Como Sobreviver a Um Período de Perdas na Bolsa de Valores

Quando algum investidor mais experiente diz que consegue ganhar 70% ao ano na bolsa de valores, muitos iniciantes ficam impressionados.

Eles imaginam que todos os anos, entra ano e sai ano, tal investidor conseguirá 70% ao ano.

Eles pensam que todos os meses, entra mês e sai mês, tal investidor conseguirá 4.5% ao mês.

Porém, esses iniciantes estão cometendo um erro gravíssimo pois a verdade é um pouco diferente…

Se um investidor diz que consegue 70% ao ano, ele está querendo dizer realmente que consegue uma MÉDIA de 70%, ou seja, os seus rendimentos são instáveis.

Ou seja, num ano ele vai ganhar, no outro vai perder. Vai ganhar e ganhar, perder e ganhar, perder, ganhar e ganhar etc.

Se ele conseguir +70%, +70%, +70% e então +70%, a média é de +70%.

Se os resultados forem de +100%, -30%, +200% e +98%, a média também é de +70%.

Mas e esse tal -30%? Pois é, tem isso… esses são os terríveis e comuns períodos de perdas inevitáveis conhecidos como drawdowns!

Quando as Tempestades Atingem a Bolsa

Nem sempre as coisas dão certo na bolsa de valores.

Depois de um longo período de sucesso pode surgir um longo e doloroso período de perdas.

Vai ver a economia está indo mal, ou então algum país inútil na Europa está passando por dificuldades, ou o mundo está acabando totalmente ou até um ciclo de alta chegou ao seu final sem nenhum motivo específico.

Nesses momentos, começam as perdas e acredite, elas continuam e continuam e continuam ainda mais.

Porém, sabemos que mesmo nos períodos bons, alguns investimentos dão errado.

Logo, se depois de 15 operações perdedoras (varia muito de sistema para sistema, obviamente) nós desistirmos, como vamos saber se estávamos na metade de um período ruim e não a poucos dias dos meses mais rentáveis da década que poderiam compensar todos os anteriores?

E está aí o drama da coisa: não tem como saber e por isso, quando as tempestades atingirem a bolsa de valores, você não pode sair da chuva, é preciso continuar no meio do jogo pois o sol pode dar as caras a qualquer momento.

E adivinha? Perder 1 mísero dia de sol pode significar a diferença entre ser um investidor de sucesso ou um eterno perdedor nos mercados.

Como Evitar ou Diminuir Um Drawdown

Mesmo sabendo que precisamos ficar na chuva durante o jogo todo se quisermos ganhar, não significa que alguns iniciantes não tentem evitar os períodos de perdas ao máximo.

E aí fica a pergunta: tem como evitar um drawdown? Não é possível mantermos rendimentos SEMPRE positivos?

Infelizmente não.

Até nos investimentos na renda fixa é possível perder dinheiro se contarmos com a inflação, logo, evitar um drawdown é completamente impossível em qualquer mercado.

Porém, será que existe a possibilidade de diminuirmos a intensidade de um período de perdas?

Com certeza!

Se você arrisca, por exemplo, 1% do seu capital em cada ação ou então divide todo o seu dinheiro em 10 partes e dedica cada uma delas a um investimento, basta reduzir seu risco de 1% para 0.2% (ou menos) ou então, operar com 20 partes em vez de 10.

Assim o seu risco e as suas perdas possíveis irão despencar!

Mas o problema é o seguinte: apesar da intensidade dos períodos de perdas diminuir completamente, os seus ganhos nos dias bons irão diminuir na mesma proporção. Ou seja, não vale nada a pena pois fazendo isso você apenas deixa de ganhar dinheiro.

Uma Questão de “Fé” na Metodologia

Um bom investidor sabe que de vez em quando os seus rendimentos irão sofrer. Ele sabe que em alguns anos ele pode trabalhar duro sem parar e ainda assim perder dinheiro.

Mas será que ele desiste? Não!

Será que ele deveria desistir? Depende…

Se ele segue uma metodologia válida, testada e provada, é óbvio que não!

Ele continuará insistindo porque sabe que o seu método funciona e com ele, dias melhores darão as caras, mais cedo ou mais tarde.

Mas e se esse investidor não sabe de nada, é um iniciante que não estudou, tem preguiça de estudar e acha que bilhões cairão do céu apenas se ele comprar qualquer coisa e rezar?

Aí meu amigo, esse cara não passará por um drawdown mas sim, um colapso completo de uma metodologia inventada do nada que vale menos do que lixo.

Bons investidores com boas metodologias passam por períodos de perdas normais, investidores incompetentes com metodologias ruins (ou sem nenhuma) passam por períodos de perdas eternas.

O importante é saber de qual lado você está.

Tudo Acaba Bem Quando Tudo Termina Bem

Drawdowns são completamente normais, esperados e inevitáveis.

Porém…

Apesar de serem chatos, eles fazem parte dos investimentos.

Não adianta tentar reduzi-los pois no longo prazo os lucros acabam diminuindo muito.

Portanto, a única coisa que podemos fazer quando as coisas começarem a mudar é nos certificarmos de que sabemos mesmo o que estamos fazendo.

Ahh, e é claro, devemos também manter a calma, relaxar e pensar como o grande e bem humorado trader “all star” Ed Seykota em sua hilária “The Whipsaw Song”:

“What do you do when the drawdown comes, honey?”

“What do you do when it gets real big, babe?”

“What do you do when it’s even bigger?”

“We stick to the plan and pull the trigger!”

“Honey, trader, baby mine.”

🙂



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


15 Comentários Como Sobreviver a Um Período de Perdas na Bolsa de Valores

  1. bresolin

    Ola Hugo, por gentileza estou com uma dúvida.. Existe uma média aceitável ou “normal” no drawdow de um sistema? No post usou uma valor de -30%, seria este um percentual comum, aceitável(um poquinho + um poquinho -)? Sei que não sabemos nada do futuro, ainda mais eu que sou um seguidor de tendencias… mas saberia me dizer um valor médio, normal, aceitável, já estudado, já medido..?
    Grato!
    Fraterno abraço!

    1. joao

      permita-me responder.

      Cara, isso depende muito de como seu sistema funciona, opera. O sistema é a síntese das suas crenças do mercado e das suas características pessoais… aí nisso até mesmo um sistema parecido pode ter níveis de risco alterados, de acordo com seu plano de negócios.

      Sim, tem essa. Suponhamos que o trader A quer viver dos rendimentos o mais rápido possível, enquanto o B quer apenas juntar um dinheirão para daqui uns 10-15 anos.

      O A provavelmente vai preferir a estabilidade e consistência dos ganhos, em detrimento do seu valor absoluto. Por isso que o seu nível de risco será menor… e isso pode incluir arriscar menos por trade, ter maior % de acertos e até mesmo usar targets.

      O trader B, como não precisa do dinheiro pra agora, vai focar no resultado absoluto, ou seja, quanto mais ganhar, melhor, mesmo que isso envolva se arriscar um pouco mais, sofrer mais DD (drawdown) também.

      Viu? Então, antes de perguntar algo específico de sistemas, comece certo: determinando seus objetivos com trading, depois um plano para atingi-lo, suas crenças do mercado, e por último um sistema que permita atingir esse objetivo.

      Respondendo à sua pergunta: depende de cada trader e do sistema dele. Conheço alguns que acham um DD de 10% o limite… outros só pensam assim com DD de 50%. Mas acho que pra todo iniciante vale a resposta de um cara do Market Wizards:

      “se você pensa que tem um nível de risco, corte-o pela metade. Em minha experiência posso dizer que a maioria arrisca pelo menos o dobro do quanto poderia suportar.”

      Assim, como nós somos principiantes, vamos com calma. Primeiro vamos nos acostumar ao jogo, e nesse processo arriscar pouco. Não impede o aprendizado e ainda limita as perdas.

      Espero ter ajudado;

    2. Hugo

      Oi Bresolin,

      É tudo o que o João disse. Apenas para complementar, a escala temporal do trades também faz uma diferença massiva na performance e nos drawdowns. Nos diários que eu uso, o “normal” vai de -25% a -35%. Isso pode piorar caso uma empresa quebre do nada e abra com um gapão gigante.

      O Curtis Faith dizia que um sistema bom podia manter uma taxa de 1/1 retorno/drawdown. Isso é +- verdade pois em bons momentos dá para conseguir tranquilamente uns 1,5-2/1 dependendo do tipo de ativo que você opera. Lembrando que estou falando da escala diária.

      Abraço,

      Hugo

    1. Hugo

      Oi Cristiny,

      Depende, se você investiu depois de estudar bastante e fazer suas análises, no longo prazo (>5 anos, porque no curto sempre existe a possibilidade de perder um pouco) a tendência é que os 5kk aumentem, às vezes muito.

      Porém, se apenas comprou ações aleatórias porque todos estavam fazendo o mesmo, aí você vai perder uma boa parte do dinheiro mais cedo ou mais tarde.

      É realmente simples: aprende a fazer e faz certo = ganha dinheiro, faz por fazer sem pensar = perde dinheiro.

      Abraço,

      Hugo

  2. Gilberto

    Ola meu nome é Gilberto, não tenho formação em finanças ou algo do tipo mas gostaria sim de comprar algumas açoes! Li sua reportagem e com ela me deu mais força para acreditar que pode dar certo!Mas como sou iniciante irei começar comprando poucas ações ou o minimo possivel ate ganhar um certa maldade e experiencia! Sou de Bh e infeluzmente não conheço nenhuma corretor(a) que poderia estar me ajudando a fazer minha primeira investida! O que voce acha que devo fazer e por onde começar???

    1. Hugo

      Oi Gilberto,

      Não precisa conhecer nenhum corretor, na verdade é melhor ficar longe deles. O melhor a se fazer é estudar, brincar com um simulador da bolsa tipo o da FolhaInvest para treinar, abrir uma conta em uma corretora barata como a MyCap, Tov ou Mirae Asset e aí sim começar a investir.

      A corretora não precisa ser da sua cidade, mesmo porque não faz a mínima diferença em 99,9% dos casos.

      Abraço,

      Hugo

  3. Vinícius

    Bom Dia, Hugo..
    Meu caso é parecido com o do Gilberto. Não tenho conhecimento no ramo mas estou afim de “cair de ponta” no assunto. Como eu decidi investir em ações? Da noite pro dia, e pretendo me aprofundar.
    Uma boa maneira de aprender seria os simuladores?

    Att.

    1. Hugo

      Oi Vinícius,

      Com certeza, você utiliza os simulares, não entende nada, pesquisa no google, descobre o que quer. Faz outra coisa, não entende, google, entende. Investe com dinheiro de mentira, perde o dinheiro de mentira, aprende, investe mais, ganha e depois faz com dinheiro real.

      Não tem segredo. É só estudar muito, economizar ao máximo e tentar aproveitar o processo todo porque sem gostar da coisa é praticamente impossível ter sucesso. 😉

      Abraço,

      Hugo

Os comentários estão fechados.