3 Medos Que Podem Destruir as Suas Chances na Bolsa de Valores

Bons traders sabem que é impossível fazer dinheiro em todos os trades ou evitar completamente os chatos períodos de perdas. Eles fazem o necessário para lucrarem em tempos bons e se protegerem nos ruins. Não gostam de perder mas aceitam os riscos porque fazem parte do jogo.

Porém muitos traders, com pavor de perder, vêem até correções normais como são assustadoras e inaceitáveis. Por isso, eles tentam impedir essas perdas, mas não sabem como. E aí, acabam sabotando suas chances de sucesso e aumentam a probabilidade de perderem cada vez mais.

Esse tipo de operador medroso acredita que, se trabalhar e estudar o suficiente, um dia conseguirá criar um sistema de trading que apresente perdas tão pequenas e psicologicamente insignificantes que fariam com que até o mais covarde dos traders não se incomodasse nem com o maior dos drawdowns.

Nesse post, falo das consequências infelizes de algumas decisões ruins tomadas por esses operadores assustados.

E como explicarei tudo isso?

Com um MP3 cheio de código morse ou com uma historinha? Ligue agora e decida… tú-dú-tú-dú… Ok! Como ninguém votou, contarei uma historinha!

Medo de Drawdowns

Ahhh não!! Estou em um clichè!

João (sim, usarei um nome normal dessa vez) começou a estudar especulação e em pouco tempo, se apaixonou pelo assunto.

Porém seu ânimo diminuiu quando descobriu que para vencer, precisaria passar por períodos, às vezes longos, de perdas constantes. E para piorar, esses períodos, os terríveis drawdowns, não aconteceriam apenas uma, mas várias vezes em sua carreira de especulador.

Por isso, decidiu diminuir drasticamente a duração e “profundidade” desses “monstros”. Tentou criar um sistema de trading “perfeito”, com drawdowns insignificantes. Testou vários sistemas mas o “menos pior” que encontrou, apresentava uma queda máxima a partir do topo de 30%, o que era demais em sua opinião. Continuou se frustrando bastante até o dia em que leu sobre position sizing.

João descobriu que se apostasse pouco por operação, perderia pouco ser fosse stopado. Se em vez de arriscar 2% por trade, arriscasse apenas 0,5%, os seus temidos drawdowns diminuiriam consideravelmente. Ele operou esse sistema e adorou os resultados, não sentia medo e não perdia quase nada. Porém, com o tempo, e para o seu desespero, encontrou uma grande falha em sua “solução”.

Se por um lado, ele perdia pouco por stop, pelo outro, quando ganhava, levava pouco também.

Só depois de alguns meses João desistiu de sua idéia boba de tentar diminuir os prejuízos dessa forma. Afinal, ele não estava exatamente perdendo menos, e sim, perdendo a mesma coisa, só que em menor escala.

Como o plano não deu certo, começou a pensar em outras possibilidades…

Medo de Stops Racionais

Ele é curto assim, é uma desgraça!

Depois de péssimas experiências com o position sizing formiga, João descobriu o “segredo”.

E adivinha qual era?

Utilizar stops curtíssimos, de poucos centavos. Como ele tinha muito medo de perder mas também estava no jogo para ganhar, precisaria arriscar alguma coisa. Porém, em vez de comprar poucas ações e assim perder e ganhar pouco, compraria várias ações e usaria stops curtos.

João pensou que perderia menos do que quase nada com os trades perdedores e lucraria muito com os vencedores. Mas depois de 20 trades, descobriu que sua nova estratégia também não era muito boa, afinal, ele tinha sido stopado 20 vezes seguidas com seu stop de 5 centavos, para swing trades!

Nosso amigo não gostou nada do fato de suas operações terminarem em apenas 5 minutos.

Ele não sabia que quando você inicia um trade, se ele funciona rapidamente sem hesitar, existe uma boa probabilidade de que a operação continuará bem, afinal, pelo menos temporariamente, você está certo, pois está fazendo dinheiro. Mas mesmo se o papel não subir de uma vez como o superman, ainda existe a possibilidade de que ele suba nos próximos dias.

Mas João não conseguia dar esse tempo para a ação se movimentar, ele temia demais pelo seu pequeno capital. Por isso, quis usar stops curtos, que sofrem muito com o barulho dos mercados e, dependendo de seu tamanho, podem ser varridos infinitas vezes com o simples barulho diário dos mercados.

Ou seja, ele até pode estar operando uma forte tendência mas não ganhará nada.

Medo de Perder os Lucros no Papel

Mas já tava tudo aqui e eu ia beber e… e… unhéééééé!

Muita dor e sofrimento depois, João finalmente aceita as regras do jogo. Ele não venceria sempre e perderia de vez em quando.

E aí, com o tempo, começou a fazer dinheiro. Com a prática, adquiriu confiança e reforçou sua disciplina. Mas sua educação não estava completa, afinal, ainda faltava passar por uma das maiores dores dos especuladores, a de “devolver” lucros para o mercado.

Usando um sistema baseado em cruzamentos de médias móveis, João entrou na ação BLGA5. Ela se comportou bem e subiu bastante. Só que movimentos não duram para sempre, uma hora a coisa sempre muda, como agora. Primeiro o papel parou, ficou de lado por alguns dias e então, decidiu seguir a outra direção, para baixo. Só que João ainda estava comprado, corretamente.

Se decidisse sair agora, sem um sinal de venda, o papel poderia continuar sem ele. Não tem como saber se essas perdas fazem parte de uma simples correção ou representam o início de uma nova mudança na tendência. Por isso ele precisa segurar o papel até que um sinal lógico o faça sair do trade.

O trabalho de João é pegar o máximo possível do movimento, mas todo ele, é impossível.

De qualquer forma, surge um sinal de venda indicando o final do movimento. Como não dava para saber disso antes, podemos dizer que João agiu corretamente.

Não deu para pegar 100% do movimento mas sim, 83%. O que representa, para um sistema trend-following, um ótimo resultado. Além disso, ficou satisfeito por ter aprendido lições importantes, mesmo sendo da maneira mais díficil, com muita dor.

Lições da História

  • Position sizing de neném garante ganhos e perdas de neném.
  • Stops curtos, usados estupidamente, não levam à lugar algum.
  • Trend-followers ficam com o “grosso” do movimento, e não todo ele.
  • Não é possível ganhar sempre, você vai perder muitas vezes.
  • Não é possível ganhar sem arriscar, você precisa arriscar corretamente.
  • Não podemos mudar os fundamentos do jogo pois…
  • …somos insignificantes perante ao impiedoso Senhor Mercado!

Stops curtos me incomodaram um pouco, mas a dor mesmo veio com as perdas no papel. E com você?



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


3 Comentários 3 Medos Que Podem Destruir as Suas Chances na Bolsa de Valores

  1. Gaspar

    Muito bom Trader da meia noite!

    Quando a gente estuda um pouco que seja percebe que temos a maiorias das “formulas” já prontas, e só seguir o protocolo.

    Mas nãoooo, acabei de ler que não é pra fazer isso mas ahh vai que da certo né?!? ¬¬

    Abração

    Responder
    1. Hugo

      Thnx!

      Gosto de padronizar meus dias e horários de postagem para exercitar minha disciplina. Como já fui o cara mais indisciplinado ever, trabalho para que essa fraqueza se torne o meu ponto mais forte. Está funcionando bem 😀

      “Mas nãoooo, acabei de ler que não é pra fazer isso mas ahh vai que da certo né?!? ¬¬”

      Foi o que o Livermore disse no Memórias de um Operador da Bolsa: alguns operadores fazem merda, sabendo que estão fazendo merda, e depois quando tudo dá… adivinha? Eles se arrependem hueheuheueheu. Mas eu não posso zoar muito não porque já fiz muitas cagadas também :S

      Abraço!

      Responder
  2. Gaspar

    E quem não foi mais um “joão” (ou uma maria, vai saber) quando estava iniciando como trader?

    Ahhh! Quebrei meu cofrinho e investi no livro do Edwin. . . tá com um desconto na livraria da folha 😉

    Abraço

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *