A Análise Técnica Funciona Mesmo?

Anteriormente expliquei as diferenças entre a análise técnica e a análise gráfica.

Na prática as duas são tão parecidas que muitos investidores as utilizam ao mesmo tempo e nem sabem que elas são diferentes.

Mas é como eu disse… se a análise gráfica funciona de verdade, nem que seja às vezes por acidente, nada mais lógico do que concluir que a análise técnica também funciona.

Só que essa nem tanto por acidente…

Você deve saber que os suportes e resistências rompidos, ou seja, novas máximas e novas mínimas são fortes padrões de continuidade em qualquer uma dessas análises.

A diferença é que enquanto o trader usa a análise gráfica para desenhar imagens incomuns em gráficos de cotações (e outras coisas como candlesticks), o trader técnico utiliza indicadores e osciladores.

Portanto, o gráfico pode se sair bem utilizando apenas uma simples régua, mas o técnico precisa de um computador ou pelo menos uma calculadora para calcular médias móveis, valores do índice de força relativa (IFR), MACD e outras coisas do tipo.

Alguns traders técnicos mais “hardcore” até fazem os cálculos nas próprias mãos quando estão longe dos computadores.

Agora você pode estar se perguntando…

E como esses indicadores e osciladores funcionam?

Isso é simples.

Eles são calculados a partir dos preços de compra e de venda, das variações de volatilidade dos ativos, volume, divergências entre dados e mais um mar de coisas que te deixariam bem confuso.

Muitas ferramentas técnicas são inúteis e ridículas, principalmente se utilizadas todas ao mesmo tempo.

Mas quem escolhe algumas das mais eficientes como o MACD ou as simples médias móveis, com certeza será presenteado com resultados muito satisfatórios.

Isto é, obviamente, se eles a utilizarem como elas devem ser utilizadas. 😉

Para terminar, não existe dúvida de que a análise técnica funciona. Ela só não funcionará se você utilizar ferramentas sem saber de onde elas vieram, o que elas fazem, porque elas foram criadas e etc.

Ou seja, basta você saber o que fazer, como investir com a análise técnica que rapidamente você conseguirá separar as ferramentas boas das ruins e começará a fazer dinheiro.

Basta ter paciência, estudar bastante e tomar cuidado com as tranqueiras.



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


5 Comentários A Análise Técnica Funciona Mesmo?

  1. Eudson

    Agora fiquei muito perdido, assim é dificil. Estou inscrito, em um e-mail automatico seu com o assunto: “A farsa da analise técnica”, ainda não finalizei toda a historia mais assim que vi perdir a vontade de estudar o assunto. Agora do nada me deparo com essa materia no seu site e fico ainda mais frustrado. Vou esperar até o termino da historinha via e-mail pra ver o desfeixo disso, mas gostaria só de saber uma coisa: posso cair de cara na analise técnica, estudando pelos livros do marcio noronha (comecei o estudo pelo livro digital Investimento em Ações)??? E o pq vc não poe aqui no site as historinhas por completo ou manda via email ela toda de uma vez?? É mais pratico para o iniciante 😉 Obrigado

    Responder
    1. Hugo Teixeira

      Oi Eudson,

      Todo mundo pode (e tende) a cair de cara na análise técnica, mas não por causa da AT em si, mas por causa do abuso e do excesso de importância que o povo dá a ela. A historinha vai explicar tudo muito bem, mas não fique nervoso porque “vacinas” são assim mesmo. 😛

      Eu não coloco as historinhas completas aqui porque eu não quero que seja prático, eu quero que seja emocionante e divertido, como um episódio de 24 horas no qual você fica querendo ver o próximo assim que o anterior acaba. 😉

      Abraço,

      Hugo

      Responder
      1. Eudson

        Ola, Hugo obrigado por responder e desculpe por ter sido meio bruto. É pq na hora eu fiquei meio nervoso mais já esta tudo resolvido 😉 . E sim, entendo os motivos da historia ser em capítulos, realmente dar aquele gostinho de quero mais e a gente fica entusiasmado com o próximo capitulo o negócio foi a minha ignorancia mesmo rsrsrs sorry 😉 .
        Parabéns pelos blogs, são muito bons extremamente informativos e divertidos e mais uma vez obrigado.

        Responder
  2. ZéCarlos

    Olá Hugo, comecei a acompanhar seu blog e estou gostando. Duas perguntinhas: para quem tem uma boa folga financeira para investir, não seria bom investir parte a longo prazo (de 6 a 18 meses) e a outra parte em swing ou position (após muito estudo etc e tal)? E quais são seus livros de cabeceira (acredito que os tenha)? Agradeço!!!

    Responder
    1. Hugo Teixeira

      6 a 18 meses é médio prazo. Longo prazo seriam anos. É difícil demais misturar as escalas porque você se confunde e uma hora vai acabar gostando de uma só, além disso, não faz tanta diferença.

      Cabeceira?

      Memórias de um operador da bolsa.
      Trading in the zone (do mark douglas).
      Way of the turtle.

      😉

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *