3 Motivos Para NÃO Investir em ETF’s

Nem tudo é festa no mundo dos investimentos em ETF’s.

Até nesses investimentos super práticos e com taxas baixíssimas de administração, ainda existem alguns pontos negativos como todos os investimentos possuem.

E como nem todos eles são perfeitos, precisamos conhecer os seus pobres.

Por isso, apresento nesse post, 3 motivos pelos quais investir em ETF’s pode não ser uma ideia tão genial assim:

3 – Existem Poucos Fundos

Nos Estados Unidos existe uma incrível variedade de ETF’s. As opções são absurdamente variadas (tem até diferentes ETF’ de ouro!) e as taxas de administração também são muito baixas.

Felizmente no Brasil as taxas são baixas, mas a variedade de fundos é bem sofrível. Existem tão poucos ETF’s que podemos até contar nos dedos quantos são.

Tudo bem que muitos representam índices, o que meio que ajuda no fator falta de variedade, mas mesmo assim não podemos negar que poderiam existir outros ETF’s no Brasil.

Isso deve melhorar com o tempo mas até lá, o jeito é esperar. 🙁

2 – Baixa Liquidez

Esse é um problema sério que é mais visto em fundos de pouco volume, como é o caso do SMAL11.

O que acontece é que para comprar uma cota do fundo é preciso gastar um pouco mais do que a cota realmente vale. Pode ser apenas alguns centavos como pode ser 1 real ou 2 reais.

Como uma cota custa até 70 reais, esses aumentos chatos podem atrapalhar lá no final do investimento.

E outra coisa, se você quiser se desfazer das cotas, talvez seja obrigado a vendê-las por 1 ou 2 reais a menos do que elas realmente valem.

Isso acontece justamente porque os ETF’s ainda não são muito populares no Brasil. Novamente, tudo tende a melhorar. Mas por enquanto o jeito é suportar o ágio e o deságio.

1 – Dependência da Corretora

A parte chata é que você precisa usar os serviços de uma corretora da bolsa de valores para investir no ETF’s. Esse problema existe também no mercado de ações, opções e todos os outros.

Não poder “cortar o homem do meio” é ridículo mas fazer o quê?

Agora, essa não é a parte ruim e sim, que muitas vezes você precisará pagar uma taxa de custódia na corretora para que ela mantenha os seus títulos. E acredite, isso pode ser um pé no saco.

Logo, é muito importante que antes de investir nos ETF’s, que você procure uma corretora que não possua taxas de custódia. Ou pelo menos, uma que tire essa taxa dependendo de quanto você negocia.

Não é nem pelo dinheiro mas sim, pelo fato de ser obrigado a ver sempre se tem dinheiro na corretora para cobrir as taxas. Um empecilho bobo? Com certeza. Mas um empecilho mesmo assim.

Por isso, deixe para escolher outros investimentos em vez dos ETF’s caso você não suporte a baixa variedade de cotas diferentes, odeie a liquidez ridícula para alguns dos fundos ou não consegue encontrar uma corretora decente que ofereça um bom custo benefício para você investir.

Mas tirando esses pontos negativos, felizmente ainda vale a pena aplicar nos bons e práticos exchange traded funds. Ainda bem. 🙂



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


4 Comentários 3 Motivos Para NÃO Investir em ETF’s

    1. Hugo Teixeira

      Sim, é a mesma coisa.

      O problema é que HB’s de bancos costumam ser caros e ruins. Nunca recomendaria um HB de banco, melhor ficar com uma corretora de verdade como a MyCap, Rico (octo), Socopa etc.

      Abraço,

      Hugo

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *