Porque os Dividendos São UM PERIGO Para o Investidor Desinformado

A poupança é uma m*rda com cobertura de chocolate. Pode ser doce por fora, mas por dentro continua sendo uma m*rda, ou uma droga. E como todas as drogas, seu uso pode levar ao vício.

Porém existe uma muito pior com o mesmo princípio ativo das cadernetas de poupança. Estou falando da futuramente famosa e mortalmente perigosa, Dividendaína, o vício pelos dividendos das ações.

Devido à essa grande descoberta, venho, por meio deste post, alertá-los sobre essa grande ameaça aos investidores da nação.

Os Dividendos e a Psicologia da Esmola Feliz

Já falei sobre o quanto as cadernetas de poupança são inúteis por causa da inflação. Mas percebi que, por mais que eu ignore a poupança e saiba que ela é uma total perda de tempo, uma parte de mim ainda gosta desse “investimento”.

Ao perceber esse fato constrangedor, me interessei pelo assunto e comecei a estudar as origens dessa sensação. Para isso voltei no tempo…

… para comer bananas de cocô! Não, espera, acho que são bananas de bananas mesmo :S

Hora da historinha!

Alguns anos atrás, abri minha segunda conta corrente, no Banco Bradesco. Minha primeira conta era totalmente comum, mas essa nova tinha uma novidade. Era uma conta dupla! Conta corrente e poupança num lugar só! Eu achei que era uma idéia sagaz e apesar de não saber porque alguns bancos dão esse recurso para os clientes, gostei da função.

Algumas semanas se passaram e então, magicamente, dinheiro brotou na minha conta! Tinha até esquecido da poupança porque na época eu estava me apaixonando pelo Tesouro Direto, não sabia nada nem sobre a Bovespa. E então, no meio de todo o caos daquela época, surgiram aqueles míseros centavinhos na minha conta, sem ter feito o mínimo de esforço. A sensação foi boa.

E me lembrou de quando eu era uma criança pequena. Na escola, nos plantávamos feijõezinhos num copo com algodão e água, e eles cresciam!

Aquela “criação” aparentemente insignificante demonstra o princípio básico dos investimentos que é: abra mão de alguma coisa agora para no futuro ter algo melhor, ou a mais.

O Terror Dos Dividendos e da Dividendaína!

“…”, respira fundo, e mais “…”

Na poupança, mesmo descontando a inflação, você tem um lucro, ele pode ser o pior lucro de toda a história da existência do universo, mas mesmo assim, é um investimento. Você aplicou aqueles 300 reais e recebeu 1,8. Na prática apenas uns 70 centavos de lucro, mas tudo bem.

O problema é que esses centavinhos podem te mimar, e você pode acabar atribuindo algum valor emocional idiota à eles. E isso pode fazer com que você resista à procurar por um investimento melhor. A sensação de ganhar esmolas na poupança não será tão prejudicial para quem “investir” nela, afinal, você não perde dinheiro na poupança, só ganha.

Porém alguns investidores da bolsa de valores podem se viciar em dividendos! E o preço das ações flutua a tempo todo!

Imagine, um cara compra uma ação que paga bons dividendos, ele pode nem saber disso na hora, mas eventualmente acontece, ele olha na conta da corretora e tadááá! Dividendos quentinhos! Isso continua de 3 em 3 meses, de mês em mês ou em qualquer período em que a empresa paga esses dividendos. E o acionista fica sempre feliz, é pouco mas é legal. E parece que foi de graça!

Porém e se acontece algo com a empresa?

Ela começa a ir para o saco, o acionista fica preocupado, nervoso, mas aguenta. Ele pode fazer isso porque ele é um mané mas também pode estar viciado em dividendos! Mais algumas semanas se passam e o acionista decide vender tudo, mas apenas no final do mês, porque é quando sua dividendaína é paga. Ele espera, a ação perde 25% do seu preço e o acionista viciado recebe míseros 4%. Perdeu 21% mas pelo menos recebeu sua amada droga…

O Método de Reabilitação do Investidor Dividendaízado

O tratamento pode demorar…

O que um investidor viciado em dividendos pode fazer?

Entrar numa outra ação, ir para a poupança ou pro tesouro direto e a última opção, ficar de cold-turkey de dividendaína, juros sobre capital próprio e todos outros rendimentos de investimentos toscos. E depois disso, estudar análise fundamentalista com vontade e dedicação para voltar à bolsa de valores preparado para se curar!

E então? Repete o ciclo, vai para a poupança ou tenta se curar?

Obviamente a última opção deve ser escolhida.

Se você estiver com esse problema, venda todas suas fontes de dividendaína como ações toscas que caem mais do que pagam dividendos e então, vá correndo ao médi… livraria e compre O Investidor Inteligente do Benjamin Graham, O Jeito Warren Buffett de Investir e então estude! Leia tudo e aprenda.

Se não quiser utilizar um método totalmente fundamentalista, leia sobre o Sistema CAN SLIM. Então comece a construir uma boa carteira de investimentos e nunca mais se aproxime de ações toscas ou da dividendaína! Existem melhores investimentos por aí, aprenda a procurá-los.

E vocês, já sentiram os efeitos trágicos da dividendaína? Contem como foi!



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


5 Comentários Porque os Dividendos São UM PERIGO Para o Investidor Desinformado

  1. Kawauchi

    Existem empresas com dividend yield de 10 a 20% a.a.

    20% é mais do que a rentabilidade anual do IBOV nos últimos 10 anos.

    Se você monta uma carteira com dividend yield médio de 10 a 15%, aluga as ações (doador) com taxa anual de 1 a 5%, e tem um upside pessimista de 5% a.a, já consegue começar a bater o mercado. E a rentabilidade dos dividendos é isenta de impostos (as empresas já pagaram os impostos, mas a % do dividend yield é líquida para o investidor).

    Sem contar que os dividendos não são estáticos. Hoje pode ser de 2 a 20% mas daqui 5 anos pode virar mais de 30% a.a sobre o capital aplicado 5 anos atrás.

    Ações que pagam bastante dividendos tendem a crescer menos, mas nem sempre. Veja o movimento deste ano das companhias elétricas como ELPL6 e GETI4 comparada à média do IBOV.

    Para trader este é um assunto que não faz diferença, mas para quem é investidor e tem uma carteira de ações, é importante o equilíbrio das empresas que pagam bastante dividendos para fazer caixa em momentos de baixa no mercado, e empresas que pagam pouco dividendos mas tem bastante potencial de alta na cotação.

    De forma geral gosto do seu blog e é admirável a sua consciência pelo controle de risco, espectativa e money management. Mas neste post sobre dividendos, você pecou.

    Responder
  2. Hugo

    Oi Kawauchi!

    Você está complicando as coisas.

    Veja bem, o post fala de investidores manés que amam dividendos de empresas que se desvalorizam mais do que pagam dividendos, os mesmos dividendos sempre.

    Esse tipo de investidor mané nem sabe que é possível alugar ações. Ele não está nem aí em ter uma “carteira equilibrada” porque o importante são os dividendos e só.

    Eu não falei mal dos dividendos e sim de investidores que não sabem diferenciar empresas boas com dividendos bons e empresas escrotas com dividendos “bons”.

    Mas tanto faz 😛

    Abraço,
    Hugo

    Responder
  3. Danilo

    To sofrendo desse mal nesse momento com 400 papeis de ETER3 derretendo, mas recebi minha primeira dose da droga 🙁 Preciso me livrar delas no primeiro 0,01 positivo e nunca mais olhar pra um dividendo na minha vida DDD:

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *