Porque Você PRECISA Arriscar Mais Nos Seus Investimentos

Uma parcela enorme da sociedade tem medo de arriscar.

Alguns tem medo de fracassar e por isso, arrumam empregos em vez de começarem suas próprias empresas e outros temem dever dinheiro para terceiros e consequentemente, ignoram até o mais barato crédito na hora de investir.

Não importa o motivo, o fato é que a sociedade tem medo de tudo, normalmente, sem razão.

Nos investimentos, os mais conservadores preferem aplicações “fixas” com retornos “garantidos” porque isso os dá uma falsa sensação de controle e conhecimento:

“Eu sei que vou ganhar X e posso sair antes, se quiser.”

Agora, não existe nenhum problema em conservar se você for um adulto quase idoso que só quer saber de tranquilidade e segurança, mas ironicamente, esse grupo é uma minoria.

Todos os dias eu recebo mensagens de jovens, muito jovens, obcecados com segurança que querem fazer de tudo para garantirem o maior dos retornos com nenhum risco. Não pouco, mas nenhum risco.

Nós sabemos que isso não existe mas o ponto importante da questão é que jovens deveriam arriscar porque é o natural: jovens arriscam, adultos quase idosos conservam.

O Que Mais Importa

O engraçado é que conservar demais costuma ser no longo prazo, muito mais arriscado do que arriscar dinheiro em si.

Para que você entenda, deixe-me fazer uma pergunta: “Qual é a coisa mais importante da vida?”

Os mais burros vão responder “dinheiro”, os que não gostam de pensar muito vão responder “família e amigos”, mas a resposta certa é “tempo”.

Você quer tempo para ganhar e gastar dinheiro e quer tempo para passar com sua família e que eles tenham muito tempo de vida também.

Afinal, de que adianta ter dinheiro se você não tem tempo? E de que adianta ter família e amigos se estiverem todos mortos?

Por isso que o tempo, por englobar tudo, é a coisa mais importante da vida… e é claro, dos investimentos.

Levando isso em conta, é fácil concluir que arriscando dinheiro você pode ter muito mais tempo no futuro (seja de vida em casos médicos, para passear etc.) e arriscando pouco dinheiro, você perde mais tempo, também por precisar trabalhar mais.

Só nisso já podemos entender que tempo > dinheiro e trocar tempo por dinheiro é a coisa mais retardada do mundo, justamente porque existem diversas formas de conseguir dinheiro mas existem pouquíssimas formas de aumentar muito seu tempo na Terra.

Você pode conseguir 300 bilhões de dólares, mas nunca vai chegar aos 300 anos de idade.

Com tempo, você consegue dinheiro. Mas o dinheiro só compra tempo até um certo ponto porque depois você morre.

O Que as Estatísticas Dizem

Se tempo vale mais do que dinheiro e investimentos conservadores requerem mais tempo para gerarem retornos significativos, fica claro que conservar muito é idiota para quem não tem mais de 50 anos e está querendo se aposentar.

Além disso, o tal “conservar” muitas vezes é “arriscar muito para ter retornos menores”.

Por exemplo: muitos acham que as poupanças são seguras, elas rendem 0,6% ao mês +- e não costumam passar por problemas muito graves ao longo dos anos… mas quem tinha muito dinheiro na poupança quando elas foram “utilizadas” pelo governo, se f*deu completamente.

O próximo passo são os títulos públicos, como o Tesouro Direto no Brasil. Conservadores amam tais títulos porque eles são “fixos” e “seguros”.

Só que é muito fácil falar isso quando você tem 15-30 anos e mora no Brasil. Mas pergunte para conservadores gregos, italianos, portugueses, americanos etc. se eles estão felizes com os “rendimentos” dos seus títulos.

Tais investidores, amantes da “segurança” podem perder tudo de uma vez ou aos pouquinhos justamente porque além de serem conservadores demais, o foram em investimentos arriscados demais.

Ou seja: “segurança” de alto risco com baixo retorno ou baixíssima possibilidade de retorno.

Moral da História

Tempo vale mais do que dinheiro porque se você for esperto, sempre terá dinheiro. Mas uma hora, não importa o que você faça, o seu tempo irá acabar.

O outro ponto é que os “investimentos” conservadores em muitas vezes não são nada conservadores mas sim, apenas investimentos muito arriscados com baixíssimos retornos ou baixa possibilidade de retorno.

Portanto, meu amigo jovem e conservador: pare de trocar muito tempo por pouco dinheiro arriscando pouco e passe a trocar o mínimo de tempo possível (sem ser idiota) por muito dinheiro arriscando de forma inteligente.

Entenda que conservar é para quem tem o que conservar e não está nem aí para ganhar mais dinheiro porque já tem muito e está pela hora da morte ou quase lá.

Os jovens arriscam porque nesse estágio, não arriscar dinheiro é dar mais importância a ele do que ao tempo, ou seja, é ser burro, conformista e esnobe em relação a vida.

E na boa, o mundo já está cheio de gente burra e conformista, que você não seja um deles também.



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


14 Comentários Porque Você PRECISA Arriscar Mais Nos Seus Investimentos

  1. Cezario Jurista

    Eh isso ai, Hugo, falou tudo agora! Abriu meus olhos, acho q pela centesima vez ja, nesses poucos dias q descobri seu blog, e venho acompanhando-o doravante.

    Continue assim, ajudando os iniciantes, e trocando experiencias com os mais antigos – pq se dependermos dos bancos, corretoras, jornais, Rede Globo, jornaistas, economistas… 🙁

    Responder
  2. joao

    Valeu Hugo! Uma série de posts mais voltados à psicologia do trader, é um tema não muito abordado nem no SM. Tá de parabéns!

    Não sei pq, mas lendo esse post me lembrei do tio Larry Williams hahahah!!

    Responder
  3. Gabriel

    É isso ai Hugo, ótimo post!
    Pena que a maioria das pessoas que são extremamente conservadoras são aquelas que receberam esse valor de familia e não tem coragem de quebrar o ciclo da falsa segurança,
    com isso acabam passando uma vida de mesmisses sem questionar e ousar..
    Obs: Tava lendo uns posts do seu outro blog o SenhorMercado.. vi que você não posta mais nada lá… algum motivo em especial.. ta se dedidando só a esse aqui ?

    Responder
    1. Hugo

      Não escrevo mais lá porque eu odeio procurar imagens no google hahaah 😛

      E se você prestar atenção, ultimamente o CINBDV está muito parecido com o SM, tirando é claro, as imagens, que geravam 60% do trabalho do post. :/

      Responder
  4. velaepavio

    O Fato da maioria ser convencional e “burra” ajuda aos poucos que sao empreendedores e optam por arriscar, pois fica mais “facil” ainda ganhar dinheiro.

    E outra na minha opiniao a maioria opta pela vida hamster, pois eh isto que querem: “Seguranca”.

    Um amigo meu que ha 6 anos abriu a propria empresa de consultoria, mesmo sendo um excelente profissional e bem pago no ramo de engenharia de software. Ele disse que quando trabalhava para os outros sempre morria de medo de ser mandado embora. Entao resolveu trocar o medo de ser mandado embora pelo medo de um projeto/contrato acabar e nao tiver outro na sequencia. Hoje, depois de 6 anos, nunca ficou sem cliente e ganha pelo menos umas 3x mais e tem mais flexibilidade de tempo.

    Responder
    1. Gabriel

      velaepavio

      Estou trabalhando nesse ramo e estou fazendo pós em Engenharia de software, tenho tido contato com muitas pessoas na minha sala e na nossa área parece que isso é geral, vida de escravo com salário baixos e rotina diária desestimulante,
      vivendo como hamster e até fazendo horas extras que as vezes podem ser não remuneradas.Pra ganhar bem tem só sendo um “Super Hamster” rsrs.

      Estou pensando seriamente em me tornar empreendedor e investir na bolsa em paralelo, pois gosto muito das duas coisas. Acredito que a flexibilidade de horário pode permitir isso. 🙂

      Responder
    2. Hugo

      Exatamente, segurança, e isso é super ridículo em alguns casos.

      No Millionaire Next Door você descobre que a maioria de milionários americanos possuem seus próprios negócios. Mas muitos deles também são super frugais… porque? Um negócio dificilmente será “demitido”, a segurança de ter uma empresa é infinitamente maior do que ter uma gaiola para correr.

      Só que as coisas estão trocadas porque quem tem gaiola tende a gastar mais do que tem porque acha que tem segurança (quando tem menos) e quem tem negócio próprio tende a tomar cuidado porque acha que “coisas ruins podem acontecer a qualquer momento”.

      Os dois lados estão desequilibrados, porém, o lado dos negócios é muito mais seguro do que o do hamster.

      Vai entender as pessoas. 😛

      Abraço,

      Hugo

      Responder
  5. Hélio Ricardo

    Valeu Hugo! Seu e-book está me ajudando muito! Já lí e vou reler para entender melhor. Quanto ao risco, concordo plenamente, daqui há pouco o tempo acaba e não arriscamos nada! Como já sou cinquentão, tenho pressa e não tenho medo, só falta o dinheiro. hehehe!

    Responder
  6. Diego Anfiloquio

    Bom primeiro…queria dizer que depois que comecei a acompanhar o site e li seu livro. minha vida já mudou um pouco. todos os gastos estão numa planilha. como li num post anterior coloquei um STOP na minha vida! valeu parabéns pelo site e pelo livro. sucesso Hugo!

    Responder
  7. Givanildo

    Hugo ja li muito o seu blog , bom ha muito tempo , deixei de ser um idiota e vender meu tempo para outros ,meu tempo na terra vale mais que ouro ,sou investidor da bolsa ,tenho pouco dinheiro ,fa¢o day trader de opcoes binarias ,depois de quase dois anos estou come¢ando a ganhar , meu objetivo e day trader com papeis brasileiros mais exige uma grana consideravel ,mais um dia chego la , to pensando grande meu chapa , porque quando tiver uns cinquenta so quero curtir a vida.abra¢o !

    Responder
    1. Hugo Teixeira

      Cara, cuidado massivo aí. Opções binárias não é investimento, é cassino.

      Eu tiraria meu dinheiro imediatamente desse cassino, deixava ele na poupança ou algo assim enquanto estudava minis, como o mini índice. Você não precisa de tanto dinheiro para operar minis no day trade então pode ser uma ideia melhor do que ficar esperando para fazer day trade com ações.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *