Investidores iniciantes costumam ter várias idéias erradas.

Uma delas é que quanto mais ferramentas como indicadores e osciladores você usar, maiores serão suas chances de estar certo em relação à um trade.

Esses investidores adoram sinais de confirmação.

Exemplo: se o MACD disser que uma ação subirá, eles vão esperar que o IFR, as médias móveis e a fibonacci (que é inútil) digam a mesma coisa também.

Aí as 4 não ficam com a mesma opinião nunca e o operador acaba não fazendo nada. E a ação? Acaba subindo bastante. Quem investiu fez uma grana, quem não investiu, ficou com as mãos abanando.

Eu não estou dizendo que usar 4 ferramentas ao mesmo tempo é uma idéia ruim. Na verdade, em alguns casos usar até menos do que isso já é demais!

Por exemplo, se você usa gráficos diários das ações para operar, você já deve contar os gráficos como uma ferramenta. Se quiser usar um oscilador ou um indicador, então use UM oscilador ou UM indicador.

Julgo válido adicionar o volume para você ter idéia da aceitação dos preços pelo mercado. E é claro, mais uma coisa, como desenhos de suportes e resistências, é aceitável.

Ok, agora temos os gráficos, um indicador (duas médias móveis vale como apenas um indicador), o volume e os gráficos de suportes e resistência. Nenhum operador precisa mais do que isso.

E nenhum investidor fundamentalista precisa de qualquer uma dessas coisas. Na verdade os investidores reais (longo prazo) precisam apenas dos dados das empresas para investir.

Se o investidor usar a análise tecno fundamentalista, como expliquei mais a fundo no meu e-book, aí sim será possível usar elementos técnicos como os preços e conceitos de stop loss, mas apenas isso e nada mais.

Agora, porque então usar muitas ferramentas é uma idéia péssima?

Porque todas elas irão gerar sinais de compra e de venda contraditórios e quando o operador quiser operar, nunca terá uma indicação clara e acabará não fazendo nada nunca.

Outro problema é que quem usa muitas coisas da análise técnica acaba ficando com os gráficos entulhados de tranqueiras. Chega uma hora que fica impossível distinguir o que é o quê.

E isso cria uma grande confusão, o que faz com que seja impossível de operar corretamente.

Portanto, se você quer operar de verdade, não seja bobo, use o mínimo necessário. Quanto menos melhor.

Lembre-se:

“Uma obra está perfeita não quando não há nada mais para acrescentar mas sim, quando não há nada mais para tirar.”

Antoine de Saint-Exupéry

Nunca se esqueça disso e aplique o conceito em outras áreas de sua vida que eu garanto que você irá adorar os resultados.

Bons investimentos / operações!



Veja Como Conquistar a Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo R$200 Por Mês
(e-Book 100% Grátis!)

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Qual é o "fator não tão secreto assim" que acelera a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


5 Comentários

  1. Silvio 31 de julho de 2012 às 23:37

    Cada post que leio percebo que aumenta o meu conhecimento sobre o mercado de ações. Sei que estou no inicio do inicio, mas confesso que estou melhorando, muito.

    Responder
  2. Jean Matheus 14 de junho de 2014 às 20:03

    Você não gosta de fibonacci?

    Responder
  3. gustavo 5 de setembro de 2014 às 18:06

    olá hugo ,quais softwares sao bons de usar para analizar os graficos ?

    Responder
    1. Hugo Teixeira 8 de setembro de 2014 às 3:42

      Existe o Metastock, Metatrader e por aí vai… mas nunca usei eles muito.

      Eu gosto mesmo é do Amibroker, só uso ele. 🙂

      Responder

Deixe Um Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *