Vale a Pena Investir Em Países Emergentes?

A maioria dos investidores que conheço, quando consideram investir fora do país, logo pensam em Estados Unidos e em algum fundo de ações baseado no S&P 500.

Geralmente, o objetivo de buscar outros países para se investir é aumentar a rentabilidade. Mas será que países desenvolvidos, como os Estados Unidos, são adequados para se buscar melhores retornos?

Investir em países desenvolvidos acaba sendo obrigatório para quem tem alguns milhares de milhões de dólares. Essas pessoas precisam de mais segurança e diversificação.

Para o investidor comum, por outro lado, colocar dinheiro em países com economia e política super estáveis talvez não seja a melhor saída pra quem está em busca de ótimas taxas de rentabilidade.

Quanto Maior o Risco, Maior o Retorno

Na renda fixa, geralmente, quanto mais instável o país, maior as taxas que os títulos do governo e títulos privados como CDBs, LCIs, LCAs, etc., pagam ao investidor.

É praticamente consenso que, quanto maior o risco, maior o potencial de retorno.

Um investidor sensato só vai aceitar colocar dinheiro num país que possui uma economia emergente, instável e com governantes corruptos se ele puder receber um bom prêmio por isso.

Caso contrário, melhor comprar títulos do governo alemão, com taxas de juros negativas. Pode parecer mentira, mas, em 2016, a Alemanha emitiu títulos com vencimento de 10 anos a uma taxa de juros de -0,05% ao ano. Ou seja, quem investisse 100 euros num título desses iria resgatar no vencimento menos do que investiu.

A Alemanha é um dos pouquíssimos países que possui a nota (rating) “AAA”, que representa praticamente garantia de solvência. Em outras palavras: é um país super seguro para se investir. A segurança é tanta que pra investir lá você precisa aceitar receber um valor menor do que investiu.

Tudo isso por causa da segurança. É quase como se você estivesse contratando não um investimento, mas uma empresa de segurança privada para proteger seu dinheiro.

Resultado de imagem para carro forte

Por outro lado, países com economia e política instáveis e governos corruptos precisam oferecer taxas de juros bem melhores que os -0,05% da Alemanha para que um investidor aceite deixar de lado a segurança e colocar seu dinheiro num lugar em que o governo pode, a qualquer momento, fazer qualquer coisa e ferrar o investidor.

Tivemos um cenário parecido no Brasil, entre 2014 e início de 2016. Alguns títulos do Tesouro Direto chegavam a pagar quase 8% ao ano + IPCA. Considerando que nesse período a inflação chegou a 10%, é um retorno de quase 18% em um único ano. Um retorno excepcional para a renda fixa (apesar da rentabilidade real – descontada a inflação – não ser tão boa assim).

Para se ter uma ideia de quão incerto e instável foram os anos de 2014 a início de 2016, as taxas dos títulos públicos ficaram próximas daquelas oferecidas pelo governo em 2008, durante a crise do subprime, uma das maiores crises do mundo, que quebrou grandes bancos e fundos de investimentos.

Gráfico com as taxas de juros pagas pelo Tesouro IPCA 2035 ao longo do tempo

Isso mostra que se você quiser rendimentos excepcionais, não vai dar pra aceitar a tranquilidade e segurança dos negativos títulos públicos da Alemanha. Você vai ter que se expor mais ao risco.

Talvez muito mais. É que mesmo em países instáveis, cheio de incertezas, não é sempre que o investidor vai conseguir uma taxa de juros de 18% ao ano em títulos de renda fixa prefixados.

Veja o Brasil hoje. Não dá pra falar que é um dos países mais seguros do mundo para se investir, mas mesmo assim a taxa de juros está em 6,5% ao ano. Não que seja uma taxa de juros pequena (se comparar com países desenvolvidos ainda é uma boa taxa ), mas com um rendimento desse, o caminho para ficar milionário pode ser um pouco mais longo.

Em Qual Mercado Se Arriscar?

Então o ideal não é apenas investir em países emergentes, mas sim na bolsa de valores de países emergentes.

Mas será que a bolsa de valores de países emergentes tem realmente potencial de trazer retornos acima da média pro investidor?

Acredito que sim. Mas apenas no caso de países emergentes que, ao mesmo tempo, (1) tenham uma economia crescente e (2) embora não tenham a segurança dos países desenvolvidos, sejam minimamente organizados e não sejam tão instáveis a ponto de ter ditadores e comunistas no poder.

Afinal colocar dinheiro num país chamado “Suazilândia”, governado por um monarca absolutista ditador do tipo abaixo pode ser arriscado demais, até mesmo para aqueles investidores mais agressivos.

King Mswat III. Que tal investir um pouco de dinheiro na Suazilândia?

Em se tratando de renda fixa, quanto mais inseguro e instável o país, maior o prêmio pago ao investidor. Por outro lado, quando estamos falando de bolsa de valores, ainda que o país possa ter uma economia forte do ponto de vista macro, períodos muito conturbados e instáveis geralmente criam um caos no mercado de ações.

Vejamos o que aconteceu com mercado de ações brasileiro entre 2014 e 2016 (gráfico semanal):

O mercado “fez que foi não foi” várias vezes para no final das contas não ir e terminar em baixa. Foi um período de grande incerteza e instabilidade.

Já a partir de 2016, quando o cenário político e econômico começaram a dar indícios de que as coisas iriam melhorar, os investidores ganharam confiança e o resultado foi esse:

Isso indica que pode ser possível encontrar ótimos retornos investindo em ações de países emergentes, mas desde que seja um país que tenha a economia crescente e que não seja um caos.

BlueChips Nos Países Desenvolvidos ou Small Caps Nos Países Emergentes?

Resultado de imagem para blue chip stock market

Pra descobrir se investir em países emergentes realmente é uma boa, fiz algumas análises históricas.

Para isso, tomei como base principalmente os índices do MSCI (Morgan Stanley Capital International), uma das principais referências para grandes investidores institucionais e fundos de investimentos.

O MSCI possui diversos índices. Vamos dar uma olhada em alguns.

ÍNDICE DESCRIÇÃO
MSCI Emerging Markets Small Cap  Index Composto por 1830 empresas smallcaps (de menor capitalização) de 24 países emergentes de todo o mundo.
MSCI World Small Cap Index Agrega mais de 4 mil smallcaps de 23 países desenvolvidos.
MSCI World Large Cap Index Reúne 751 empresas large caps  de 23 países desenvolvidos.
MSCI Emerging Markets Large Cap Index Reúne 751 empresas large caps de 23 países emergentes.


Se compararmos esses quatro índices, em termos de retorno, veremos que os melhores são:

  1. MSCI Emerging Markets Small Cap
  2. MSCI World Small Cap Index
  3. MSCI Emerging Markets Large Cap Index
  4. MSCI World Large Cap Index

Isso nos permite concluir que:

SMALLCAPS + PAÍSES EMERGENTES > SMALLCAPS + PAÍSES DESENVOLVIDOS > LARGECAPS + PAÍSES EMERGENTES > LARGE CAPS + PAÍSES DESENVOLVIDOS.

Essa comparação foi feita levando em consideração o retorno bruto de cada um desses índices do ano de 2002 até dezembro de 2017. Cada índice partiu, em 2002, dos 50 a 100 pontos e alcançou, no final do período analisado, a pontuação abaixo:

ÍNDICE PONTOS EM DEZ/2017
MSCI Emerging Markets Small Cap  Index 666,48
MSCI World Small Cap Index 597,83
MSCI World Large Cap Index 366,27
MSCI Emerging Markets Large Cap Index 581,65

Veja que o índice de smallcaps de países emergentes trouxe um retorno quase que 100% maior que o retorno do índice de largecaps de países desenvolvidos.

Por outro lado, embora tenha tido um retorno bem maior, o drawdown em 2008, na crise do subprime também foi maior. O “MSCI Emerging Markets Small Cap  Index” teve um drawdown de -58%, enquanto o “MSCI World Large Cap Index” perdeu “apenas” -39%.

Ou seja, se você não tem estômago para aguentar uma grande volatilidade, fique longe das smallcaps de países emergentes.

Mas mesmo como esse drawdown gigantesco de -58%, ainda assim teria valido a pena ter investido no MSCI EM Small Caps, já que, em termos absolutos, esse índice ainda ficou acima do World Large Cap.

Esses foram os resultados dos índices – o que não significa que seja o melhor resultado possível.

Descobrimos que as smallcaps de países emergentes, em geral, performam melhor que bluechips de países desenvolvidos. Mas, indo além, descobri que as smallcaps de alguns países emergentes específicos tiveram resultados ainda melhor que o MSCI Emerging Markets Small Cap  Index.

PAÍS / ÍNDICE PONTOS EM DEZ/2017
MSCI Emerging Markets Small Cap  Index 666,48
MSCI China Small Cap Index 745.63
MSCI Brazil Small Cap Index 1624.20
MSCI India Small Cap Index 1409.65
MSCI Philippines Small Cap Index 725.32
MSCI Thailand Small Cap Index 826.39

Mas nem todos países foram tão bem assim. Os índices de smallcaps do Chile, Indonésia, Coreia do Sul, Malásia e Polônia tiveram resultados abaixo do índice geral MSCI Emerging Markets Small Cap Index. Ou seja, não basta sair comprando aleatoriamente ações small caps de qualquer país emergente.

Então Compensa ou Não Se Arriscar Em Países Subdesenvolvidos?

A partir daí passei a pesquisar, descobrir se haveria algum sistema de trade que pudesse funcionar bem nesses países.

Um dos países escolhidos foi a Tailândia.

Com uma simples estratégia de trend following, desde o ano de 2000 até os dias atuais, foi possível conseguir um retorno que, em um único ano, chegou a quase 300%. O sistema testado apresentou uma expectância positiva e nos trouxe um retorno médio de 45% ao ano.

Com uma simples estratégia de trend following, desde o ano de 2000 até os dias atuais, foi possível conseguir um retorno que, em um único ano, chegou a quase 300%. O sistema testado apresentou uma expectância positiva e nos trouxe um retorno médio de 45% ao ano.

A conclusão é que países emergentes podem sim fornecer ótimas oportunidades de investimento, massss, obviamente, trazem também riscos maiores – que podem ser controlados/atenuados com um bom sistema de trade e um money management (position size) adequado.

Portanto, se você quer sair da chatice da renda fixa e das bluechips e aumentar consideravelmente seus rendimentos, então sim, vale a pena investir em países emergentes.



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


2 Comentários Vale a Pena Investir Em Países Emergentes?

    1. Igor Izoton

      Oi Ludyson. O sistema usa os Canais de Donchian para identificar início de tendência como sinal de entrada e fim de tendência como stop. Nao tem alvo/takeprofit/stopgain. O sistema é bem parecido com aquele ensinado pelo Hugo no curso Vapt Vupt.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *