O Colapso do Dólar e o Trader Brasileiro

Antes de tudo devo avisar que esse post será bastante longo, relativamente descentralizado e meio “rant”.

Por isso, se você não tiver tempo para ler TUDO, deixe para ler depois quando tiver tempo.

Ok, agora eu falarei sobre o colapso do dólar, e para explicar, vou começa falando da guerra:

Pois bem, sabemos que atualmente os países mais importantes do mundo estão brincando de “guerra cambial”.

O objetivo dessa guerra é matar o adversário utilizando peças usadas de automóveis velhos desvalorizar suas moedas para que os produtos nacionais se tornem imúneis a seleção natural imposta pelos produtos estrangeiros.

Tradução: proteger exportadores e manter a balança comercial em equilíbrio, seja isso justo ou não.

Logo, se o dólar estiver caindo e consequentemente, aumentando o poder de compra do abusado brasileiro (porque negociamos tudo em dólar), isso é “ruim” pois as indústrias ineficientes brasileiras são afetadas.

O pior é que elas tem apenas quatro opções:

Ou fazem lobby e conseguem benefícios do governo que, pela própria natureza da democracia é sempre corrupto, ou diminuem os salários dos funcionários, ou diminuem suas margens de lucro ou então morrem.

Como as indústrias não tem como se adaptar reduzindo muito os salários e o governo mete a faca com impostos na folha de pagamentos e outros mais para arrecadar fundos para pagar as dívidas de suas políticas socialistas imorais e os juros de seus títulos públicos para investidores estrangeiros, o trabalhador da indústria ineficiente, que custa o dobro do que poderia custar, perde o emprego.

Alguns setores também não podem diminuir ainda mais as margens de lucro pois aí o negócio todo deixaria de valer a pena. Por outro lado, as que podem (no caso do Brasil, as automotivas principalmente) preferem apenas mandar gente embora do que diminuir suas margens de lucro (eu faria o mesmo).

Por fim, existe a possibilidade de ir a falência, o que não é tão interessante ou então, fazer lobby e conseguir benefícios irracionais para indústrias que geram altos impostos para que os governos tenham mais dinheiro para mimar pessoas burras e preguiçosas com suas políticas socialistas imorais e finalmente, para garantirem suas reeleições, motivo pelo qual, a democracia é naturalmente corrupta.

De qualquer forma, por causa desse problema em impedir a seleção natural de funcionar, os governos (não só o brasileiro) tiveram a ideia genial de diluir o valor do dinheiro e foder com o povo (que está distraído demais com cerveja, bunda e futebol para perceber qualquer coisa) ou então, aumentar os impostos dos produtos estrangeiros e foder com o povo (que está distraído demais comprando coisas que não precisa com dinheiro que não tem em 60x com juros de 2% no cartão para pensar em reclamar).

Dessas duas “soluções”, o Brasil segue as duas: dilui o dinheiro (inflação) e aumenta os impostos (apesar de que inflação é um imposto escondido…)

Os EUA apenas imprimem dinheiro, apesar de que recentemente eles estão fingindo que vão aumentar mais ainda os impostos.

Com o tempo o poder de compra do povo vai perdendo mais e mais valor, e os países que continuam nessa “corrida ao fundo” vão se fodendo mais e mais.

Isso inclui, além do Brasil e dos EUA, a Suíça (que hoje não presta mais porque se casou com o Euro), Japão, China e honestamente, a maioria dos países.

Mas porque diabos essa gente toda está nessa corrida para perder dinheiro? Quem foi o filho da meretriz que começou com essa palhaçada?

Era Uma Vez Um Chinês Com Olhos Fechados

O fela da pulga foi… o governo americano.

Sim, o que acontece é que no mundo, tudo é negociado em dólar e por esse motivo, é criada uma demanda artificial pela moeda gringa. Logo, se o dólar está se desvalorizando, os países tentam acompanhá-lo para proteger as porras das exportações.

Mas então porque a porra da moeda do tio Sam está se desvalorizando?

Porque americanos são retardados.

Não, é sério.

Para entender, considere a seguinte historinha…

Era uma vez um país chamado China. Nesse país existia um povo conhecido como chinês, e eles tinham um problema grave: aberturas olhais muito nanicas. Por isso, quase não conseguiam enxergar nada. A pobreza do país era imensa por causa do problema de visão do povo.

Porém, um dia chegou um chinês super mega ultra comedor de Einsteins no café da manhã que teve a ideia genial de entrar em guerra com o mundo todo mesmo sem ser um exército decente.

O plano era construir coisas, vendê-las para estrangeiros consumistas, pegar o lucro e construir prédios e comprar títulos públicos desses países, mantendo assim a moeda chinesa baixa “ad infinitum” para manter a competitividade e então, basicamente escravizar todo mundo.

Depois que conseguirem escravizar todo mundo, finalmente iriam operar seus olhos para enxergar melhor. Na verdade eles queriam também usar o dinheiro para aumentar o tamanho de seus orgãos genitais mas poucos tiveram a coragem de admitir isso.

Então durante vários e vários anos os chineses trabalharam pra cacete, ganharam quase merda nenhuma e construíram coisas. Prédios, eletrônicos, tranqueiras inúteis e em geral, basicamente tudo.

Se você for ver onde foram construídas as coisas da sua casa, provavelmente a resposta é China. Talvez você também tenha sido feito na China também, pergunte aos seus pais para ter certeza.

De qualquer forma, ao mesmo tempo em que o chinês trabalhava até morrer, um outro povo, do outro lado do oceano, consumia como se fosse morrer amanhã: esse povo é o americano (na verdade não só eles mas você entendeu).

O americano comprava tudo o que o chinês fazia, tudo. E se não tinha dinheiro para comprar, pegava emprestado dos bancos, que se não tinham dinheiro para emprestar, pegavam do governo, que se não tinham dinheiro para emprestar, pegavam da China e outros países.

O resultado desse consumismo retardado é que a dívida dos gastões disparou. Mas o maior problema é que além disso, os americanos perderam completamente a competitividade em relação ao povo dos olhos engraçados e pau peque… chinês.

Então do nada, os americanos perceberam o que estava acontecendo:

“OMG, OMFG!!! A China está acabando com a gente!! Podemos abolir a lei idiota do salário mínimo para aumentar a competitividade da nossa indústria ou parar com as políticas socialistas criminosas mas… também podemos criar bolhas nos mercados e se isso não funcionar, podemos imprimir dinheiro!!”

E foi daí que começou a queda da merda da porcaria do dólar, tudo porque o americano gordo idiota paga pau da Apple e telespectador de American Idol se recusou a se adaptar e negou a existência da seleção natural.

Suicídio Financeiro Coletivo

Agora, como talvez você já tenha entendido, nossos desgovernantes (assim como os dos outros países), estão tentando empatar com o dólar para não estragarem suas economias. Para isso eles criam leis retardadas, aumentam impostos e fazem de tudo para que a seleção natural não siga o seu rumo.

A ideia é simples: “O dólar está indo pro saco? Então o real precisa ir pro saco também, afinal, precisamos importar inflação dos EUA para protegermos nossas exportações, né?”

Agora, a questão que não quer calar é:

Até quando o mundo continuará suportando a merda do dólar?

O Iraque dropou o dólar, foi pro euro e… acabou invadido. A Nigéria está dropando o dólar também. A China e a Rússia são amantes que já fizeram vários acordos bilaterais que não incluem a moeda venenosa dos EUA. Mas mesmo com todos esses sinais, o suporte continua… mas não por muito tempo.

A dívida americana é gigante e cresce a cada dia.

Recentemente eles elevaram o teto dessa dívida, ou seja, pediram um cartão de crédito maior para gastar e continuam gastando. Enquanto isso o FED continua imprimindo dinheiro, desvalorizando o dólar e gerando inflação (que a gente importa). Para complicar ainda mais a situação, os juros são praticamente inexistentes.

Agora, como o governo americano prefere gerar inflação do que admitir a quebra do país e consequentemente cancelar os programas socialistas imorais que ajudam a escória irresponsável e incompetente que de acordo com a lógica da seleção natural deveria deixar de existir de qualquer jeito, uma hora a inflação ficará insustentável.

E como eles farão para diminuir a inflação? Vão parar de gastar dinheiro ou pagar as dívidas (dando calote) e seguirão em frente.

Só que eles não têm dinheiro para pagar nada pois além de gastarem tudo, se imprimirem, vão gerar mais inflação! Se aumentarem os juros, o dinheiro poderá entrar mas aí a dívida ficará ainda mais alta e impagável, o que por sua vez irá obrigar o FED a gerar mais inflação ou então quebrar.

E adivinha o que eles provavelmente farão? Imprimir mais dinheiro.

Eventualmente os Estados Unidos do Zimbabwe vão quebrar, o mundo vai dropar o dólar e a chance deles se tornarem um país de terceiro mundo da noite para o dia será de pelo menos 30%. Tipo a Argentina ou na pior das hipóteses o Zimbabwe, só que numa escala muito maior.

Porém, se os países seguirem o dólar até o final do precipício (continuando a guerra cambial), nós teremos uma inflação absurda no planeta todo! Imagina, o dólar cai para 1,2 (proporcional ao real, obviamente) e os governos dão um jeito de jogá-lo para 1,7. Aí cai para 1,0 e dão um jeito de voltar para 1,3.

Essa palhaçada poderia (e provavelmente vai) destruir todo o sistema filho da puta de moeda papel fiat inútil (que não vale merda nenhuma e só cria inflação que serve para zoar as nossas cabeças ao comprarmos um Cheetos por quase 4 reais quando em 2002 custava tipo 1 real) e aí, talvez o planeta todo volte para o padrão ouro, como a China aparentemente está se preparando para aceitar ou então, uma cesta de moedas ou uma única moeda papel global tipo teoria da conspiração.

Mas a pergunta importante é: será que os países vão dropar o dólar a tempo de salvarem suas moedas?

Enquanto Isso, na Bananalândia…

O governo brasileiro me assusta a cada dia mais com a sua deficiência mental econômica (burocracia inútil, ênfase em bobagens, manipulação cambial, 300 impostos diferentes para uma bala de 5 centavos etc.), mas apesar disso, de vez em quando, surgem alguns raios de “esperança”.

Recentemente o dólar subiu pra 1,90 porque as pessoas ficaram com medo da burrice dos gregos (grego = americano que não pode imprimir dinheiro) e como ainda acham que o dólar é uma moeda segura, chutaram ele pra cima.

Porém, quando a moeda inútil atingiu esse nível altíssimo, o BC interviu e ajudou a conter um pouco a alta do dólar e consequentemente, a desvalorização do real. Ou seja, se eles tem o bom senso de conter a desvalorização do real ao mesmo tempo em que impedem sua valorização rápida, provavelmente vão notar mais cedo do que mais tarde que já era, o dólar tchau tchau.

E aí o Brasil dropa o dólar, a China dropa o dólar, a Rússia, India, todos os outros e… sei lá, começam a suportar o Yuan? Isso eu não sei, o que eu sei é o que me importa e o que importa a você, leitor:

O que diabos vamos fazer se o Brasil seguir os EUA até a beira do precipício? Comprar ouro?

Até chegar ao “point of no return” os governos podem gerar MUITA inflação, obrigando as pessoas a fazerem hedge.

Agora, eu não gostaria de ser obrigado a comprar ouro (hedge mais famoso contra moedas de papel) porque a liquidez não é super sagaz, eu precisaria guardá-lo em casa (afinal, não sou retardado de deixar num banco, vai que confiscam sei lá) e para fazer position sizing seria bizarro.

E pior, e se depois do dólar ser dropado o mundo esquecer do ouro? Eu acho difícil porque a China vai ditar as coisas e os países quebrados não terão dinheiro para começar uma guerra contra ela, mas mesmo assim, vai que do dólar sejamos empurrados para um Yuan sem suporte de ouro com a mesma merda de inflação fela da puta que zoneia as cabeças?

Eu não sei de nada disso, mas estou me preparando.

O Que Está Por Vir

Preparação consiste em chutar o futuro e se posicionar de modo a que nada de ruim aconteça.

E por isso neste exato momento eu espero o seguinte:

  • Mais impressão de dólares, mais inflação, QE3 e QE4 (mesmo que disfarçados). A dívida americana vai continuar subindo e até a eleição, o teto deverá ser elevado novamente. Nenhum corte significativo será feito pois iria manchar a imagem do Obama, que adivinha? Quer ser reeleito.
  • Depois disso espero a reeleição do Obama ou então, que qualquer republicano idiota que não saiba merda nenhuma sobre economia (porque os que sabem são ignorados pela mídia) entre no lugar e faça as mesmas coisas idiotas.
  • Na Europa, tomara que os bancos e governos europeus quase falidos dêem uma grana enorme pra Grécia. Com isso a situação deles piora ainda mais. E sabe como é? Quanto mais fundo cavar, mais difícil fica de sair.

De modo geral, espero que continuem empurrando os problemas com a barriga.

E honestamente? Eu quero que isso aconteça. Quero ver a Europa e os EUA quebrarem, quero ver sangue. Gente tão idiota assim que consegue gastar fortunas e gerar dívidas enormes em países onde tudo costuma ser muito mais barato do que aqui simplesmente não merece ajuda.

O que eles merecem é sentir a ira do Senhor Mercado, a ira da Seleção Natural.

Para terminar, eu gostaria (não espero, apenas gostaria) que voltássemos ao padrão ouro. Essa palhaçada de inflação e de governos gastarem dinheiro que não tem para depois rolarem a dívida é um saco… Ganha 10 mil por mês e o Cheetos custa 1 real… depois ganha 40 mil por mês e o Cheetos custa 4 reais… afff, VTNC! Se era ficar assim porque não ficou na mesma?

O pior é conseguirem convencer as pessoas de que inflação é algo normal e benéfico… puta que pariu, vai ver os brasileiros não merecem existir também…

Ok, terminei de falar.

E vocês, o que acham? Até quando o mundo seguirá os EUA até a beira do precipício? E o governo brasileiro, será que vai dropar o dólar a tempo de salvar o nosso país ou vão se jogar junto com os EUA?

Comentem!



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


32 Comentários O Colapso do Dólar e o Trader Brasileiro

  1. Victor Silvestre

    Muito bom o post!!! Espero que ainda tenha alguns dedos em mãos. Depois de tantas letras confesso que vou ter que trocar pelo menos um olho. Comecei a acompanhar o blog hoje, digo, ontem à noite, e estou completamente viciado. Parabéns. A partir de agora estarei sempre aqui.

    Ler este blog será uma obrigação e um investimento. E o melhor, a curto prazo!!

    Responder
    1. Hugo

      Victor: Obrigado pela audiência e boa sorte nos estudos. 🙂

      Anderson: Falta de educação e bom senso. O problema é que o brasileiro é americanizado demais, ou seja, é tudo status, gastar dinheiro, pagar o mínimo do cartão etc. Azar deles, não pretendo ficar muito tempo por aqui mesmo.

      Souza: De um ponto de vista especulativo parcelar as coisas é sempre melhor porque você continua com o capital inteiro para operar. O foda para nós é o fator “compromisso”. Não sei você mas prefiro comprar tudo a vista mesmo sabendo que parcelar é melhor. Já o brasileiro comum que não investe nem especula, bem, eles estão se afogando.

      Vela: Cara, o que você acha do “Hard Landing” da China? Porque nego fala e fala mas em nenhum ponto de vista eu consigo enxergar algo a mais do que uma simples recessão (correção, algo normal em qualquer “ativo”). E depois disso a China melhora ainda mais em todos os sentidos… porém li em algum lugar, no Shanghai Daily que até 2025 ou algo perto disso, a China que ter um Welfare State… ou seja, o país vira socialista não apenas no papel.

      Guerra eu acho que terá e será bom pois se você analisar um gráfico qualquer do crescimento populacional, vai perceber que não temos uma correção faz muito tempo. Só acho que será algo bizarro pois na hora a China e a India serão muito mais poderosas do que o resto dos países falidos que não terão como comprar comida pros soldados. Vai ser interessante assistir.

      E sim, os EUA tchau tchau. Com uma moeda fraca eles voltam a se industrializar, diminuem o consumo, aumentam a poupança e consequentemente os investimentos mas o nível de vida despenca absurdamente e o welfare state quebra. Bem feito, eles fizeram por merecer.

      Mas virar uma Inglaterra? Não sei não. Se for a Inglaterra de hoje os EUA estão fodidos porque a Inglaterra vai pra baixo também.

      E outra, o que que o americano comum vai fazer até que a economia se recupere? O que ele vai comer? Como vai dirigir um carro com um galão de gasolina beirando os 12 usd, 36 usd, 4 trilhões de dólares? (vai saber até quando eles vão se recusar a jogar a toalha)

      Hoje o gbp é super forte mas amanhã o usd será super inútil e aí… veremos.

      Zé: Tenha muito cuidado com o que for aprender na faculdade porque a maioria dos seus professores não saberão merda nenhuma de economia. Leia mais Mises e tenha cuidado com Keynes, distorceram as palavras dele antes de sua morte e pioraram o que já estava errado.

      Anderson: Yeah nóis manolo… ou melhor Missssssssster Annnnnnnnderson 😀

      Robert: Obrigado, agora só falta saber o que vai acontecer…

      Christiano: Um povo imbecil é mais fácil de controlar, aí é só ter um sistema quase socialista como quase todos os países do mundo possuem que com a ditadura da maioria, alguns poucos psicopatas (eu não estou zoando, psicologicamente faz muito sentido) dominam todo mundo. Isso não vai mudar. Nossa “esperança” é nos divertimos nos crashes e correções. 🙂

      —————

      Galera, eu recomendo pra todo mundo os sites: ZeroHedge.com e Mises.org.br

      E outra!

      Eu coloquei a pergunta no final de post não foi de alegre, eu realmente quero saber o que vocês pensam sobre o dropeamento do dólar pelos BC’s, principalmente o da Bananalândia. Então compartilhem suas ideias. 😀

      Responder
  2. ANDERSON

    EXCELENTE POST! CRÍTICA INTELIGENTE À SITUAÇÃO ECONÔMICA MUNDIAL.
    SINCERAMENTE, ACHO QUE OS PROBLEMAS DOS GOVERNOS SÃO OS MESMOS DAS PESSOAS FÍSICAS. AQUI NO BRASIL POR EXEMPLO(EXISTEM VÁRIOS EXEMPLOS, MAS VOU FALAR SOH DESSE, QUE EH AO MEU VER O MAIS FLAGRANTE)A VALORIZAÇÃO IMOBILIÁRIA ESPECULATIVA LEVA A CLASSE MÉDIA A FINANCIAR IMÓVEIS EM ÁREA ONDE SOH DEVERIA MORAR QUEM REALMENTE TEM DINHEIRO.
    VEJO PESSOAS GANHANDO SALÁRIO DE 1 DÍGITO E MORANDO NA BARRA DA TIJUCA(RJ)PORQUE “COMPRARAM” UMA DÍVIDA DE 30 ANOS, SOH PARA DIZEREM QUE MORAM BEM E SEGUIRAM O SOLGAN “SAIA DO ALUGEUL! VOCÊ PODE!”. E PREFEREM FAZER ISSO A INVESTIR O DINHEIRO E FUTURAMENTE TER CONDIÇÃO DE COMPRAR ATEH 2 IMÓVEIS DAQUELE TIPO.
    PURA INSANIDADE!!!
    ABS E PARABÉNS PELO POST

    Responder
  3. Souza

    Mais um, excelnte artigo Hugo, análise bem sensata, parabéns.

    Já viu o preço da coca de 2l num bar ou restaurante? Entre R$6 e R$7 aqui em sampa capital (R$4’50 no supermercado). Pastel de feira, R$3,50 o basicão carne queijo. Cafézinho.ta difiil de encontrar por menos de R$1,50. A inflação tá solta geral.

    E complementando oq o Anderson falou acima, eu conheço gente de todas as classes, incluso A, e o povo parece q não tá mais raciocinando. Comprar a prrazo é 1° opç na compra de qualquer uma das faixas. Para compras de carro e casa, esquece, ninguem compra mais a vista. Nome sujo é comum por aqui.

    Responder
  4. velaepavio

    Fala Hugo parabens pelo post.

    A questao eh a seguinte. IMHO.

    Esta todo mundo com o mico na mao (USD.

    A china tem 3 trilhoes o brasil 250bi e por ai vai. Simplesmente pelo fato do dolar eh a unica moeda que tem liquidez pra ser a reserva mundial. 2/3 do dolar americano existe fora da economia americana pra tornar viavel as transacoes internacionais (finaceiras e fisicas).

    O Fed usa disso uma forma de levantar dinheiro barato e ir empurrando o problema com a barriga (deficit).
    Pra mim eu so olho pra um mercado. US treasuries que esta num bull market de 30 anos. A coisa so vai desandar quando os bond holders disserem ENOUGH is ENOUGH. e isso sera uma quebra no mercado de bonds e um ambiente inflacionario. Acho que aqui short bonds e long commodities eh o play.

    Realmente eh um quebra cabeca em 5D (5 dimensoes).

    Acho que a melhor forma que pude endenter tudo foi a analise do Paul Tudor Jones que coloquei no meu blog. Pra quem tem interesse.

    Na visao dele a enfraquecimento do dolar, principalmente em relacao ao YUAN eh a saida pros EUA e inclusive isto, segundo Jones, eh o caminho mais curto para a prosperidade americana e com isto a China resolve seu problema de depender 40000% em um modelo exportador por tabela.

    Acho que ai o YUAN no longo prazo vira a moeda de reserva a ASIA vira o centro do mundo e os EUA vira uma Inglaterra.

    Outra dica. Compre asia e short Europa e USA.

    Eu so espero que ate la nao tenha uma guerra, mas com certeza a guerra cambial eh inevitavel.

    Mais uma vez parabens.

    Responder
  5. Zé da Roça

    Bom dia doutor!

    Sou um ex estudante de engenharia que começou Economia a pouco tempo e estou muito feliz com a escolha, sempre tive olhos bastante abertos e comecei a acompanhar seu site a pouco tempo e vejo que e muito inteligente mesmo. Belo post este, e estou lendo os outros aos poucos.

    No mais parabéns e continue postando.

    Abraço.

    Responder
  6. Christiano T.

    Boaaa hugo !

    Eai pessoal !

    Muito bom o Post, alguns dias esperando pela atualizaçao do site e o hugo nos presenteia com um assunto que todos se questionam .
    Falo em questao de conhecimento, pois acredito que nois que pelo menos visitamos sites de noticias, acompanhamos sites singulares como Esse, ou outros que ao inves do sensacionalismo pensam apenas em mostrar o lado inteligente e não o CONVENCIONAL, tal lado Convencional que gera o conhecimento da populaçao ( maioria ) e esse eu considero o maior problema, pois essas pessoas que tem o “conhecimento Convencional” estruturado por “fantastico”, novela das 8 ou 9 ( nunca entendi isso ), que acreditam e nao questionam o que o governo faz e simplesmente age com os olhos vendandos, e acredito que partem dessas pessoas o agravamento desse problema.

    E se realmente acontecer o que o Hugo abalisou, o negócio vai ficar complicado, até porque uma saída até agora não foi pensada…

    Responder
  7. Eduardo

    Olá Hugo, descobri agora mesmo teu site, é magnífico. Não sabe o alívio que senti ao ler este texto, já tava começando a achar que eu tava ficando meio doido por achar exatamente o que você pensa, enquanto todos pensam que tá tudo bem, uma “voz que clama no deserto”, ehehehe. Sobre o “dropeamento” do dólar (não sei bem o que significa, mais penso ser sinónimo de “seus serviços não são mais necessários”): Essa crise de dívida soberana é só a pontinha do iceberg, a grécia vai quebrar, depois o resto da europa, o japão ,isso se antes os states alterar a ordem dos fatores. Haverá uma radical reordenação do mundo, à semelhança do pós-guerra, os “desenvolvidos” de hoje darão lugar aos emergentes e, como é óbvio, a moeda principal do mundo irá ser substituída, por quem? Tudo indica que pelo Yuan. Acontece que não é garantido que isso aconteça ou mesmo que os emergentes sigam na senda de desenvolvimento, pois há ainda milhares de problemas seríssimos por resolver por lá, a própria China tarde ou cedo vai ter que enfrentar questões políticas internas como falta de liberdade do povo, talvez golpes de estado, guerras civis etc. Se o prometido futuro risonho dos emergentes transformar-se em verdade, esse processo de correr com o dólar já começou faz algum tempo(Já substituíram o dólar no Mercosul, por exemplo). Eu arrisco dizer que vai demorar alguns anitos, porque, a menos que tenhamos sorte de surgir algum líder iluminado que veja o que está acontecendo (0,000001% de acontecer com um político), a Bananalândia e o resto do mundo continuará abraçado com o dólar durante algum tempo até serem literalmente obrigados pelo mercado a dispensarem-no. Como disse, há alguns sinais, porém muito frágeis para inspirar confiança.

    Responder
    1. Hugo

      Eduardo: o problema é inflação. Não tem nenhum outro problema. E conforme os EUA vão gastando mais e imprimindo mais dinheiro, o dólar despenca, zoando o comércio de todos os países e consequentemente, gerando inflação no mundo todo. E considerando que os EUA quase com certeza vão precisar elevar o teto novamente até as eleições, não sei se o povo dos outros países vai ter paciência em esperar alguns anos enquanto sua moeda é destruída por políticos idiotas chupa bolas de Keynes.

      Vela: http://news.xinhuanet.com/english/2008-11/02/content_10295173.htm Ok, 2049 é um pouco depois de 2025 😛

      O colapso do dólar não tem como ser bom pro país. Uma queda na moeda ajudaria os exportadores e diminuiria o consumo. Só que num caso mais grave, a coisa piora: a infraestrutura dos EUA não está nada legal e com os custos de transporte (gasolina) explodindo (por causa da queda do dólar), seria praticamente impossível competir com a China no curto – médio prazos mesmo que os americanos trabalhassem por salários ridículos. O chinês comeu o pão que o diabo amassou para chegar aonde chegou, se os EUA quiserem voltar a ser #1, vão precisar comer a mesma coisa, que terá um gosto pior, afinal “Vamos construir iPods pros chineses porque não temos dinheiro para comprarmos eles mais”.

      E com QE3 beirando a esquina, como você acha que os EUA serão reserva de valor? Que valor? O valor está nas empresas que tem a tecnologia. Mas tanto as empresas quanto a tecnologia serão compradas por estrangeiros quando os EUA quebrarem… por centavos, de investidores assustados.

      O fed é o dono da maior parte dos treasuries, eu não sei se 3 trilhões ao longo de algum tempo iriam afetar muito a moeda. O problema é o efeito cascata que vier quando ninguém mais quiser o dólar.

      Zé: as dividas dos EUA são absurdas e o jeito de diminui-las seria cortar benefícios para pobres que não trabalham, saúde pra gente que não se cuida e diversos outros programas socialistas imorais que servem para comprar votos de pessoas ignorantes “Olha, o presidente X me deu saúde!”. Tirar as tropas do mundo todo iria economizar uma bolada. Só que quem será o presidente a fazer isso?? Nenhum! Se alguém tirar tudo isso do povo idiota, o povo vai ficar com raiva e não reelegerá a pessoa. Por isso os governos estão empurrando o problema com a barriga, tudo porque caso contrário não serão reeleitos. As coisas só vão melhorar quando todos estiverem no fundo do poço.

      O padrão ouro se refere ao preço do ouro no mercado. 1 dólar valeria tipo 0,1g de ouro pra sempre e os governos não poderiam criar mais dinheiro sem ter mais ouro, o que impede que eles gastem mais do que arrecadam. Os EUA seguiram esse padrão até 1913 e se deram absurdamente bem até lá.

      Vela2: Na época em os EUA estavam no padrão ouro eles cresceram ridiculamente bem, o que prova que “falta de expansão monetária” não atrapalha o crescimento. Apesar de que a quantia de ouro no mundo cresce por volta de 2% ao ano…

      A sociedade usou ouro desde antes de Cristo e só em 1913 começaram a usar dinheiro que não vale nada. Acho que se acostumar seria dois palitos, mesmo porque o dinheiro papel ainda seria o mesmo. A diferença é que em vez de valer nada, você poderia ir no banco e trocar por 0,00001g de ouro ou 0,001g de prata ou sei lá.

      Responder
  8. velaepavio

    Fala Hugo,

    Cara sobre Hard Landing minha opiniao eh que sera HARD LANDING ou NOT ANY LANDING AT ALL. Explico melhor nos posts sobre a A China eh uma bolha e no mais recente TSHTF (The Shit Hit the Fan).

    Welfare state na China. Cara nao me faca rir. Welfare state eh o inicio do colapso das civilizacoes. Eu so acredito nisto quando inventarem caros movidos a unina. Ai sim atingiremos niveis de produtuvidade necessarios pra bancar Welfare State na China.

    Sobre Guerra eu acho que rola caso a briga por recursos acirre. A China eh a que mais ta enrolada em questao de recursos principalmente energia que eh o recurso que mais esta em falta… (agua preta)

    SObre os EUA virar INglaterra (reino unido) eu quis dizer que ele perde o status de imperio e reserva mundial de valor (USD)e mantem um status de “primeiro mundo”, mas concordo que a Inglaterra vai de mal a pior. Alias esta sofrendo por adotar medidas austeras assim como qualquer pais mal acostumado… veja o que acontece na Grecia… e qualquer pais europeu que se fala em cortar gastos… ninguem quer pagar a conta da farra.

    O colapso do dolar ate certo ponto sera BOM para os EUA e bem colocado por vc sobre a re-industrializacao americana. Acredito que outras industria surgirao tipo energia renovavel… so um exemplo…

    Falar em colapso do dolar… olha este noticia do WSJ

    http://online.wsj.com/video/china-on-us-treasurys-no-thanks/1AEC98E1-7F73-4123-9CB1-2A2F95E2A89D.html

    Sera o inicio do FIM?

    Por um lado acho a noticia meio contraditoria. Como a China iria se desfazer dos treasuries se tem 3 trilhoes de dolares no seu cofrinho de porco?

    Responder
  9. Zé da Roça

    Hugo tenho uma pergunta pra te fazer haha,

    Sobre está questão de dropar o dolar, acho que não deve acontecer e que algumas manobras políticas devem ser feitas para contornar a situação, mas e apenas algo que acho mesmo sem me basear em nada.

    Agora quando sua opiniao de voltarem as moedas com reserva em ouro ou o padrão ouro como vc falou , conversei sobre o assunto com um grande professor que tenho , ele me questionou sobre se não seria inviavel isso, ja que a moeda nao corresponderia a real capacidade produtiva do pais ja que muitos paises com moedas fracas tem grandes reservas de ouro no subsolo…..isso nao inviabilizaria o uso do ouro como reserva?

    Um abraço

    Ze da Roça.

    Responder
  10. velaepavio

    Sobre padrao ouro.

    Eu particularmente acho uma boa ideia, apesar de achar que tem limitacos, pois no caso a expansao de credito (dinheiro) so pode ocorrer na medida que tem capacidade produtiva em Ouro o que limitaria o crescimento.

    Mesmo com este entrave acho uma boa ideia.

    Sobre viabilidade eu tambem acho que eh viavel, mas a grande questao eh: Vai acontecer ou nao?

    NAO!

    Isso porque a sociedade ja viciou no papel moeda e ai f..eu

    Eh igual pedir pros brasileiros pararem de tomar guarana com coxinha.

    Eh viavel mas nao da pra implementar por causa do vicio.

    Responder
  11. velaepavio

    Fala Hugo,

    Acho que nao me expliquei bem. Eu nao acredito que tera um dolar colapso.

    Mesmo sabendo de toda historia do deficit, non funded liability (Obama Care and etc). Da taxa de juros ZERO e etc. No debate inflation vs deflation eu sou um deflacionista assumido e isto eh publico no meu blog. Ja escrevi varios artigos da minha posicao e porque pendo mais pra deflacao.

    Quando disse que eh bom para os EUA eu acho que havera uma desvalorizacao do USD mas nao um colapso. Acho que ficara naturalmente fraco, principalmente contra o YUAN que eh onde esta o problema.

    Por isso nao sou gold bug e acho que comprar ouro, principamente no fisico eh dar um tiro no pe. Especular com o cash ou futuro tudo bem pois no dia que um Paul Volcker da vida entrar no Fed a festa acaba e o ouro tera um reversal com teve em 81 e ficou questou de horas no pico de 840 USD a onca e ai colapsed e ficou abaixo de 300 por 25 anos e os caras que compraram no pico ficaram com o “mico” na mao.

    Sobre o padrao ouro ele foi abolido pelos EUA em 1971 (Richard Nixon) ha 40 anos quando Charler De Gaule da Franca requeriu os Dolares na Franca em peso de ouro. Em 1913 foi quando o FED criado, alias no dia do meu aniversario 23 de Dezembro.

    De 1913 a 1971 o padrao ouro foi abondanado em epocas de crise e de Guerra, mas voltou na conferencia de breton woods em 1944.

    Acho que vao fazer alguma coisa o dia que tiver um colapso no mercado de bond e a inflacao nos EUA ir pra mais de 15% ao ano. Ai acho que sera a hora da verdade. Por enquando eles vao empurando com a barriga pois os EUA conseguem emitir divida de 30 anos a 3.75% ao ano.

    No fundo no fundo sou um cara otimista e acredito que havera uma mega mudanca de paradigma no mundo. Terao inovacoes tecnologicas absurdas que aumentara a produtividade em energia, producao e a medicina melhorara absurdamente. Neste contexto as regras do jogo mudarao.

    Eu acredito que a Asia sera o centro do mundo. Nao so a China, mas tudo aqui (me incluo pois estou na Australia). Mas pra isto acontecer tem que ter esta inovacao tecnologica a apreciacao do YUAN. E um novo imperio aparece que um dia tera o colapso inevitavel e os especuladores sagazes farao sempre dinheiro. E parece que vc Hugo esta cantando a bola…. Welfare State que pra mim eh o inicio do colapso das civilizacoes e sera da China se entrar nesta roubada.

    Responder
  12. Hugo

    Vela: opa, já dei uma lida nos seus posts sobre inflação / deflação e acho que posso opinar.

    Com certeza terá deflação nos EUA, pelo menos por um tempo. Viu os preços dos imóveis? Deflação. Preços de serviços de saúde? Quando os planos socialistas quebrarem e o setor privado assumir, pode apostar que terá uma deflação severa, no começo. A mesma coisa vale para a bolha do crédito para a educação, ficará baratinho fazer facul nos EUA.

    Preço de carros, ipods, tudo isso vai cair… e o consumo vai cair… e mesmo assim não vai vender. Deflação na veia, você está certo.

    Mas Vela, antes de sermos inflacionistas, deflacionistas ou o krl a 4, nós somos trend followers. E a tendência indica que quando o consumo dos EUA piorar ainda mais o FED vai querer “estimular” a economia.

    E como ele fará isso? Diminuindo ainda mais os juros? Jogando dinheiro pro público? Bolsa iPad? Cash for 1 year old Computers? Isso não importa. Gringo morre de medo de deflação e por isso vai fazer de tudo para “ajudar”… e aí os gastos vão aumentar e aumentar e aumentar.

    Vai chegar uma hora em que ninguém vai comprar nada, os preços estarão super baixos mas as empresas não terão como diminuir mais sem perder dinheiro. E com o dólar sendo destruído por aqueles que querem estimular a economia, uma hora os preços vão começar a subir e a subir e subir por causa da diluição do valor do dólar.

    Isto é, se a tendência continuar.

    Mas sobre o ouro… eu não gosto do ouro em si pois no Brasil é zoado de comprar e tem ágio.

    Só que você se esqueceu de dizer que quando o Volcker estourou a “bolha” do ouro na década de 80 ao conter a alta inflação da época ele precisou socar os juros perto de quase 20%.

    Agora, naquela época os EUA eram uma potência industrial, o problema de gastos era inexistente e apesar da crise, o país estava muito melhor do que estava hoje.

    Só que hoje, de onde o Bernanke vai tirar o poder de estourar a “bolha” do ouro ao conter a inflação causada pelos gastos usados para conter a deflação e “estimular” a economia? Subindo os juros? Se ele subir os subir como fez o Volcker, a bolha dos treasuries explode em 2 dias pois não existirá a mínima possibilidade dos EUA rolar a dívida com um juros tão alto.

    Ou é default ou é medidas de austeridade fiscal que farão com que os gregos fiquem felizes de morar na Grécia em comparação com os americanos.

    Os EUA estão altamente f*didos.

    Quando a Asia, também acho, centro do mundo. Reserva de valor? Aí não sei. Só sei que estou começando a sonhar com capital gains de 0% em Cingapura e Hong Kong 🙂

    BTW, se a China será um dia welfare state ou não, pra variar, eu também não sei, mas do jeito que todo o mundo tende a pender para o lado socialista da democracia que é corrupta naturalmente porque os políticos precisam mimar a maioria das pessoas com programas para comprar votos sem ninguém perceber, eu não duvido de nada. 😛

    Responder
  13. velaepavio

    Fala Hugo,

    Achei esta sua reposta excelente e concordo com quase tudo.

    Acho que a grande questao eh que a deflacao eh mais forte no momento devido a quantidade absurda de credito.

    Acredito em um cenario Deflacao>>>Inflacao>>>Deflacao>>Inflacao ALTA>> End Game

    Como bem colocado o pessoal morre de medo de deflacao que isto faz lembrar a crise de 29 e os caras querem evitar vide QEI, II e operacao twist

    Dai viu que o mercado deu dois mega rallies Marco09 a Abril10 e Setembro10 a Abril11 que foi exatamente o periodo dos QE I e II. VEja que quando parou a impressao de dinheiro o monstro da deflacao voltou.

    PRa mim o crash de Agosto11 pra mim eh o mercado dizendo: “BERNANKE quanto dinheiro vc eh capaz de imprimir?”

    E ai acho que vale o excelente ponto que colocou que nesta historia toda eh bom ser trend follower. Gosto quando Ed Seykota fala que prefere deixar a explicacao da tendencia pras pessoas inteligentes. Ele arquiva a noticia e segue a tendencia.

    Acho que no momento existem tendencias em varios mercados como Bonds e Commodities pra serem aproveitadas e gosto de ter uma visao Macro so pra tentar ver pra onde olhar.

    Tambem bem colocado a questao do cenario dao final da decada de 70 e inicio dos 80 quando o Volcker assumiu. Como a divida nao era tao grande os juros precisaram ir pra quase 20%, mas hoje como a bolha de credito eh imensa um novo Paul Volcker precisa de aumentar os juros muito menos pra estourar a bolha. Nao sei quanto mas bem menos que 20%.

    Enfim vejo deleveraging como mains stream nos proximos 5 anos e economia se arrastando como tem ocorrido desde 2007. E neste meio tempo pequenos choques deflacionarios seguidos de estimulo ate o dia que o mercado de bonds dizer enough is enough e ai espero inflacao dar uma disparada e isto vai forcar uma mudanca de paradigma como aconteceu no ultimo choque inflacionario significativo no final da decada de 70. Tipo quando o petroleo foi de 8 dolares a 80 estimulou empresas a prospectarem petroleo antes inviavel economicamente o que permitiu um novo ciclo economico de crescimento. Pode ser que isto ocorra novamente e crie carros que andam com muito menos petroleo ou com nenhum…

    Acho que a grande forquilha eh a seguinte

    Ou temos o dolar colapso que acho menos provavel e ai eh o END GAME. Tipo um plano cruzado mundial. Corta 3 zeros e comeca do zero ate ver que isso eh loucura.

    Ou temos uma mudanca de paradigma na producao, tecnologia, engenharia do deficit americano, novo paradigma de relacao YUAN/USD e ai acho que o mercado achara um novo equilibrio.

    No fim acho que o Senhor Mercado eh que manda 🙂

    Pra finalizar mesmo ai vai um quote do Von Mises que li hoje em um livro animal de trade que estou lendo.

    “The wavelike movement affecting the economic system, the recurrence of periods of boom which are followed by periods of
    depression (recession), is the unavoidable outcome of the attempts, repeated again and again, to lower the gross market rate
    of interest by means of credit expansion. There is no means of avoiding the final collapse of a boom expansion brought about
    by credit expansion. The alternative is only whether the crisis should come sooner as the result of a voluntary abandonment of
    further credit expansion, or later as a final and total catastrophe of the currency system involved.” L. V. Mises

    Responder
    1. Hugo

      Vela: Os carros elétricos estão aí… e o governo gringo oferece fortes subsídios para eles. O problema é que ainda assim os preços são altos, a autonomia não é tão sagaz e precisar ficando atrás de uma tomada o tempo todo é um porre. 😛

      Mas Vela, os EUA deixaram de ser uma potência industrial faz muito tempo. E pior, se forem recomeçar agora vão ter que competir com a CHINA!!! Ontem eles só faziam lixo, hoje fazem coisas boas e ruins, amanhã só farão o que há de melhor. E trabalham por muito menos!! Mesmo com um dólar capenga pode ser melhor continuar produzindo na China e outros países.

      O melhor jeito de competir é reduzindo os salários, algo que o governo não vai permitir porque o povão ficará com raiva e o cara que estiver lá vai querer se reeleger. O deficit só vai diminuir se eles aumentarem os impostos ou pararem de gastar. Se aumentarem os impostos o povo pode não reeleger o idiota que estiver lá que se parar de gastar com bagaças socialistas, também não será reeleito porque povão idiota gosta de tudo de graça e não gosta de ter responsabilidade.

      Eu estou com dificuldades em encontrar um cenário no qual os EUA se recuperem e voltem ao que eram antes. Talvez seja porque esse cenário não existe, mas vamos ver, estamos meio no começo ainda, não vimos nada.

      BTW: vlw pelas dicas no Twitter, agora é só uma questão de eu conseguir programar um filtro de MME pelo AFL. Tipo if MME100 cruzar MME20 you can only short, else you can only buy. Buy = x, Short = y. Tem alguma ideia?

      Free-Market: Não é só no Brasil, o cidadão comum do mundo é igualmente retardado. Com algumas exceções como Cingapura (educação financeira nas aulas) as pessoas não dão a mínima para o que acontece no mundo, no país ou até no seu próprio bairro. Eu não vejo problema nisso porque não me importo com gente idiota, todos são livres para serem ignorantes e que assim seja.

      O OWS é 90% jovens desempregados com raiva de não terem emprego e do governo não ser mais socialista com eles em vez dos bancos (estou exagerando, obviamente). 9% hippies idiotas que não sabem merda nenhuma e 1% de gente que logo vai desistir de tentar convencer as pessoas que o capitalismo é bom e que ele deveria voltar a existir nos EUA.

      Sobre política eu não falo nada porque não entendo nada. Mas sei que se a base de tudo é a economia, então a politica e as guerras são sempre apêndices de situações econômicas e por isso, são para pessoas burras e off topic. Se fosse por mim eu diminuiria os impostos de uma maneira absurda. Acabava com o INSS aos pouquinhos, privatizava (para brasileiros apenas) tudo inclusive as escolas. Nada mais de graça, mas tudo super barato.

      Wagner: Obrigado! Mas sobre o post infelizmente eu vou ficar devendo pois não tenho conhecimento o suficiente sobre o assunto.

      Responder
  14. Free-Market

    Não há muita coisa para comentar sobre esse Post, pois está tudo muito bem colocado e explicado!

    Só me resta dizer: parabéns pelo Post!

    É uma pena que no Brasil, as pessoas não se interessam por economia e a única coisa que interessa para quase todos, é se terão aumento salarial!
    Alias, isso não é só no Brasil mas em todo mundo, é só olhar a ridícula manifestação: “Ocupem Wall Street”. Esse movimento deveria se chamar: “Ocupem a Casa Branca” ou “Parem de estimular a economia artificialmente” ou “Livre Mercado Já”.

    Acho que deveria ser obrigatório em todas as escolas do mundo, a leitura e o estudo do livro: Economics in One Lesson(Henry Hazlitt)

    É triste pensar que existem pessoas que acham que o Lula, a Dilma e o Sr. Guido Mantega estão “consertando” o país! O Brasil está crescendo não por causa deles, mas “apesar deles”. O PT é a âncora do país!

    Responder
  15. velaepavio

    Fala Hugo,

    Aqui na Australia tem VARIOS modelos hibridos (T. Prius,H. Insight, L. CT200, H. Civic, L. RX450, H. Camry)

    Eletrico 100% tem o Mievi da Mitisubish, mas eh daquele esquema de leasing que tem que devolver no final. Nao pode ficar com o carro. Eh absurdamente CARO. O mensal acho que eh 1500 dolares por 4 anos. Tipo com isso da pra comprar um Aston Martin no financiamento.

    O unico eletrico 100% disponivel aqui eh o Tesla roadster que custa 250mil dolares, mais caro que um porsche 911. Tem um milhonario aqui em Adelaide que tem. SO pra falar que ele abraca arvore e ao mesmo tempo tem um carro sport.

    Sobre os EUA eu acho que se nao leu ainda leia o analise do Paul Tudor Jones de Outubro de 2010. Ainda valida. Aqui esta o link: http://dealbreaker.com/2010/10/ten-years-ago-paul-tudor-jones-had-an-acute-case-of-plantar-fasciitis/

    Tem um PDF que eh mais completo que nao estou achando agora.

    Nao acho que os EUA voltara a ser a potencia industria que foi de 1945 a 1970, pois nesta epoca nao tinha industria na Europa e na Asia depois da Guerra. Inicio do fim foi a ascencao da Alemanha e Japao e depois em 1994 com a China foi a derrocada americana. Entretanto acho que os EUA pode voltar a criar empregos em algumas industrias caso a relacao USD/RMB fique real e nao manipulada com esta desde 1994. A China tem interesse em desvalorizar e depender menos da exportacao e mais do mercado interno.

    Sobre salarios ja teve uma diminuicao absurda nos EUA com 18 milhoes de desempregados. Fora que o dolar americano estar barato ja eh uma reducao relativa de salario. No brasil no entanto teve um aumento salarial pois o real subiu absurdo desde 2003. O que sustenta a economia e este novo paradigma de salarios altos no Brasil eh o alto preco das commodities que ele exporta.

    Vc acha que as empresas americanas nao estao re contratando com salarios mais baixos? Tipo os EUA estao passando por uma nova etapa e a produtividade esta aumentando e o dolar nao esta tao forte o que tem deixado os produtos americanos mais baratos e competitivos. Eu trabalho no marketing de uma empresa de pneus e monitoro importacao e percedo uma tendencia de aumento de pneus americanos, tipo algo significativo. Fora isso so o mercado interno americano (o melhor do mundo em termos de renda e sofisticacao) justifica ter algumas industrias la.

    Mas o unico problema la eh no momento a divida/deficit que acho que sera sanada com a impressao de dinheiro eh ilusao achar que sera diferente. Eh ilusao achar que politico vai pagar o deficit com austeridade. Eles nao querem perder o proprio emprego. Eles gostam de inflacao pois eles podem taxar inflacao e nao podem taxar deflacao.

    Foi o que o Brasil fez em 1993.Inflacao pre real de 84% ao mes e ai quando comecou o real os caras apertaram o reset button e tudo ficou beleza. Eh que querem fazer nos EUA/Europa. Recomendo ouvir este podcast que explica bem. E ai acho que commodities e ouro eh um play absurdo. Saia de caixa quando acontecer e acumule commodities nos dips como um seguro. http://www.chrismartenson.com/blog/paul-brodsky-seeds-our-destruction-were-and-still-are-sown-bond-markets/64010

    Enfim EUA nao sera o que era antes (imperio). Esta papel vai pra China, mas EUA sempre sera um pais inovador, empreendedor e celeiro de criatividade. Tipo eu ainda quero ir pra NYC passear com meus netos e ainda ser bom pra cacete.

    Sobre Amibroker eu otimizei o angulo da media movel pra as acoes do ASX 200 assim,

    MAangle= (MA(Close,200)- Ref(MA(Close,200),-50))/( ATR(200));

    No rotacional compre as top 5 acoes do indice contanto que o MMA seja > que 4 e 1x por semana rode o scan de novo e rebalanceie o portfolio se o top 5 mudar, i.e. venda as fracas e compre as fortes (princio de trend following)

    O objetivo do sistema eh bater o indice pelo simples principio de momentum. Se comprar as 5 acoes mais fortes de um indice que tem 200 acoes eh logico que vou performar mais que o indice. Eh um principio simple que funciona.

    No short o sistema nao funciona tao bem devido a duracao de bear markets ser mais curto, mas eu uso o filtro pra achar acoes boas pra short no curto/medio prazo.

    Responder
    1. Hugo

      Tem o Leaf da Nissan e outro Renault ou Peugeot sei lá que o Top Gear UK testou na última temporada, parecem ser carros legais mais a falta de autonomia e facilidade em “abastecer” o carro atrapalha demais. Acho que só teremos isso na Europa decentemente em uns 5 anos, no Brasil então, talvez em 2030.

      Vou dar uma lida nesse texto do PTJ.

      BTW, o brasileiro é um bixo burro e altamente passivo. Eu não sei se os americanos, que estão acostumados a ter tudo fácil, vão aceitar uma inflação absurda por muito tempo como aconteceu aqui. E outra, já éramos pobres, apenas ficou pior. Os EUA apesar de estarem quebrados, ainda assim possui um nível de vida muito maior do que o nosso e por isso, a queda será maior.

      Ahh, e é claro, se a inflação continuar, os outros países vão dropar o dólar, o que vai aumentar ainda mais a inflação para eles. Na verdade isso só não aconteceu pois a China depende muito ainda das exportações, ao contrário do Brasil, que depende muito do mercado interno. Porém, como o Brasil depende da China, o jeito é esperar.

      Aqui usando o Amibroker (valeu pela dica, valeu a pena insistir nele) eu consegui usar a tag AND, aí tipo buy = sinal qualquer AND ma(c,valor1) > ma(c,valor2); para o filtro. Funcionou muito bem. Agora só falta testar position sizing e aplicar tudo em cotações de ações mais “ocultas” tipo small e mids que meu sistema fica revisado. O problema agora é encontrar as cotações de todas as ações do IBOVESPA sem que elas estejam corrompidas ou zoadas. 🙁

      De qualquer forna o boost de confiança gerado pelo backtest mais robusto tá sendo grande… ao contrário do que era no Excel…

      Abraço,

      Hugo

      Responder
  16. velaepavio

    Hugo,

    Podemos dizer que em media brasileiro eh mais burro que americano. Vide o grau de escolaridade e isso logico impacta na produtividade brasileira que eh um lixo e infra estrutura eh uma droga. Excecao de Sao Paulo, mas em geral eh uma droga.

    Eh muito mais facil causar inflacao no Brasil do que nos EUA. Isso ja aqui extensivamente debatido. Devido a questao do dolar ser a moeda de reserva mundial. Sobre doprar o dolar acredito que num caso extremos isto ocorre se TODAS as moedades forem dropadas para algo como um quasi gold standard. Acho isto provavel… mas BEM pouco…

    Preciso escrever um post para desenvolver melhor minha ideia.

    Voltando ao assunto de inflacao nos EUA eu acredito que na medida que a inflacao realmente ser aparente as pessoas vao correr para ativos fixos (leia commodities mais provavel e real estate menos provavel) como protecao. Isto pode levar a quebra do FED… e forcarem os caras a apertarem o reset button.

    Eu ja pre pedi na Amazon o livro do James Rickards (Currency Wars) O cara eh muito inteligente e uma assumidade nesta area…

    Responder
  17. Anderson

    Olá Hugo / Vela!

    Desculpem eu me intrometer na conversa de vocês, mas só por curiosidade, vocês estão utilizando qual provedor para alimentar o Amibroker? eSignal?

    Abraço!
    Anderson.

    Responder
    1. Hugo

      Vela: ok, então ficamos no aguardo do post. 🙂

      BTW, brasileiro é retardado, mas nossos juros são os maiores e as coisas são super caras. Todos os manés estão endividados. Mas nos EUA não existe juros, tudo é muito mais barato e ainda assim as pessoas estão endividadas. Ahh, e o ensino público americano nunca foi grande coisa. Logo, considerando SP mesmo, não acho que o nível de burrice não possa ser comparado.

      Anderson: Cara, tô fazendo experimentos aqui pois antes convertia a base metastock Bovespa 7.0 pro amibroker. Mas como as cotações possuem alguns erros e tem apenas uns 30% das ações do índice SMAL, precisei mudar. Mas honestamente não encontrei uma solução ainda. Estou considerando os planos da TradeZone mas não sei se funciona bem pro amibroker e pelo menos até agora, não consegui puxar cotações pelo linux.

      Responder
  18. velaepavio

    Oi Anderson,

    Eu uso o http://www.datahq.com.au/ que tem boa integracao com o Amibroker, mas infelizmente so tem mercado Australiano.

    Se quiser algo mais global eu recomendo o https://www.premiumdata.net/, mas acho que os caras nao tem acoes do IBOV se for o que quer.

    Onde estou comprando dados pra testar futuros e FX.

    O Esignal tambem tem integracao com o Amibroker, mas no momento eu acho a solucao meio cara pra mim. Acho o esignal o mais completo. TEM TUDO. Eu fiz um trial com eles.

    Responder
  19. Anderson

    Vela, Hugo!
    Deixando aqui uma dica pra vocês e para outros leitores que tiverem interesse.

    Atualmente estou usando um software gratuito com um nome um tanto cômico, porém é muito bom, o nome é Ninja Trader. A versão gratuita é muito superior a qualquer software brasileiro. Vocês podem conferir as funções disponíveis no site: http://www.ninjatrader.com/download-free.php

    A versão gratuita já permite todas as funções de análise técnica e gráfica, desenvolvimento e edição de estratégias (programação baseada em C), backtesting com relatórios bem completos de performance, etc…
    Já a versão paga permite enviar ordens direto do software (nenhuma corretora brasileira disponível), tem umas funções especiais para pessoas que negociam forex e futuros, pode escolher a estratégia que o NT faz os trades automáticos nos ativos selecionados, e por aí vai…

    Para as pessoas que tem a versão completa e operam no modo “automático”, é possível até configurar os critérios de position sizing e o NT opera automático.

    Só a versão gratuita já está mais do que ótima para mim, mas quanto aos dados eu só consigo as informações diárias pelo site do Yahoo (http://br.finance.yahoo.com/). Quem opera no intraday tem de pagar outra fonte de dados.
    Eu só fiz backtest nas ações que compõem o IBOVESPA até agora, e ainda estou me familiarizando com a criação de estratégias, mas acho que no Yahoo! tem todas as ações do índice Small Caps também, que o Hugo está procurando. Só não sei desde quando, se vai ter todo o período que você quer.

    Para configurar as ações brasileiras no NT tem vários tutoriais por aí, e é bem fácil. E as cotações do Yahoo não vem corrompidas.
    Se quizer testar com forex ou futuros, a Kinetick (https://www.kinetick.com/purchase) fornece data feed gratuita para o NT, mas também só posições diárias.

    Qualquer dúvida, estou à disposição.
    Abraço!
    Anderson.

    Responder
    1. Hugo

      Oi Anderson,

      Eu já ouvi falar muito bem do Ninja Trader mas honestamente, nunca fui atrás 😛

      Porém, eu resolvi o problema de quotes: eu baixei o Grapher OC da Operação Consultoria e puxei as quotes para metastock. Aí (dica do Paulo Nogueira) me cadastrei no site deles de graça e baixei o resto. Vai desde 1994 e de semana em semana as quotes são ajustadas. Não é o ideal mas para backtest quebra 98% do galho. E como sempre tem margem de erro então tanto faz. As quotes são diárias e tem todas as small caps, pelo menos as do índice SMAL. 🙂

      Quotes EOD tem da Quotebr por 60 reais anuais. Muito barato. Sei que a Tradezone tem livefeed por 1k ano ou 240 diários com delay, não sei de quanto. De qualquer forma como meu hb fica ligado o tempo todo, estou satisfeito com as quotes gratuitas do Grapher OC. Só jogar pro AmiBroker e beleza.

      Abraço,

      Hugo

      Responder
    2. Helcio

      Olá… me deparei com essa possibilidade do ninja trader e gostaria de testá-la e de conversar com alguém que já a utiliza. Se puder me ajudar, agradeço. Helcio

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *