi rapidamente que essa técnica estúpido nunca iria funcionar.

Depois de ler míseros dois livros de análise técnica, me senti preparado para especular profissionalmente (com dinheiro de mentira).

Minha primeira operação da minha nova fase foi com a PETR4, tudo o que eu lembro da operação era que, como tinha estudado o MACD, estava esperando um sinal dessa ferramenta para entrar comprado.

Porém, não tendo saco para esperar (erro hediondo, eu sei), acabei comprando antes do sinal. A ação começou a cair quase nada antes do ponto em que o MACD teria me indicado a compra. Bom para mim, fiz merda e me dei mal, exatamente o que deve acontecer para você aprender sem antes precisar sofrer da maldita “sorte” do trader iniciante.

Depois de mais algumas operações, umas boas, outras ruins, esqueci o simulador e fui operar com dinheiro de verdade.

Comecei fazendo merda pois não sabia enviar ordens para a corretora, mas entre mortos e feridos, todos se salvaram e eu acabei sobrevivendo à minha fase de noob com a maior parte do meu capital intacta.

Continuei estudando muito e, depois de chegar a um nível menos noob, voltei ao simulador com o objetivo de testar um sistema de trading. Abri uma nova conta, vendi todas minhas ações virtuais e comecei a testar, alguns meses se passaram e felizmente o sistema funcionou como previsto, legal.

Ok, então você pode estar achando que eu recomendo o uso de simuladores do mercado, né?

Infelizmente não é bem assim…

O Grande Problema dos Simuladores

O problema dos simuladores é que eles tiram todas as emoções quer você poderia sentir se negociasse com dinheiro de verdade na bolsa verdade. Bons operadores mantém as emoções sob controle, mas não é porque eles são robôs sem sentimentos, mas sim porque depois de uma fase de aprendizado, eles se adaptaram às circunstâncias.

Um iniciante pode aprender muito e fazer grandes operações com dinheiro virtual, porém quando chega a hora do vamos ver, ele perde a cabeça pois o simulador não o preparou para enfrentar a carga emocional das operações reais. Essas emoções derivam da idéia de que o dinheiro é essencial para sua sobrevivência, por isso é difícil perder dinheiro, dói. Nós somos programados para evitar a perda de dinheiro, é um instinto difícil de se ignorar.

Só que na bolsa de valores, como tudo funciona “contrário”, as coisas que você acha que vão te proteger, serão exatamente aqueles que irão te afundar, nesse caso as emoções trabalham contra você.

Por exemplo, nas minhas primeiras operações eu ficava extremamente ansioso. Fazia uma compra, colocava o stop e ficava andando de lá pra cá carregado de ansiedade e nervossismo até que a ação tivesse uma correção mínima para que eu pudesse subir o stop até um ponto lógico de break-even para poder finalmente relaxar e deixar os lucros correrem, aí sim, toda a ansiedade sumia.

Eu nunca tive dificuldades em deixar os lucros correrem mas constantemente ficava apavorado com a idéia de ser stopado, muitas vezes ficava tentado a subir o stop quando a operação se vinha contra mim, o que seria um instinto contra-produtivo.

Mas o importante é que eu não sentia nenhuma dessas emoções no simulador, porque não era real, minha “sobrevivência” não estava em jogo, eu não precisava me preocupar.

Os Simuladores Ainda Podem Ser Úteis, Né?

Mais ou menos…

Se quiser testar um sistema, você poderia muito bem utilizar o bom e velho papel e caneta. A “graça” do simulador da bolsa é o fato de que você pode guardar as informações de suas operações falsas de uma forma mais rápida e prática, dá pra aprender alguma coisa, mas muito pouco.

O especulador e psicólogo, Dr. Brett Steenbarger argumenta que os iniciantes podem tirar muito proveito dos simuladores porque eles fornecem ferramentas para seus jogadores poderem aplicar no jogo o que eles aprenderam nos livros ou em qualquer outro lugar. Só que o Steenbarger se refere a simuladores de verdade e não esses joguinhos de ações gratuitos que se acha por aí que não permitem nem uma mísera venda à descoberto (pelo menos na minha “época” não dava).

E mesmo que o iniciante use o melhor jogo da bolsa de valores de toda a história, nada mudará o fato de que com isso ele NUNCA poderá se preparar para o que realmente importa, que é ser capaz de manter o controle e a disciplina em situações de grande stress.

O meu conselho é:

Crie um sistema e procure evidências de que ele possa funcionar. Ao fazer isso você já estará se preparando bem para a parte fácil, a da análise técnica. Faça seus testes no simulador da bolsa de valores ou analise vários gráficos de todas as ações do índice ibovespa em variadas escalas temporais.

Depois teste a si mesmo! Utilize pouco dinheiro e, para se adaptar, aprenda a manter o calma e o controle. Eventualmente você não sentirá nada e poderá operar de uma forma mais racional.

Mas até lá, procure se adaptar emocionalmente, e a única forma de fazer isso não inclue de forma alguma o uso de um joguinho de ações, já que eles até podem ser um passatempo divertido, mas nunca te levarão muito longe.

O que você acha dos simuladores da bolsa? Eles te ajudaram de alguma forma? Conte como foi!



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


31 Comentários Será Que Vale a Pena Treinar Num Simulador da Bolsa de Valores?

  1. Gabriel

    Olá ainda faço uso de simulador de bolsa, especificamente o FolhaInvest como todo mundo! Mas após ler quase o site inteiro ainda fico confuso com este artigo, e me pergunto, O que faz de um simulador de bolsa um BOM simulador? Existem bons simuladores de bolsa? Aonde eles estão pois não os acho. Fica ai a sugestão de quem sabe, talvez, um dia, derrepente, fazer um artigo sobre BONS Simuladores 🙂

    “…Comenta sobre a importância do treinamento e da repetição, de ter um treinador e ainda defende o uso de (bons, eu disse bons!) simuladores de mercado..”
    (https://www.senhormercado.com.br/2010/04/os-6-melhores-livros-para-operadores-intermediarios/)

    Abraços

    P.S. Não achei o email então fica aqui meu comentário-sugestão.

    Responder
    1. Hugo

      O Dr. Brett Steenbarger diz que simuladores bons são aqueles em que você pode fazer qualquer coisa que faria se estivesse operando num home broker real, com cotações em tempo real, além de manter registros automáticos de sua performance para análise posterior, para encontrar padrões e etc. Eles nem devem ser tão difíceis de se encontrar, muitos HBs tem um modo simulador, e alguns deles podem ser bem completinhos. Agora, quando comecei a usar o FolhaInvest, não tinha como colocar stop compra ou stop venda, não dava para vender à descoberto e as cotações tinham atraso de 15 minutos! Não sei como está agora mas duvido que tenha chegado no nível de um bom HB com um bom modo de simulação.

      Ele também diz que a idéia básica da utilidade de um bom simulador é a da repetição. Você fica treinando fazendo sempre as mesmas coisas. Depois de um tempo você fica condicionado a fazer essas coisas sem pensar, como quando você aprende a dirigir. No começo você pensa: “Ok, tiro o pé do acelerador e coloco na embreagem, agora engato a segunda…” mas depois não passa mais nada pela sua cabeça, fica automático. Simuladores são úteis se utilizados para desenvolver esse condicionamento, para você se acostumar, e para isso, você precisa de um sem limitações bobas.

      Tenho uma idéia para uma série de posts que é a de usar um simulador de Forex e começar a operar sem estudar absolutamente nada sobre o assunto antes. Creio que será possível falar muito mais dos simuladores fazendo isso. Talvez daqui duas ou três semanas eu comece a escrever 😀

      Se tiver mais alguma dúvida, é só perguntar!

      Abraço

      Responder
  2. Floriano Blanco

    Olá Hugo,
    Antes de ler seu post eu tinha a mesma dúvida com relação aos simuladores, ou seja, a emoção, a dor que se sente em após uma operação errada ou mesmo durante, como ficaria?! Como você me respodeu agora: não fica!Estou lendo Alexander Elder e ele fala muito sobre o controle da emoção e por isso tive essa percepção.
    Me cadastrei no simulador UOL e senti falta de algumas coisas. Ele não se aproxima muito da realidade. Sinto que no dia que for operar com uma corretora, ficarei perdido e perderei dinheiro com isso no início. Já tive a idéia de acompanhar algumas ações e utilizar o que vou aprendendo e simular operações em uma diário, exatemente como manda o Sr. Elder, colocar a decisão tomada e o motivo e então avaliar o resultado de minha operação simulada. Seria simulado, mas em meu diário e com mais recursos para utilizar que um simulador. Se entendi bem, você sugeriu exatemente isso em seu post.
    Aproveitando, agradeço pela atenção em respoder meu último contato sobre quantia mínima para começar e simuadores, foi bastante esclarecedor. E se possível, um post sobre a “Calda de Canguru” que Alexander Elder se refere seria interessante, pois não conseguir identificar esse padrão.

    Um grande abraço.

    Responder
    1. Hugo

      Hey Floriano!

      Essa história toda dos simuladores me lembra de uma que o Jesse Livermore conta no Memórias de um Operador da Bolsa (para variar):

      Um cara diz para outro que é um atirador tão bom, mas tão bom, que consegue acertar a base de um cálice com um tiro a vários passos de distância. Só que aí seu amigo pergunta: “Ahh é, mas será que você conseguiria atingir a base do cálice com um tiro se este cálice estivesse apontando uma arma carregada para o seu coração?”

      Sagaz!

      O treino real é sempre melhor, não tem nem como comparar. No simulador do UOL eu não sei, mas no FolhaInvest, quando eu mexia, não dava para vender à descoberto e as cotações tinham atraso de 15 minutos. Além disso não dava para colocar ordens stops, só implementaram a função recentemente.

      Porém sim, é legal ficar só no papel e caneta por algum tempo só para você se acostumar com o compra e vende das ações e para detectar problemas de planejamento no seu sistema. Mas que esse tempo não seja muito longo, já que um bom trader se faz operando com dinheiro de verdade e não de mentira.

      Agora sobre o Elder: eu acho que algumas das coisas que ele invente são confusas demais. Não é a tôa que você está tendo dificuldades em identificar esse padrão. Outro, usado apenas por ele, é o cão dos barkersville ou algo assim. Até hoje não entendi direito isso :P. Mas é uma boa sugestão para um post, aproveitarei e explicarei os dois de uma vez.

      Abraço,
      Hugo

      Responder
  3. Marcos

    Fala Hugo,

    Bem bacana o post!

    Você saberia me dizer se é possível fazer a análise técnica, inserindo indicadores, por exemplo, na no Folhainvest? Pelo pouco que vi, achei o simulador bastante limitado…

    Abs., Marcos

    Responder
    1. Hugo

      Marcos, eu acredito que não. Dá última vez que olhei, o FolhaInvest não permitia nem vendas à descoberto :S

      E no simulador de futuros da bmf também nada de AT. É preciso fazer as análises de alguma outra maneira. Eu recomendo o ADVFN.com para os dois casos. É gratuito e em java.

      Falam bem dos simuladores de Forex mas como não me dediquei à esses mercados até agora, nunca me inscrevi em nenhum deles para saber se dá para acrescentar indicadores :S

      Mas de qualquer forma, existe o advfn. Fica mais chato abrir outras janelas mas elas quebram totalmente o galho, então blz!

      Abraço,
      Hugo

      Responder
  4. Victor

    o http://www.simulabolsa.com.br/ tem ordem de Stop e de Start, mas não tem essa modalidade de “venda a descoberto”, acho que seria muito difícil de programar algo assim, colocar um valor randômico para a resposta do computador comprar ou não levando em conta todas as variáveis do mercado.

    Responder
    1. Hugo

      Oi Victor!

      Eu não entendi o que você quis dizer com “valor randômico” 😛

      De qualquer forma, não deve ser difícil de programar a função. Se você vende à descoberto uma ação que custa 50 reais e ela cai para 40 quando você fecha o trade, basta subtrair os valores e fica tudo certo. No caso, a operação dá um lucro de 10 reais. Você empresta um papel e vende, aí, compra por um preço mais baixo e devolve para o dono. Bem simples!

      Os simuladores decentes (profissionais) tem essa modalidade. Agora esses mais simples e populares não, talvez para não incentivar vendas à descoberto já que muitas pessoas tem medo dessas operações.

      Vai saber 😛

      Abraço,
      Hugo

      BTW: Obrigado pelo link, não conhecia esse simulador ainda 🙂

      Responder
  5. Pedro

    Olá a todos. Concordo em partes sobre o artigo porem hoje está sendo lançado um simulador pela bolsa que é totalmente diferente dos outros simuladores existentes no sentido que ele imita realmente uma tela de homebroker. Estou testando ele nesse momento e uma das coisas que percebi é que não opera descoberto também, porém pelo pouco que li a bolsa só disponibilizou operações normais, ou seja, foi uma opção da bolsa utiliza-lo assim. Pelo que entendi vai chegar bem próximo à realidade, inclusive cobrando taxas e pagando proventos. A quem interessar é só ir ate o site da bolsa e fazer o cadastro ou pelo endereço http://www.simulacaobmfbovespa.com.br

    Responder
    1. Hugo

      Pedro e Gaspar:

      Olá!

      Seguinte, o problema desses simuladores mais simples é que, além deles não oferecerem a possibilidade de simularmos vendas à descoberto, não possuem cotações atualizadas. E esperar vários minutos para comprar uma ação virtual com o preço atrasado em 15 minutos é um saco.

      E como o Gaspar falou, o simulador tira toda a emoção do trading. E sem emoção, fica muito mais fácil operar. Afinal, você pode ser o melhor piloto de fórmula 1 de videogame do mundo, mas se te colocarem num carro de verdade, você morre na primeira curva. Se não for num acidente, seu coração explode mesmo.

      Abraço,
      Hugo

      BTW: tem o simulador de futuros da bm&f, ele também é uma opção. E por falar em opções, pena que não existe um simulador bom (cotações reais e vendas à descoberto) de opções 😛

      Responder
  6. Gaspar

    O problema não é só “imitar igual”, falta o sentimento da coisa.

    Quando é com o nosso dinheiro a sensação é completamente diferente, só da pra saber como você ira reagir a isso quando operar pra valer.

    Abraço

    Responder
  7. Eliézer

    Cadastrei-me no SimulAção (WWW.simulacaobmfbovespa.com.br) este simulador da Bolsa (BM&FBovespa) e muito bom é o melhor simulador em seu segmento, o mesmo contempla Corretagens e Emolumentos, La conseguimos comprar e vender ações do mercado avista, este simulador ficou com cara de Home Broker utilizado por investidores profissionais, vale apena conferir muito importante para aprimorar conhecimento no mercado de capitais, recomendo a todos!!!

    Responder
    1. Hugo

      Mas parece que não dá pra vender a descoberto e as cotações tem o atraso típico de 15 minutos dos outros simuladores :S

      Além disso simuladores, mesmo os bons, não servem pra muita coisa para aqueles que não sabem utilizá-los. O cara brinca um pouco, faz algum dinheiro virtual, aí começa a operar com dinheiro real e perde dinheiro porque aí entram as emoções e blá blá blá.

      Responder
  8. Eliézer

    Hugo como os outros simuladores o SimulAção tem um delay de 15 minutos referente ao mercado real, por enquanto não e possível efetuar operações de venda descoberto, todavia o SimulAção foi desenvolvido com cara de Home Broker para que iniciantes no mercado possa aprender na pratica como e investir na Bolsa de Valores.
    Para ser um operador profissional e necessário muito mais do que investir em um simulador, contudo os simuladores mostram o caminho basta os interessados correrem atrás de informações, noticias, analise técnica ou fundamentalista ou gráfica, cursos, etc…
    O SimulAção me ajudou a aprimorar meus conhecimentos no mercado de ações e saber na pratica como e investir na bolsa, podemos perceber que todo e qualquer investimento tem seus risco e prazos, na bolsa não e diferente.
    Estou postando para que outros como eu possa aprender e saber mais sobre o mercado de ações.
    Estou à disposição para tirar dúvidas e compartilhar conhecimento.

    Responder
    1. Hugo

      Isso é verdade Eliézer, os simuladores são um caminho mesmo, mas não para todos.

      Eu por exemplo mal mexi no simulador da FolhaInvest na época em que comecei porque suas funções eram bem ruins. Em vez de tentar investir ou operar virtualmente, decidi ler uma porrada de livros. Nunca mais usei um simulador nacional porque não vi utilidade nele.

      Mas sim, acredito que uma boa parcela do crescimento do número de pessoas físicas na bolsa de valores se credita aos simuladores. Porém, nada impede que no futuro eles sejam tão bons ou melhores do que os simuladores gringos de forex, commodities e qualquer outra coisa.

      Abraço,
      Hugo

      Responder
  9. Johann

    Olá Hugo,tudo bem?
    Gostei do artigo,e eu gostaria muito de aprender á operar na Bolsa de Valores,não sei absolutamente nada sobre o assunto,mas lendo todos os comentários sobre este artigo,queria saber se eu poderia usar o http://www.simulacaobmfbovespa.com.br/ para aprender o básico,pois como já foi mencionado,não vai dar todo o apoio necessário,mas dará um caminho,uma noção do que é,e eu sei muito bem o que é isso,pois estudo computação gráfica por conta própria,e realmente só precisamos de uma noção para “sairmos do lugar”.
    Pelo que entendi,estes simuladores não fazem milagre,mas se derem uma base legal,uma noção,já é alguma coisa!
    Com sua experiência,o que você acha?Eu deveria me cadastrar e “fuçar” neste simulador http://www.simulacaobmfbovespa.com.br/ ou você acha perda de tempo?

    Obrigado,

    Johann Moisés.

    Responder
    1. Hugo

      Oi Johann,

      Para ter uma noção, para “sair do lugar”, esses simuladores são bacanas sim. Eles não são totalmente inúteis mas você vai tirar muito pouco proveito deles. Pelo menos quando eu usei o da FolhaInvest, o programa não me ensinou nem a comprar ações direito. Escrevi sobre meu problema com isso no post Minha Primeira Cagada na Bolsa de Valores.

      Mas não conheço esse simulador, talvez seja bem melhor. Mas de qualquer forma todos eles são gratuitos e pelo menos um pouquinho de valor você poderá tirar. Então tudo bem, é de graça mesmo e você pode aprender alguma coisinha 🙂

      Abraço,
      Hugo

      Responder
  10. Eliézer

    Johann concordo com o Hugo o SimulAção vai de dar uma noção mas vc não vai aprender a operar na bolsa de valores, e necessário estudar muito para aprender, mas investir na bolsa não e um bicho de sete cabeças, faz o cadastro la no simulador(www.simulacaobmfbovespa.com.br)e vai estudando foi assim que eu aprendi a investir na bolsa, o simulador te ajudara a familiarizar com o mercado de ações.
    SimulAção tem cara de Home Broker disponibilizado pelas corretoras e la já vai ser debitados as taxas(corretagem e emolumento), no site da Bovespa (www.bmfbovespa.com.br)encontrara materiais com os primeiros passos para investir na bolsa.

    flw abs

    Responder
  11. Johann

    Hummm obrigado pelas respostas/informações Hugo e Eliézer,vou fazer meu cadastro e ver no que dá! ^^
    Esses dias conheci o tio da minha namorada que é investidor faz muito tempo, e ele estava explicando algumas coisas e me interessei!

    BTW,eu posso disponibilizar meu MSN pra galera que quiser trocar idéia ,se puder eu passo o adress por aqui ,mas nem esquenta,nem vou incomodar a galera rsss,só pra conhecer quem realmente está atuando nesta área!!!

    Valeu!

    Responder
  12. Mario Takashiwa

    Oi Hugo e congratulações pelo site, é muito divertido!

    Eu concordo com os outros comentários, para investir na bolsa de valores é legal começar num simulador. Mas para aprender mesmo, os simuladores de forex são muito bons. Gosto do metatrader, várias empresas de forex o tem.

    Mario

    Responder
  13. Eduardo Rocha

    Isso só me lembra uma discussão de como aprender a jogar poker.
    Quando era menor jogava poker com feijão. Qual o medo que eu teria de perder 10 feijões?
    Mas então, passei a jogar poker com dois reais. E isso já mudou tudo.
    Eu não queria mais perder meu dinheiro. Tinha muito mais cuidado. E outra, se eu fosse bem, eu ganharia dinheiro. Então passei a aprender muito mais sobre o poker.

    Responder
    1. Hugo

      Hey Eduardo, eu escrevi um post sobre poker e a bolsa de valores. Está em artigos diversos se me lembro bem, dá uma olhada lá.

      Existem semelhanças entre as duas atividades sendo as principais delas, os conceitos de edge e de position sizing.

      Abraço,

      Responder
  14. kelly

    Eu adoro o SHB3 deixo aqui o pixeel.me/4MuJBS programa na versão PRO só vai funcionar com esse Login: MNSD-022703
    Senha: DS2355
    (o 6 é sobreposto do segundo cinco) Abraços

    Responder
  15. Caio Cesar

    Hugo, eu li todos os posts, porém não encontrei um nome de um simulador profissional, um que seja bom mesmo que tenha todas as funções, sera que você pode indicar algum?

    Responder
    1. Hugo Teixeira

      De bolsa? No Brasil? Todos os que conheço são uma droga, inclusive os melhores. Simulador bom mesmo é de forex. Vale mais a pena aprender a operar com forex e depois ir para as ações de verdade do que ir do simulador de ações para as ações. Comece no simulador de ações, estude por uma semana para entender os códigos, as ordens etc. e depois vá para o forex e aí, para ações na vida real. Ridículo, mas no Brasil, é o jeito.

      Responder
      1. Ramon

        Tem o simulador da Meivox, Hugo, dá para operar comprado e vendido e as cotações são em tempo real. Tem ordem stop e start tanto para compra quanto para venda, a única desvantagem é que não dá para deixar ordens “na pedra”, ou seja, ordens de compra a preço menor que a cotação atual, e o inverso para ordem de venda.

        Link: http://www.meivox.infomoney.com.br

        Responder
  16. André

    Se alguém puder me ajudar eu agradeço, eu uso o SIMULABOLSA por indicação de um professor de matemática, porem não sei nada sobre ordem stop, start etc. Simplesmente eu compro ações de baixo valor como OGXP3 e vendo quando sobem 1 centavo e ganho dependendo da ação cerca de 15000, mas não deve ser simples assim e agora estou em duvida se isso pode ser realizado na vida real.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *