O Tédio e o Trader: Parte 2

Começo aqui a parte prática do artigo: O Tédio e o Trader.

Agora irei explicar como vender coisas no Mercado Livre e como criar um blog, duas atividades que facilmente ocupam gaps de tempo e, se bem executadas, podem geral um lucro simpático.

Antes de apresentar a primeira das idéias, quero deixar claro que é preciso atenção e disciplina para não deixar essas atividades extras atrapalharem a sua produtividade como trader, o que é até meio óbvio.

Mas como são comuns as situações nas quais um especulador inexperiente e pouco disciplinado acaba se distraindo com alguma coisa, esquece do trabalho e acaba perdendo o melhor trade do dia, não custa avisar.

Ok, mãos à obra!

Dica 1 – Venda coisas velhas no Mercado Livre!

mercado-livreSabe aquelas coisas inúteis que só servem para ocupar espaço e juntar poeira mas que você por algum motivo, ainda não se livrou delas? Então, é possível acabar com o problema de uma vez por todas, é só fazer assim, você vai na dispensa e pega uma enorme sacola de lixo, joga tudo dentro e dá de presente pro caminhão de lixo. Porém, se você não é um trader sem coração, pode acabar ficando com pena de se livrar dos seus gibis da década de 70 ou dos seus bonequinhos do NacionalKid, o que fazer então? Venda-os! Livre-se de tudo, por mais bem sucedido que você seja, dinheiro é dinheiro e você não vai jogá-lo fora em forma de tranqueira vai? E já que não tem mais nada pra fazer, porque não levantar alguns trocados? Na pior das hipóteses você compra alguns NTN-Bs, ou dependendo da quantia até pode enviar pra corretora e usar como capital de operações, legal né, mas como faz?

Existem vários sites de venda online estilo leilão por aí, o mais famoso deles é o e-Bay, aqui no Brasil temos o Mercado Livre, para se inscrever basta entrar no site deles www.mercadolivre.com.br e clicar em “Cadastre-se, é grátis!”, será pedido seus dados como nome, CPF e outros. Depois de concluído o cadastro você poderá anunciar seus produtos, dessa forma:

  • Antes de tudo certifique-se de que você tenha pelo menos 3 fotos do produto em seu computador
  • Clique em Vender, escolha as categorias do produto corretamente e clique em Continuar
  • No título do anúncio tente colocar informações importantes da forma mais clara possível, ou seja, em vez de usar “Vendo livro de analize tecníca em inglêis” ou “Livro de AT gringo” coloque algo como “Livro Master Swing Trader de Alan Farley, novo e em inglês”, apesar de parecer super óbvio, algumas pessoas subestimam a importância do título, colocam um horrível e acabam não vendendo nada depois.
  • Agora é necessário escolher o tipo de anúncio, se normal ou básico, colocar as fotos, 3 é a quantidade máxima que pode ser utilizada sem que seja necessário pagar extra, coloque o preço e outros dados.
  • Agora só falta colocar uma descrição clara e direta, não enrole, coloque as fotos no anúncio e todas informações possíveis do produto, se for um livro, por exemplo, cite a editora, a edição, quantas páginas tem e etc, depois disso confirme tudo por mais algumas telas e seu anúncio estará pronto. Depois de algum tempo seu produto já será listado numa eventual pesquisa.

Simples para anunciar não? Depois disso é só ir respondendo as perguntas dos interessados e se alguém comprar seu produto você receberá o e-mail dele, então é só vocês trocarem dados, esperar a confirmação do pagamento (depósito, transferência), enviar o produto, informar o código de rastreamento e quando o comprador receber o produto, vocês se qualificam e fim. Cada qualificação positiva você ganha 1 ponto, e cada negativa perde 1. Muitos pontos positivos ajudam a construir uma imagem de confiança para os compradores e será mais fácil vender outras coisas no futuro. Infelizmente você precisa pagar para vender no Mercado Livre, as comissões para anunciar não são altas e para vendar ficam por volta de 8%, ou seja, com pouco dinheiro dá pra fazer bastante coisa, dá para pagar pelos serviços usando cartão de crédito, boleto bancário e etc, muito fácil e flexível. Não se desanime só porque precisa pagar, faça uma experiência, envie 10 reais e veja no que dá.

Muito legal não? Você leva poucos minutos para preparar o anúncio e depois não faz quase mais nada, que nem no trading e na pescaria! Agora se você não quer envolver clientes, urgh, em sua atividade, porque não tentar criar um blog?

Dica 2 – Crie um Blog ou um Site!

wordpressVou escrever blog em vez de blog ou site simplesmente pra não incomodar ninguém com repetição.

Nada mais fácil hoje em dia do que criar um blog, é possível iniciar um sem gastar um tostão, você atualiza quando quiser, ou puder, e se não estiver mais disposto é só esquecer sem maiores prejuízos além do tempo, além disso é possível usar serviços afiliados como o Google Adsense para gerar receita com cliques em anúncios e impressões por página, apesar de no começo ser muito difícil gerar receita se o conteúdo do seu blog for bom, no futuro será possível comprar um NTN-B ocasionalmente ou comprar de volta as coisas que você se arrependeu de ter vendido na dica anterior.

Para fazer o seu blog é necessário:

  • Tempo, que você tem, caso contrário não estaria aqui
  • Disposição, porque pode ficar chato, a maior parte dos blogs são abandonados em menos de 6 meses.
  • Algum assunto de seu interesse, é claro, você pode escrever algo nada a ver, que misture, por exemplo, política, programação em PHP, o que você comeu no café da manhã e seus animais de estimação, só que se o objetivo é juntar alguns trocados para pegar seus bonequinhos de volta então é melhor escolher um assunto mais específico e interessante.

Ok, hora da checklist! Tempo você tem, disposição também e possui uma idéia muito boa para um blog, e agora? Primeiro você precisa decidir que tipo de blog você quer, pode ser um gratuito feito em sites como o www.blogger.com ou então você pode investir um dinheiro e ter seu próprio domínio .com.br (ou .com, .net, etc) e fazer a hospedagem em um servidor pago. Com 350 reais por ano dá para pagar tudo isso e ter seu oimamaetonainternet.com.br pronto para receber qualquer coisa que desejar. O processo é simples e normalmente dá pra fazer tudo de uma vez, eu recomendo o www.locaweb.com.br mas existem vários outros, coloque seu espírito pesquisador para achar todas as alternativas.

No caso do blog gratuito é muito simples, basta se cadastrar, escolher um tema e já dá pra começar a escrever, a vantagem do gratuito é que é de graça e é super fácil de fazer, já as desvantagens incluem a publicidade alheia, limitação de recursos, nome de domínio pouco profissional e um certo preconceito inicial pela parte dos sistemas de busca como o Google.

Para o blog pago, depois de adquirir um serviço de hospedagem e o domínio, é necessário instalar um sistema de blog ou de site, eu recomendo o WordPress para blogs e o Joomla para sites, como não sei mexer nesse último, vou explicar como instalar o WordPress em poucos passos, lembrando que parece ser muito mais difícil do que realmente é:

  • Pra começar, ative no site serviço de hospedagem, um servidor MySQL, se você tiver dificuldades ou não quiser fazer sozinho, ligue para o atendimento e diga que você quer um servidor MySQL para instalar o WordPress no seu servidor. Talvez eles façam tudo isso de uma vez, caso contrário, continue seguindo as instruções.
  • Faça o download da versão mais recente do WordPress em www.br.wordpress.org e siga as instruções da famosa instalação de 5 minutos, que consiste basicamente em extrair o conteúdo do arquivo que você baixou, editar e renomear o arquivo wp-config-sample para wp-config junto com os dados de login do servidor MySQL, enviar tudo para a pasta pública do seu site via ftp e já está tudo pronto. Ah é, o seu FTP é ftp://ftp.nomedoseusiteaqui.com.br, acesse esse link pelo Internet Explorer porque é mais fácil.
  • Depois é só entrar no seu site que a instalação irá começar, é super fácil e deve ser feita sem dificuldades.
  • Agora é hora de deixar seu blog com um visual mais atraente, para isso existem vários sites com temas para WordPress, procure no Google, escolha aquele que mais te atrai, instale-o e agora já pode começar seu blog.
  • Para tentar fazer dinheiro escolha um sistema de afiliados, como o Google Adsense, coloque os anúncios em seu blog e construa tráfego, aos poucos você poderá estar fazendo dinheiro.

Ok, você já anunciou suas tranqueiras no Mercado Livre e já criou seu blog, e agora? Simples, continue anunciando e vendendo suas coisas e crie conteúdo para seu blog, tais atividades levam pouco tempo e podem ser feitas enquanto você assiste as cotações de ações até na mesma tela se a resolução for grande o suficiente. Se você puder ter dois monitores ou dois computadores aí fica mais fácil e organizado, de qualquer forma, contanto que você fique com as cotações na sua cara o tempo todo e não tire o foco do trabalho, essas atividades extras não vão te atrapalhar.

O mercado continua parado? Não está disposto a escrever ou vender. Leia então a próxima e última parte de O Tédio e o Trader, lembrando que se estiverem com dúvidas, não hesitem em perguntar aí nos comentários.



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


2 Comentários O Tédio e o Trader: Parte 2

    1. Hugo

      Thx!

      Não, eu acabei não escrevendo porque as idéias eram bobas e off topic… apesar da série de posts em si ser off topic… achei que não era necessário fugir do assunto ou sugerir coisas óbvias como ir pescar, jogar civilization, estudar a história da ex yugoslávia ou a dinâmica de relacionamento das espécies, como eu faço 😛

      Abraço!

Os comentários estão fechados.