Porque as “Notícias” São Inúteis e Devem Ser Ignoradas Pelos Investidores

Quando eu comecei a operar na bolsa de valores, resolvi utilizar um simulador para aprender algumas coisas antes de arriscar meu dinheiro de verdade.

Como eu era um iniciante que não sabia de nada, pensei em comprar as ações mais caídas “porque se elas estavam caídas, provavelmente voltariam a subir logo”.

Hoje eu sei que a ideia é estúpida mas mesmo assim, dei uma olhada em várias ações e escolhi uma: GOLL4.

Ela estava super no chão mas eu queria saber o porquê. Tinha caído 3% no dia e eu queria uma resposta.

Pesquisei na internet e não achei nada.

Às Vezes as Coisas Acontecem Porque Sim…

Eu não me lembro de como acabou o “trade” de mentira com a GOLL4 mas o importante é que depois de estudar bastante, eu aprendi uma lição importante:

Em 95% dos dias, uma ação sobe ou desce apenas “porque sim”.

Ela não sobe porque aquele dia em especial foi muito rentável para a empresa.

Ela não cai porque naquele dia em especial 15 funcionários ficaram com diarréia e atrasaram a entrega de algum relatório.

Quase sempre, as ações fazem o que fazem apenas “porque sim”.

O movimento de uma ação em um dia apenas representa o humor dos participantes do mercado naquele dia específico.

Se é um bom humor, a ação pode continuar subindo nos próximos dias, e se é um mal humor, ela pode começar a enrolar ou então, apenas cair.

De modo mais prático, as bolsas (e ações) no mundo todo costumam se movimentar uns 3% para baixo ou para cima todos os dias no máximo. Existem exceções, claro. Mas em média, um número acima de 3% já é considerado “volátil”.

Logo, movimentos de 1%, 2% ou até 3% são absurdamente comuns e na maioria das vezes, pouco importantes se analisados por si só.

Pena que poucas pessoas sabem disso e continuam…

Procurando Pelo em Ovo

Hoje eu percebo que muita gente tem o hábito ridículo de tentar encontrar sentido e lógica em coisas nas quais não existe uma lógica muito importante, como nos movimentos diários dos mercados.

O meu “trade” com a GOLL4 é um bom exemplo:

Eu não sabia que ações subiam e desciam apenas porque esse é o modo normal que elas agem. Eu achava que existia um motivo mais palpável, como uma notícia, algum relatório divulgado pela empresa.

Faz sentido, não faz?

Se X aconteceu, devemos entender o que causou X.

Mas como o X é quase sempre irrelevante, podemos concluir que “analisar” tais movimentos irrelevantes não trás nada de bom para um investidor.

O problema é que essa ignorância toda trás prejuízos enormes para os iniciantes e é estimulada por um tipo muito tosco de pessoa, os jornalistas burros.

“Bolsa Despenca 1% Devido a Crise na Grécia”

Em primeiro lugar, eu odeio jornalistas que escrevem notícias sobre a bolsa de valores.

Em segundo lugar, eu REALMENTE ODEIO jornalistas que escrevem notícias sobre a bolsa de valores.

Sabe porque? Porque 95% das notícias são INVENTADAS porque esse caras ou são idiotas ou não tem mais nada para fazer da vida! Normalmente as duas coisas!

E o que eles fazem? Inventam motivos idiotas para justificarem movimentos comuns, os tais 1%, 2% ou 3%.

Com isso você vê aquelas notícias estúpidas dizendo que “maus resultados no relatório de criação de empregos nos EUA fazem com que a NYSE perca 2% no dia”.

Uau, 2%! Que catástrofe! Corram para as colinas!

Os iniciantes manés (como eu era) que lêem essas bobagens podem acreditar em tudo e então, passam a ler outras notícias para tentar arrancar alguma vantagem da bolsa.

E isso nos leva ao próximo ponto.

As Notícias Contam o Passado

Mesmo que as notícias não fossem quase sempre inventadas, exageradas ou irrelevantes, não adianta nada ficar prestando atenção nelas porque elas contam o passado.

E daí que a BLGA4 subiu 4% no dia porque qualquer-coisa-aqui? Você aproveitou o tal movimento de 4%? Se sim, você já sabia disso antes. Se não, então grande merda porque já é tarde para fazer alguma coisa.

Ou seja, notícia 100% inútil.

A verdade é simples:

A não ser que você seja o Marty McFly e tenha um Delorean Come Lixo e um almanaque com as variações diárias da Bovespa lançado em 2105, saber as notícias é como saber história: muito interessante, mas não vai te render 1 centavo.

Porém, existem exceções nessa aqui também.

Investidores que utilizam a análise fundamentalista podem ignorar todas as notícias inúteis sobre a bolsa de valores mas devem ficar de olho nas “notícias” liberadas pelas próprias empresas.

Afinal, é preciso saber o que a empresa está fazendo, se ela está lucrando bem, como vai o crescimento etc.

Mas e no caso daqueles que operam por modos técnicos?

Aí as notícias, sejam de jornalistas ou de assessores de imprensa das empresas se tornam ainda mais inúteis!

E daí que uma ação perdeu 8% no dia porque a empresa teve um trimestre com resultados um pouco abaixo do esperado por imbec… err, analistas de mercado?

O importante é que CAIU 8%! F*oda-se o porque! A notícia, os analistas e os jornalistas que se f*dam também!

Colocando os Pingos nos I’s

Quero concluir resumindo tudo em algumas poucas palavras:

  • Movimentos diários, na maioria das vezes, são irrelevantes se analisados sozinhos.
  • As pessoas gostam de procurar sentido em coisas que não fazem sentido ou cujo sentido não tem importância.
  • Jornalistas de mercado inventam notícias bobas porque são burros, ingênuos ou desonestos.
  • As notícias contam o passado, que é pouco útil para quem quer ganhar dinheiro no presente.
  • Notícias são irrelevantes para traders que se importam apenas com os números.

Portanto, amigo leitor, se você é um iniciante, pare de ler notícias sobre o que os mercados fizeram em tais dias. Essas notícias são inúteis, justificadas idiotamente na maioria das vezes e só contam o passado.

E se você não é um iniciante, bem, aí eu só reforço o que você já sabe: saber coisas inúteis não dá dinheiro, pelo menos não na bolsa de valores. 😉



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


19 Comentários Porque as “Notícias” São Inúteis e Devem Ser Ignoradas Pelos Investidores

  1. joao

    Hugo, quando vc fala das pessoas procurarem padrões em tudo… isso acontece até na AT mesmo. Me lembrei muito do livro “O andar do bêbado”, tem um capítulo especial sobre isso, entitulado A ilusão dos padrões e os padrões de ilusão.

    Responder
  2. Rafael Pereira

    Eu tenho uma estratégia diferente : Eu vejo as notícais,analiso as empresas de que elas falam e vou exatamente na contramão!;)
    Por exemplo,todo mundo diz que as acões ETER3 da eternit vão cair com a perspectiva da proibição do amianto branco no Brasil 9 principal matéria-prima da Eternit )
    O que eu fiz?Comprei um lote de 100 ações da Eternit porque conheço bem a situação da empresa depois de pesquisar pra caralho e depois que as ações subirem eu vou rir pra cacete da cara dos pessimistas!XD

    Responder
  3. Hugo

    Bresolin: Só adiantaria se fosse o meu, porque o almanaque original do Marty ia apenas de 1950 a 2000. 🙁

    Mais nerd do que o comentário no post é o comentário do post e a resposta do comentário do post heuehueheu

    BTW, quase 2015 e nada de skates ou carros voadores. Que decepção :S

    Joao: Não apenas padrões mas sim, aquela ridícula necessidade ter tentar justificar o injustificável e ficar procurando pelo em ovo. Por exemplo: “tal cara morreu porque era para ser…” ou “aquela luz no céu SÓ PODE ser um disco voador… ou um anjo”.

    As pessoas não gostam de não saber as coisas e por isso, inventam respostas para perguntas que dificilmente são respondidas ou nem isso.

    Moacir: Só o fato de “esperar que um índice suba 6%” é irracional o suficiente. No caso, o analista está tentando prever o futuro e não especulando ou investindo conforme as tendências, sejam elas técnicas ou fundamentalistas.

    Rafael: O problema é que se você não ler nenhuma notícia e não dar a mínima, os preços das ações vão refletir tudo antes de qualquer forma, logo, não tem o porque seguir ou não seguir as notícias.

    Por exemplo, se a Eternit é realmente boa assim (não sei se é, nunca operei essa ação :P), será que a notícia faria diferença? Você iria investir de qualquer jeito levando em conta apenas os fundamentos. Qual é a utilidade da notícia nesse caso? Nenhuma.

    Obrigado pelos comentários 🙂

    Abraço,

    Hugo

    Responder
    1. joao

      Olha, eu acho que qualquer um que opera com ações devia ler, pelo menos 1x, a biografia do Warren Buffett… A bola de neve e o negócio da vida, algo assim…

      é completo!! Lá ele diz algo que se aplica aqui: minhas decisões de investimento não se baseiam no que dizem os jornais, elas as antecipam.

      Mais ou menos isso. Ele tem uma postura pró-ativa de análise, não reativa. Seus estudos , por exemplo, “acertariam” o que diriam os jornais.

      Claro, se trata de WB. Mas é possível extrair uma lição disso. A imensa maioria das notícias é irrelevante para o desempenho no mercado. Ou vc sabe antes, ou opera independentemente delas.

      Responder
  4. Cezario Jurista

    Caro Hugo, gostaria de parabeniza-lo pelo blog e pelas otimas dicas! Achei seu blog por acaso ao procurar informacoes sobre fundos de acoes, ja que assisti a economista da Globo recomendando esse tipo de consorcio. ja ha algum tempo acho interessante o mundo do mercado de capitais, e desde um pouco antes do carnaval venho buscando na internet tudo sobre o assunto.

    tenho algumas perguntas, agradeco se puderem me dar uma luz. Alguem conhece o livro “O ultimo imbecil do mercado de capitais”? O autor desse livro eh um economista pernambucano q atuava na bolsa de Salvador, BA, nos anos 80 e 90, nao lembro agora o nome dele, mas parece ser bom livro, sem falar nas situacoes hilarias q ele conta, e outras nem tanto, pq tinha muitas armacoes… rsrs

    Outra pergunta, quero entrar nesse mundo, mas me sobra pouquissimo capital, pq sou universitario, minha residencia eh longe do centro onde geralmente trabalho – logo passagem cara…

    Minha facul tb eh, desoladoramente, distante tanto do centro como de minha residencia – logo mais creu$$$ q eu tomo… (nem sempre foi asim, facul era perto de casa, mas tivemos q nos mudar). E ainda tenho 1 filho de 2 anos…

    Com muito esforco consigo poupar entre R$ 50 e R$ 100 nessas condicoes… Ate pq curto a vida tb, saio com amigos, bebo, fumo, e pego mulher… Ai ja viu, neh… 😀 Mas pretendo parar com farras e vicios pra juntar $$, do contrario nao tem jeito, e vou a falencia.

    Sinceramente, nao sobra nada faz tempo, geralmente falta, e acabo extorquindo minha mae… Vergonha….

    Tomei jeito, e quero multiplicar meu $. O problema eh q me acidentei, e fui desligado do estagio… To desempregado, e sem dinheiro, pq pulei carnaval, e acho q meu cartao foi clonado pq quase todo o resto do meu $ da rescisao no banco foi sacado, e nao lembro de ter sido eu – soh se eu estivesse muito bebado… Devo processar o banco, e ele q prove q fui eu – talvez assim eu levante um bom capital pra comecar a investir, e me vingue desse banco safado q ja me roubou uma fortuna (todos iguais).

    Agora penso em trancar a faculdade, e arrumar um emprego mesmo perto de omde moro. Economizarei bastante, pois nao pagarei conducao, e ainda posso aproveitar o VT, se tiver, pra mim. Assim acho q consigo poupar, sem as farras, uns R$ 300. Acho q ja eh um bom comeco, neh? Entao, qual sugestao me dao? Partir pro Tesouro Direto, talvez comprando parte do titulo como Hugo disse?

    Quero me livrar do bancos, exterminando minha conta corrente, e principalmente a perda de tempo da poupanca… Eh possivel usar uma eventual conta salario pra fazer doc e transferencias pra corretora? E pagar em dinheiro vivo direto pra elas?

    Seria possivel comprar aos poucos um titulo NTNB do tesouro, e depois seguir adquirindo outros da mesma forma, sem me ferrar em taxas etc, pra deixar o $ render? Acredito ser melhor comecar por ai, e pelos CDB, pra depois ir pras acoes. Correto?

    Ate pq pelas acoes deva ser melhor estudar, usar simuladores, pesquisar bem cada companhia da bolsa – e principalmente levantar um capital mais robusto pra aguentar as oscilacoes, possiveis downdraws… Isso tudo depois de, claro, ter crescido no Tesouro Nacional, e na Renda Fixa.

    O q serah melhor p um iniciante: ir direto na bolsa pra cima das acoes na coragem, ou embarcar em fundos de acoes e nao se preocupar, deixando com a corretora?

    E o Forex? Vale a pena p um inciante? Li aqui q o Forex pode ser muito perigoso com iniciantes incautos aplicando merreca de $, por causa dos golpistas. Mas li q pode ser interessante. Provavelmente seja melhor estudar, usar simuladores antes.

    Pelo q entendi tanto pelo Forex qto pelo Mercado de Acoes eh necessario ter PC, ou netbook mesmo, com acesso a internet a mao nao somente pra acompanhar a evolucao da bolsa, e expedir ordens de compra e venda de acordo com um perfil desejado – ainda q programadas com antecedencia como tambem baixar softwares de simuladores pra treinar, principalmente pro Forex. Sem falar nas noticias das proprias empresas etc, tratar com a corretora. O pior eh q meu laptopt quebrou, e estamos sem internet tb. Acesso pelo meu iphone, e por PC da minha facul, e de outra perto de casa, sem falar nas lan houses. Talvez seja melhor primeiro eu juntar $ pra comprar um notebok e depois sim comecar mesmo?

    Juro qsao as 2 ultimas perguntas (UFA!). Existem pequenos negocios de R$ 2k. Seria uma boa – apos render 1 ano, ou 2, no Tesouro Direto – montar um pequeno negocio de R$ 2k no fim de semana pra fazer um dinheiro a mais? Ou seria inviavel por causa de impostos, taxas, inflacao, etc? Talvez um informal ate seja interessante, tipo uma barraquinha de hot-dog com 100% pra mim?

    Ultima: depois de qto tempo + ou – eu conseguiria abandonar essa vida de hamster escravo, mandar o patrao tomar no c*, e viver livre com meus investimentos? Precisaria ter quanto $ aplicado rendendo bem?

    Responder
    1. Wayne

      Cesario Jurista, você é redundante, tem dúvidas demais e um certo humor.
      Você quer dinheiro pra se divertir. Sobreviver. Gastar irresponsavelmente.
      Oras, antes de mais nada é preciso gostar do mercado de renda variável. E conhecimento dos mercados de renda fixa.
      Disciplina no poupar mês a mês, não importa a quantia. Isto cria um hábito. Você passa a fazer automaticamente.
      Foco no conhecimento que entende. E aplicação pratica.
      Todavia, pelo seu extenso texto, meu conselho é: aplique o golpe do baú. Case com uma rica. (óbvio, antes, peça o divórcio da sua atual pobretona). Fácil e prazeroso.
      Esqueça essa problemática de investimentos.
      Vá curtir a vida.

      Responder
  5. Hugo

    Antes de responder, duas observações:

    Os comentários precisam ser sobre os posts. Antes não tinha essa regras mas agora vou colocar porque senão fica off-topic.

    Outra coisa, se você tem limite de caracteres, você precisa reduzir ao máximo o e-mail para não encher vários comentários que fazem parte da mesma mensagem. Leia o post sobre minimalismo, é basicamente aquilo.

    ———–

    Não conheço esse livro, não verdade fazem anos desde que li meu último nacional. 😛

    Se você é feliz saindo por aí, fazendo festa e economizando apenas 50 ou 100 reais, então tudo bem. O problema é quando você só consegue economizar isso e se sente mal, como muitos investidores por aqui.

    Eu nunca tive problemas com bancos. Se você acha que tem alguma movimentação estranha na conta, entre em contato com o gerente logo para resolver a situação. Se a culpa foi deles, aí sim você pode querer entrar em cima, o que não tende a ser honesto caso tenha sido apenas um pequeno erro facilmente corrigível. Caso contrário, ou se eles ficarem de má vontade, aí entre matando. Olho por olho, dente por dente.

    Até que você tenha uns 8k, eu sugiro que investa em fundos, etfs ou tesouro direto mesmo se preferir. Depois disso aí dá para operar ações, com alguma dificuldade, mas dá.

    Não sei se conta salário faz doc, deve fazer. Se a conta for a mesma da corretora, você nem paga doc.

    Forex não dá porque você não tem capital para isso. Mas é legal brincar nos simuladores, você aprende muito.

    Com certeza é melhor abrir um negócio, só não sei qual, isso aí é com você. Vai depender do seu espírito empreendedor. A maioria das pessoas não o tem. É fácil descobrir isso, é só se perguntar: “quantos negócios você já teve no passado, quando criança?”.

    Eu me pago com 1% do capital (tentando baixar para 0,5%), ou seja, se você tem 100 mil, se paga 1% ou mil reais. Desse jeito você não ganha nada mas esse nada aumenta rapidamente. 🙂

    Abraço, boa sorte e lembre-se: minimalismo nos comentários e seja on-topic.

    Hugo

    Responder
  6. Cezario Jurista

    Hugo, você aconselhou isso:

    “Até que você tenha uns 8k, eu sugiro que investa em fundos, etfs ou tesouro direto mesmo se preferir. Depois disso aí dá para operar ações, com alguma dificuldade, mas dá.”

    – COMO SABER SE É MELHOR INVESTIR EM FUNDOS DE AÇÕES, OU SE ETF É MELHOR?

    VLW

    Responder
    1. Hugo

      Depende única e exclusivamente do gosto e dos objetivos do investidor. Para você saber qual é o mais adequado, é preciso conhecê-los a fundo para ter a base para decidir corretamente. Eu deixaria em ETF’s, mas essa opinião varia de pessoa para pessoa.

      Mas se você for ficar pouco tempo abaixo dos 8k, não tem problema deixar o dinheiro uns 2, 3 meses, talvez até um pouco mais na poupança, já que seria apenas temporário mesmo.

      Abraço,

      Hugo

      Responder
  7. Cezario Jurista

    Hugo, existe alguma forma que você recomende – uma corretora barata etc – para eu começar esse mês investindo R$ 200, 250, e assim sucessivamente todos os meses?

    Seria melhor ir comprando partes, lotes, de um ETF? Uma boa corretora seria a MyCap, ou a Mirae Asset (cuja corretagem é R$ 2,90 por ordem)?

    Ou seria melhor investir num Fundo de Small Caps? Ou de Dividendos? ou de Índices? Onde procurar uma boa para um “pobre”? 😀

    Abraços

    Responder
    1. Hugo

      A única pessoa que pode responder essas perguntas é você mesmo porque depende do que você quer, seus planos etc.

      Mas sobre a corretora, a mycap não tem custódia, eu iria nela. Apesar de que com esse dinheiro eu pegaria um fundo de small caps.

      Procure no google ou nos sites de bancos, como aquele no qual você tem conta (precisa de uma conta pra ter acesso aos fundos, pelo menos comigo é assim)

      Abraço,

      Hugo

      Responder
  8. Cezario Jurista

    Blz! Mas, Hugo, porque você recomenda os Fundos Small Caps do BB? Mesmo sendo um Banco – já que num post antigo você desaconselhou bancos como sinônimo de incompetência e voracidade?

    Nesse caso vale a pena? No BB é barato, e trabalham eficientemente?

    Então, de acordo com meu questionamento NO ANTIGO POST MAIS ACIMA, você disse que aplicaria num Fundo Small Caps? Nenhuma ressalva quanto às taxas? Pesquisei, e não vi qualquer corretora barata, dessas que citei e outras, com fundos? Só as mais caras… 🙁

    Para um “pobre como eu” 😀 , não seria melhor ir comprando AOS POUCOS partes, lotes, de um ETF – APLICANDO R$ 200, 250, 300, TODO MÊS? Qual índice você sugere seguir? Pesquisei isso, e não consegui formar uma opinião… Tá tudo bem ruim… Talvez o IBOVESPA?

    SERÁ QUE EXISTE UM FUNDO DE ÍNDICES QUE SIGA O ÍNDICE QUE CORRIGE O PREÇO DOS IMÓVEIS (COMPRA E ALGUEL PRINCIPALMENTE)? KKKKK!!

    CREIO QUE SEJA O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M)… ESSE SIM SERIA INTERESSANTÍSSIMO… NÃO PARA DE SUBIR…

    ABRAÇÃO!

    Responder
    1. Hugo

      Tanto faz se é BB ou não, o importante é ser de small caps. Mesma coisa com ETF’s, a única coisa que importante é se de small caps porque elas sobem mais.

      E no estilo fundos e ETF’s sempre existirão taxas, aí não tem o que fazer. 😛

      Fundo de preços de imóveis eu não sei, o que existem são fundos de ações do setor de imóveis.

      Honestamente? Pense em small caps e esqueça o resto. 😉

      Abraço,

      Hugo

      Responder
  9. RENATA

    Depois de um ano de bolsa, cheguei a essa mesma conclusão. Antes, eu tirava uma meia hora por dia, de manhã, para ler as notícias desses sites que tratam de bolsa de valores. Hoje me atenho somente aos gráficos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *