Será Que o Forex é Realmente Perigoso? [Podcast Com Marcello Vieira]

Olá Pessoas,

Hoje é dia de novidades!

Eu tenho algo diferente num formato diferente.

Uma coisa conhecida por “entrevista” ou “podcast”, se preferir.

Nessa primeira edição vamos conversar com o Marcello Vieira para saber se o mercado forex é realmente o mercado mais perigoso da história da existência do universo ou… se não é.

Foi um bate papo bastante interessante e cheio de insights, acho que você vai curtir. 😉

Enfim, aqui está o bem dito!

(Para download, clique com o botão direito aqui e em “Salvar como…”)

Pra ouvir o áudio…

Bem, existe um botão play…

Quem deduzir o resto ganha um “Yey”!

😉

E para quem ainda prefere as boas e velhas palavras, você encontra a transcrição abaixo.

Divirta-se e não deixe de dar a sua opinião nos comentários!

Ahh sim, outra coisa…

Alguns links são relevantes à entrevista…

E para variar, você também encontra esses links abaixo…

🙂

Webinário de 2017 (Forex e Robôs): Forex

Transcrição da Entrevista

Olá terráqueos,

Bem vindos à primeira edição do podcast Senhor Mercado e hoje o assunto é forex e nós vamos começar com uma discussão bastante interessante que é baseada na seguinte ideia:

O mercado forex é realmente o mercado mais perigoso da história da existência do universo ou não?

Eu costumava acreditar que sim mas talvez eu mude de ideia, e quem está aqui para jogar-nos para um dos lados do muro em relação ao mercado é o Marcello Duarte Vieira que foi um dos especialistas sobre o mercado forex que deu a sua palestra na edição do CONATRADER agora em abril.

A primeira pergunta pro Marcello é a seguinte:

O mercado forex é conhecido por destruir os sonhos de uma parcela massiva de inicintes por causa da alavancagem e porque eles jogam as suas economias em corretoras de baixíssima qualidade em paraisos fiscais e em outros países que nunca ninguém ouviu falar o nome que moram 10 pessoas e 10 delas estão envolvidas com um mercado estranho. O que você tem para defender o seu mercado?

Olá Hugo, primeiramente eu gostaria de te agradecer pelo convite para estar falando pro blog do Senhor Mercado e todo o público que te acompanha há tempo sobre investimentos e tudo mais.

Então, o mercado forex como você falou bem é muito mal visto e isso tem muitas razões e algumas delas foram as que você citou. Quais são os principais motivos que fazem o mercado forex ter, digamos assim, essa má fama no brasil?

A primeira coisa é realmente que o forex é um mercado interbancário e não é um mercado centralizado como o mercado de bolsa onde todas as ordens de todo o book de ofertas de compra e de venda são todas centralizadas no mesmo local. O mercado de forex é um mercado interbancário, então quem fornece a liquidez e faz todas as negociações são os bancos, todos os grades bancos como o Citybank, HSBC, Deutschebank entre outros.

Então não há um mercado centralizado e isso faz com que ajam corretores de forex em países sérios e bem regulamentados como no Reino Unido, é a Inglaterra ou nos Estados Unidos, Austrália , Japão, Alemanha e por aí vai e que também surjam corretores de forex como você falou numa ilha lá que tem 15 habitantes e não tem regulamentação nenhuma e uma empresinha vai lá e muitas vezes ela nem coloca a ordem no mercado de verdade, ela só finge estar no mercado.

Isso faz com que muitos iniciantes sem saber exatamente como investir vão lá e colocam o dinheiro numa corretora dessas e nunca mais vêem o dinheiro, se ela não perder operando, quando ela for tentar sacar o dinheiro, não vai conseguir. Esse é o primeiro motivo que faz com que o forex tenha essa reputação.

O segundo motivo é que,  independente de você estar em um mercado bem regulamentado, sério ou não, é o fato de ter muita alavancagem realmente. Você pode alavancar muito. Isso quer dizer que quando você ganha, você ganha muito mais e quando você perde, você pode perder muito mais. É claro que a alavancagem não é obrigatória, ela é opcional. Então muitos iniciantes quando vão começar no mercado de forex começam cometendo o erro de alavancar demais, querer ganhar muito dinheiro muito rápido e aí quando as ordens não dão certo, as operações não dão certo, o mercado vem contra as suas operações você acaba perdendo todo o dinheiro rapidamente.

Isso faz com que o mercado acabe… “ahh, botei dinheiro no forex e não conseguir sacar!”, “ah, investi e perdi tudo!”… mas na verdade Hugo, o forex intrinsecamente não é bom e nem ruim. Isso é o que eu falo, eu dou o exemplo que é como a faca, você pode usar a faca para passar manteiga no pão ou você pode usar a faca para esfaquear e matar alguém.

Tudo depende de como você usa, então você pode usar a alavancagem para simplesmente… desde você procurar uma rentabilidade de 1%, 2% ao mês, você buscar 3% ou 4% ao mês. Você pode usar… você vai investir em forex, você pode usar uma corretora num paraíso fiscal que ninguém conhece ou você pode simplesmente botar num mercado, numa corretora em Londres ou Nova Iorque, bem regulamentada com fundo garantidor de crédito, com toda a segurança necessária para se investir nesse mercado.

Então tudo acaba sendo uma questão de como fazer, mas esses são os motivos pelos quais o mercado forex acaba sendo visto como muito perigoso.

Fundo garantidor de crédito é exatamente o quê parece, aquilo que a gente tem na Bovespa hoje… se a corretora explode e você tem um capital lá, você está seguro até R$60 mil ou algo assim?

É, o fundo garantidor de crédito funciona da mesma forma como funciona aqui no Brasil. Se chama… no principal local que eu costumo investir que é em Londres na Inglaterra, se chama FCSC, que é uma sigla que quer dizer mais ou menos isso.

Então como que funciona? Cada, independente de a corretora, como você falou, explodir e sumir, você tem garantido 50 mil libras por CPF por corretora. Então o que eu recomendo para as pessoas? Hoje aí 50 mil libras dá quase 200 mil reais…

Nossa, coitada da Bovespa, não dá nem pra competir (aqui é de apenas 60 mil reais)…

…É, e aí por exemplo se você tem 600 mil reais para investir em forex, o que eu recomendo a pessoa fazer? Abre conta em 3 corretoras diferentes, regulamentadas. Você vai ter todo o seu capital coberto, em último caso. Assim, eu acompanho o mercado forex desde 2007 e eu nunca vi uma corretora em Londres quebrar mas se está coberto, sendo precavido nunca é demais. Então eu recomendo fortemente que as pessoas sigam essa orientação para poderem dormir tranquilas independentemente de a corretora ter problemas ou não, você está tranquilo, você está coberto.

Ah, então um país sério como a Inglaterra, um banco sério com um fundo garantidor de crédito… essa é uma das coisas que você simplesmente não tende a saber porque as corretoras de forex não anunciam “Ahh, nós estamos em um país muito sério com um fundo garantidor de crédito!”…não, elas falam “Você pode ganhar 100% ao dia” ou alguma coisa ridícula assim e aí você não leva a sério, você faz propaganda dos pontos negativos e não dos pontos positivos.

Tá, legal, é interessante esse negócio de corretoras na Inglaterra, mas e em relação aos outros países? Você tem algum motivo especial pelo qual escolheu a Inglaterra? Porque não Cingapura ou Hong Kong ou Suíça?

O principal motivo é o fundo garantidor de crédito… são dois motivos, primeiro é que é o fundo garantidor de crédito que mais cobre. Por exemplo, você pode pegar países como a Dinamarca entre outros países. A maioria dos países da zona do euro, o fundo garantidor de crédito é de 20 mil euros por CPF por corretora. Se eu não me engano, na Suíça é esse mesmo… eu não tenho certeza agora de cabeça porque eu não invisto na Suíça mas é um mercado bem regulamentado também.

Também, a Inglaterra tem por fama ter 32%, quase 5 trilhões de dólares que são negociados no forex, são em Londres. Então realmente Londres é o maior centro financeiro do mundo e provavelmente por esse fator ele é conhecido como o mercado mais rigoroso com as corretoras.

Para ter uma noção, alguns meses atrás eu recebi um e-mail de uma corretora que eu tenho conta que eles estavam depositando 1,34 dólares na minha conta porque numa operação que eu fiz em 2008 eles fizeram uma auditoria e eles acharam que a corretora demorou para executar a ordem e isso fez com que eu entrasse na operação, digamos assim, 1,34 dólares atrasado. Então ele achou que eu fui prejudicado e mandou que a corretora depositasse esse dinheiro pra mim. Então para você ver o grau de fiscalização lá é realmente muito forte e isso faz com que a gente invista com bastante tranquilidade.

Pô cara, acho que no Brasil eles iriam tirar dinheiro com alguma justificativa bem tosca… ow, legal isso. Tá, legal, então se a ferramenta é boa, então se a culpa não é exatamente do forex, você só precisa tomar atenção para escolher uma corretora decente, de preferência em Londres…

Mas é como você falou, é a questão da faca, você pode usar a faca para passar manteiga, pode matar alguém ou pode cortar o seu próprio pescoço, que é o que muita, muita gente faz com o forex com alavancagem ridícula, e aí entram os educadores de forex, como você.

E aí que você já defendeu o mercado forex, como você vai se defender perante aos problemas da alavancagem dos pequenos iniciantes. Como você faz para evitar que eles explodam?

Só tem uma solução, que é conhecimento. A única coisa, a melhor coisa que você pode fazer é ter conhecimento porque o mercado está ali, ele oferece a alavancagem e sempre vai continuar oferecendo, então só pode partir da pessoa usar ela com inteligência e de forma bem moderada.

Isso que eu ensino simplesmente não é difícil de explicar porque que se você usar muita alavancagem você vai perder, porque ninguém tem um método que ganha sempre. Você pode ter métodos vencedores, tem diversos por aí mas eles têm momentos de perda. Se você alavancar muito, nos momentos em que o seu método não estiver indo bem, você vai perder todo o seu dinheiro. Não tem como porque quando você perde, você perde muito porque você usou muita alavancagem. Então você não tem chance. Você não tem chance se você alavancar demais. Você pode ganhar 100% em um dia, você pode ganhar 500% em um mês, pode ganhar 1000% em um dia, você pode fazer tudo isso mas logo logo você vai quebrar e você vai perder tudo. Então simplesmente, isso não tem futuro.

A solução é realmente usar, fingir que você está digamos, no mercado sem alavancagem, começar assim e depois começar devagarinho alavancar de leve porque aí você consegue duplicar ou triplicar a sua rentabilidade sem envolver um risco demasiado. Envolvendo algum risco, claro, sempre tem na renda variável mas sem ser um risco demasiado. Então essa é a melhor forma realmente de controlar o risco.

E o resto envolve realmente aprender a operar. Se você tem um método perdedor ou você não sabe investir e investe de uma forma totalmente aleatória, a chance de você perder é enorme e mesmo que você não use alavancagem você vai perder dinheiro. Então tem esse fator que é muito importante também.

Agora para esse povo que está ouvindo esse arquivo…

“Ahh, nossa, o Hugo mandou e-mail, o que será que vai ser? Espero que seja uma análise sobre penguins traders ou alguma coisa assim…” e não, vem alguma coisa de forex… “Pô, como assim, forex? Ele nunca fala de forex!” e ele pensa, “Pô, legal, forex é interessante, não é tão perigoso quanto eu achava e se eu colocar todo o meu dinheiro na Inglaterra, a chance de acontecer alguma catástrofe é basicamente limitada à minha própria burrice.”

E com essa burrice você está condenado então você precisa acabar com ela com conhecimento… então, como exatamente… o que você diria para essas pessoas para começar com esse conhecimento?

Eu acho que a primeira coisa é entender o mercado. Entender o mercado tanto em relação a alavancagem, aos lotes que se utilizam que a gente chama de um lote, meio lote enfim, que é a quantidade de quanto vai valer a sua ordem, ou seja, a sua alavancagem e você também entender que forex não é ações, que é o mercado que a maioria das pessoas estão habituadas.

Por exemplo, uma ação de uma boa empresa pode estar, 10, 20, 30, 40 anos subindo. O forex não vai subir para sempre porque são moedas correlacionadas com moedas então a gente pega por exemplo o dólar aqui no Brasil, que seria o par USD/BRL, o dólar está a R$2,20, vai a RS2,50, volta a R$1,80, já chegou a R$4,00, foi a R$1,00 mas ele não sai desse intervalo. Ele vai e volta, vai e volta, vai e volta. Tem tendências de baixa e de alta nesse meio tempo mas ele não sobe para sempre, diferente de um índice ou de ações de boas empresas.

Então isso muda completamente a forma de operar. Você ou vai capturar tendências de alta nesse meio período ou vai capturar tendências de baixa ou vai tentar operar contra a tendência em momentos em que o mercado está lateral, enfim, você vai traçar estratégias específicas pro mercado de forex que é um mercado bem diferente.

É um mercado 24 horas, ele não para, só fecha no final de semana. Então ele tem uma série de características próprias onde você tem que usar estratégias próprias para esse mercado. Não que não existe nenhum tipo de método, principalmente de análise técnica, claro que alguns funcionam para ações e funcionam para forex também mas boa parte deles não vai funcionar, então quando você for investir em forex você tem que desenvolver ou aprender um método que seja realmente compatível com esse mercado.

Interessante, você costuma operar seguindo a tendência, contra, você usa um sistema com backtests, como você prefere fazer?

Eu tenho diversas estratégias atualmente. A que eu mais gosto é realmente, são as estratégias que seguem tendências aí de curto e médio prazo, digamos assim. Então é realmente analisar o gráfico, ver que começou uma tendência de alta, se posicionar com um stop loss sempre e tentar acompanhar o máximo que a tendência continuar, tentar realmente captar a tendência toda, não só subir um pouco, no caso de uma ordem de compra, captar um pouco de lucro e já fechar a ordem. Não, tentar realmente captar o movimento todo para você ter aí um grande lucro numa operação.

Lembrando que no forex você pode operar ou na compra ou na venda da mesma forma. Você opera na parte vendida com toda a facilidade, a mesma facilidade da compra. Então realmente se a tendência é de alta ou de baixa não faz a menor diferença, você não fica torcendo pro mercado subir, você só fica torcendo para ele ou cair ou subir…

Você torce pela definição (trendabilidade), né?

É, pela definição, para ele não ficar muito, digamos assim, errático entra sobe e desce sem uma tendência definida…

Como a bolsa está agora (primeira metade de 2014), né?

É, exatamente, você torce para ele pegar um caminho e ir embora para você “surfar” junto com ele.

Lembrando que o forex tem uma grande vantagem, algumas grandes vantagens, todo mercado tem as suas vantagens e desvantagens, mas ele tem algumas vantagens sobre o que a gente vê em relação a bolsa, principalmente aqui no Brasil que é o fato das plataformas que as corretoras oferecem, além de serem gratuitas com cotações em tempo real e tudo, elas permitem facilmente que você instale robôs nela, ou seja, programas que operam automaticamente.

Então você tem como configurar uma estratégia em um robô e fazer com que esse robô execute a sua estratégia automaticamente. Então é isso o que eu tenho feito muito recentemente, eu pego uma estratégia, desenvolvo ela, faço um backtest longo no passado para ver realmente boa, consistente, como eu posso melhorar a estratégia e coloco ela para rodar na conta automaticamente com o robô. Isso faz com que eu não precise ficar acompanhando o mercado, mas principalmente que a gente sabe que a parte mais difícil de se operar é a parte psicológica, então o robô também elimina essa parte que realmente atrapalha bastante.

É, eu também sou totalmente a favor de robôs quando eles são bem programados e (os backtests) são baseados em dados de longo prazo que consideram uma amostra grande porque tem muita gente que pega, sei lá, 10 trades e aí ele “Ah, consegui 80% no mês!”, aí eles criam um sistema, programam o robô errado, aí…

Nossa, nada funciona e o cara vem reclamar que a estratégia é tosca e que…

Nossa…

É, eu vejo muita gente fazendo backtests… “Ahh, nos últimos 3 meses deu tantos %!”, 3 meses não é nada. Mínimo mínimo 5 anos. Bom é na faixa de 10, 13, 15 anos de backtests pra você ver realmente a consistência da estratégia.

Não, claro, com certeza, qualquer coisa abaixo de 10 anos você costuma pegar, por exemplo… você pega a Bovespa, é um bom exemplo, você pega… nós tivemos uma década toda de alta praticamente, aí de queda e mercado lateral, ou seja, são 3 mercados. É uma boa amostra para ter um sistema. Mas tem gente que pega por exemplo, de 2006 até 2009 (pior que 2008 foi bom para trend-followers apesar das explosões), você só vai pegar mercado altista e seu sistema vai quebrar (no futuro) em qualquer coisinha e tem gente que não entende isso, mas…

Vamos falar um pouco de você agora…

Porque forex? Como é que você chegou, e você começou, você estava em casa um dia assistindo Faustão e aí você pensou… “Ahh, sei lá, vou operar forex!”, como foi?

Na verdade eu conheci o forex em 2007, eu já operando e investindo na bolsa em ações e aí na internet eu acabei provavelmente vendo alguma propaganda, eu não lembro assim o momento exato mas foi na internet, eu vi alguma propaganda ou alguma coisa, acabei clicando e aí pesquisando e começando a ver como funcionava esse mercado.

Minha primeira experiência não foi muito boa porque eu não sabia como fazer. Eu peguei uma dessas corretoras aí num paraíso fiscal, depositei, se não me engano, na época foi mil dólares e aí comecei a operar, achei aquilo meio esquisito. Depois que eu fui começar a pesquisar esse problema com corretoras e tal eu vi que eu não estava em uma boa corretora e aí eu solicitei o saque e o dinheiro não vinha, eu fiquei enchendo o saco deles, eles tinham um atendente, digamos assim, aqui no Brasil. Depois de um mês mais ou menos enchendo o saco do cara eles me mandaram o dinheiro de volta, eu consegui recuperar o dinheiro e aí eu comecei a estudar e pesquisar sobre toda essa questão de regulamentação e tudo mais.

Eu abri a primeira conta, na época, em Nova Iorque e aí comecei realmente a operar, comecei por conta própria igual eu operava em ações e depois fui, enfim, aprendendo, otimizando e depois comecei a operar com robô e assim por diante. Foi assim que começou, assim que eu descobri o forex.

Bacana, então foi… uma história típica, você começa se f*dendo, né?

Exatamente, é a tendência da maioria porque você… aqui no Brasil, por exemplo, não existe essa questão de… “Ah, qual corretora é séria?”, todas são regulamentadas pela CVM e são sérias porque há uma regulamentação. Se em algum momento elas deixarem de ser sérias, elas vão ser punidas, então eles são sérios na marra. Eles podem não ser tão bem intencionados, mas pelo menos eles têm que cumprir as regras por uma questão de  regulamentação.

É a mesma coisa no mercado de forex, só que no mercado de forex… com têm vários países porque não é um mercado centralizado, você tem que tomar cuidado para acabar escolhendo o país certo, já que bolsa, independente de qual corretora você operar, você vai operar exatamente o mesmo mercado, com o mesmo book de ofertas e no mercado de forex não, cada corretora tem os seus bancos que provê a liquidez e realmente, isso vai ser diferente.

E só uma coisa que eu acho que vale a pena também comentar é… muita gente pergunta: “Porque não tem forex no Brasil”?

Pô, era o que eu ia perguntar cara hehe…

Porque não tem forex, corretora de forex no Brasil.

Isso acontece basicamente… provavelmente por dois principais motivos.

Um deles é o provável interesse político, aí seria uma falta de interesse político, principalmente porque seria um concorrente muito forte para a BM&F Bovespa, que é provavelmente uma instituição que tem muita influência dentro da CVM, dentro do governo. Eles provavelmente não têm interesse que o mercado de forex entre no Brasil porque realmente… se a gente sabe que tem aí muitas e muitas corretoras de bolsa ali suando para pagar as contas com algumas no vermelho, se entra um concorrente forte assim, realmente ia ficar ainda mais difícil para eles.

Tudo bem que muitas corretoras que oferecem bolsa também iriam oferecer forex mas… só para poder oferecer esse mercado, conseguir um banco que tenha liquidez, você precisa de alguns milhões de dólares, então também não seria toda corretora que conseguiria oferecer esse mercado. Provavelmente ficaria só entre as maiores.

Então tem essa questão do interesse político e provavelmente questão de legislação também, porque… por exemplo, no Brasil você não pode ter moeda estrangeira em conta em banco, por exemplo, você não pode ter uma conta em dólar, uma conta em euro, uma conta em libra e você precisa disso pra… quando você vai abrir uma conta, seja em Londres, seja em Nova Iorque, na Austrália, em qualquer país, você escolhe. Você quer sua conta em dólar, em euro, em libra, em franco suíço, em yen japonês, você escolhe. No Brasil teria de haver uma mudança na legislação atual para poder comportar isso.

Então acredito que são os dois fatores que fazem com que ainda não se tenha forex no Brasil. Claro que a tendência é ter porque… enfim, todos os países envolvidos têm. A maioria dos países na América Latina como Peru, Uruguai e Chile já têm esse mercado regulamentado dentro do país e já existem as corretoras, já existe tudo. Só faltam realmente países como o Brasil, Argentina, Venezuela, Cuba…

Coréia do Norte…

…Coréia do Norte para liberar, então é uma tendência mundial, já liberou praticamente no mundo todo e faltam alguns poucos países como o Brasil e isso uma hora vai acabar acontecendo.

Tá, então em outras palavras, o forex não é o mercado mais perigoso da história da existência do universo. Este papel fica provavelmente reservado às opções binárias, que nem é um mercado de verdade… mas isso vai ficar para um outro dia.

Então Marcello, fale um pouco mais sobre o Marcello, quem é você?

Na verdade eu não vim… digamos do mercado, em termos profissionais, eu sou médico, atuo na área de dermatologia e… enfim, eu comecei a investir como todo mundo quer começar a investir. Pra você ganhar um dinheiro, você começa a investir para um dia você conquistar a sua independência financeira e poder viver do rendimento do seu capital e tudo mais. Então esse foi o meu objetivo inicial.

E aí eu comecei da forma que a maioria das pessoas começa, eu fui para o banco e falei com o meu gerente que eu queria investir na bolsa e ele me recomendou que eu fosse para o caixa eletrônico e fizesse uma salada entre os fundos de ações e foi assim que eu comecei a investir. E aí… isso foi ali em 2005, 2006, na época a bolsa estava em forte alta e então eu comecei a ganhar bastante dinheiro na época e achei aquilo o máximo e falei… “Pronto, me encontrei!”, era tudo o que eu precisava para ficar rico.

Aí comecei a me interessar, isso eu ainda estava na faculdade, eu investia com o dinheiro que eu ganhava numa bolsa lá. Aí depois em 2007, já formado, eu fui morar no Rio de Janeiro, fazer pós-graduação e aí lá… enfim, hoje tem muito curso online, na época praticamente não tinha. Aí em 2007 lá no Rio de Janeiro eu tive a oportunidade de fazer diversos cursos e aí eu comecei… enfim, aprendi análise técnica, aprendi sobre como se monta uma carteira de ações, aí comecei a montar carteira tanto quanto fazer trades e foi aí que veio aquela paixão pelo mercado, aquela vontade de aprender, aprender e aprender mais.

Então eu sempre fui investindo como um investidor comum, pessoa física eu fui investindo e investindo e sempre gostando mais, aprendendo, estudando. Isso durou aí, vários anos e em 2007 ou 2008… 2008 eu comecei com um clube de investimentos onde eu administro o meu capital mais o capital de familiares e alguns amigos próximos…

Legal, você não teve problemas com isso?

…não porque ele não é um clube… eu não cobro, não é um clube com fins lucrativos…

Ahh, então não teve pressão de familiar e essas coisas?

…não não, foi exatamente… “Olha, eu tô investindo assim, tem a vantagem fiscal do imposto de renda, que você só paga no dia em que resgatar o dinheiro.” e aí o pessoal achou interessante, começou a investir também, então eu nunca tive problema em relação a isso aí. Eu tenho o clube até hoje, fazem uns bons anos.

Então em 2007 eu também conheci o mercado de forex até que mais para frente, mais ou menos em 2012 eu pensei… enfim, eu já tava bem empolgado com aquilo, já tava investindo há um bom tempo com uma boa experiência no mercado e eu pensei… “Porque não ensinar para as pessoas?”, já que todo mundo que eu mostrava, seja familiares ou amigos eles achavam aquilo o máximo. Eu comecei a ensinar para eles e eles começaram a fazer também. Aquilo começou a funcionar para eles também. E aí eu pensei… “Porque não levar isso para uma coisa mais ampla e trazer isso como uma mensagem, como um curso?” E foi aí então que surgiu O Investidor de Sucesso, que é a minha empresa onde eu faço cursos de investimentos.

Então daí que surgiu essa coisa de eu entrar no mercado em termos profissionais digamos assim, como um educador financeiro, como um palestrante. Isso aconteceu realmente… O Investidor de Sucesso, eu comecei a bolar ele mais ou menos lá por 2012, aí foi amadurecendo e amadurecendo até que em dezembro do ano passado foi quando eu lancei ele realmente no formato que ele é hoje e graças a Deus tem feito bastante sucesso e os cursos… um dos cursos, o que a gente está debatendo hoje, sobre o forex, tem sido realmente um grande sucesso, tem tido um feedback muito bom dos alunos.

Enfim, eu fico muito feliz de poder trazer essa mensagem de que você… o importante não é o investimento em si, é a forma como você investe, independente de qual for o mercado e estar ajudando, digamos assim, a limpar a barra, o nome do mercado de forex no Brasil e ensinar as pessoas a investir de uma maneira  eficiente.

O meu objetivo dentro do O Investidor de Sucesso é sempre ensinar as pessoas a conquistar a independência financeira, então como as pessoas fazem o planejamento financeiro, façam de preferência um investimento mensal… se elas já tiverem um capital inicial, elas logicamente podem usar, devem usar, mas sempre com o intuito de depois de 5, 10, 15, 20, 30 anos, vai depender do planejamento de cada um, obter um bom montante de capital, aí vai depender de quanto cada um investe e quer para viver… mas você realmente poder ter um capital onde você vai conquistar a independência financeira, você vai poder viver só do rendimento desse capital sem precisar trabalhar, só sabendo investir.

Então essa é a minha mensagem, o que eu procuro ensinar para as pessoas é independente de qual tipo de investimento ela vai fazer, seja forex, ações, renda fixa, fundo imobiliário, enfim… independente do tipo de investimento você investir sempre com o intuito final, não sempre preocupado com o quanto você vai ganhar, a sua rentabilidade nesse mês ou nos próximos 15 dias.

Sim, algo sempre para o longo prazo, né?

É, exatamente.

Mas, como todo mundo sabe, os mercados são diferentes como você mesmo mencionou, então pensando nisso, você acredita que o mercado forex possui alguma vantagem na conquista da independência financeira sobre outros mercados como o de ações ou de opções comuns ou até futuros?

Eu acho que sim, eu acho que tem algumas vantagens. Embora eu não acredite que aja um mercado perfeito, que ele é melhor em tudo, em todos os sentidos do que os outros. Eu gosto de diversificar, eu não invisto só em forex mas eu acho que o forex tem algumas vantagens grandes.

A alavancagem, que também tem aí no mercado futuro, essa não é uma exclusividade do forex, que é realmente… se você tem um sistema operacional, um setup, enfim, uma estratégia de trading e você… digamos que você faz um estudo de 10 anos e a média mensal é de 2% com um drawdown máximo de sei lá, digamos 7%. Drawdown para quem não conhece, não sabe o que é, é o valor máximo que a sua conta cai em porcentagem, por exemplo, você tem R$100 mil e o valor mínimo que ela chegou foi de R$93 mil e hoje digamos que você está com R$120 mil, o máximo que ela caiu foi de R$100 para R$93, ou seja, 7%. Então isso é o drawdown.

Então digamos que você tem uma estratégia que dá 2% ao mês em média com um drawdown máximo de 7%. Se você simplesmente duplicar a alavancagem, você vai fazer em média 4% ao mês com 14% de drawdown, que também é um drawdown aceitável. Se você tem também mais apetite ao risco, você pode fazer isso vezes 3. Então essa é uma vantagem muito grande que você não tem no mercado de ações.

Você pode fazer outra coisa que eu recomendo ainda mais que é, por exemplo, desde você pegar e fazer essa estratégia que eu dei o exemplo e multiplicar a alavancagem por 3 dela, você roda 3 estratégias diferentes porque você vai estar diluindo o risco. Porque um período que uma estratégia não for bem, a outra pode esta indo bem para compensar.

Sim, mas esses valores são mensais, se você por exemplo pegar um drawdown de 7% num mês e você der, sei lá, “azar” e no próximo mês você pegar mais 7% e mais 7%, você já pega um drawdown típico de um sistema de bolsa que não costuma passar de 30% pelo sistema, então como isso seria no geral?

Assim, quando eu falo 7% de drawdown eu falo, por exemplo, num período de 10 anos e não só por mês…

Ahh tah (eu me confundi aqui :P)…

…num período longo, entendeu? 7% eu estou dando um exemplo, tem sistema com 10%, com 15%, vai depender de cada sistema…

Altos atropelamentos dos dois aqui…

…o que eu quero dizer é o seguinte, é um sistema de curto prazo que faz operações, sei lá… de swing trade, operações que duram algumas horas, alguns dias e deu ao longo dos anos um drawdown máximo de 7%. Então você pode fazer isso vezes 3, por exemplo, como eu falei ou pegar 3 estratégias diferentes que vão… uma vai dar uma rentabilidade um pouco melhor, o drawdown de outra vai ser um pouco maior, um pouco menor mas você rodar 3 estratégias ao mesmo tempo e por causa da alavancagem não é como na bolsa.

Por exemplo, você tem 3 estratégias boas e R$100 mil de capital, R$10 mil ou R$1000, pode ser qualquer valor, eu estou pegando R$100 mil só para ficar um número redondo e você coloca R$50 mil na operação, agora deu uma entrada na segunda estratégia e você bota mais R$50 mil, se a terceira der entrada também você não tem mais dinheiro, então você perde essa entrada porque não tem o capital. No mercado de forex, como é conta margem, assim como no mercado futuro mas o mercado forex oferece ainda mais alavancagem, você pode usar as 3 ao mesmo tempo, então você não perde nenhuma delas, nenhuma entrada.

Então você pode juntar, é o que eu acho ideal, desde pegar uma única estratégia e alavancar 3 ou 4 vezes nela, é melhor você pegar 3 ou 4 estratégias e usar a alavancagem normal em cada uma delas. Porque… por mais que você tenha um sistema que, por exemplo, que nos últimos 10 anos foi muito bem, você nunca tem como ter certeza absoluta… você tem uma grande probabilidade de continuar indo bem, mas você não tem como ter 100% de certeza e também, ela pode passar por um período sem ganhos longo, por exemplo 1 ano e meio sem ganhar nada ou até no negativo, para depois ter 2 ou 3 anos muito bons e oferecer um grande lucro na média geral. Mas ela vai ter momentos ruins, digamos assim, então quando você junta isso, por exemplo, em 4 estratégias diferentes, você tende a ter, no geral, uma curva de crescimento de capital muito mais estável porque, de repente, de 4 estratégias, 3 estão indo bem e 1 não está no momento. Em outro momento duas estão bem e outras duas não estão e assim vai. Então você equilibra…

Você basicamente faz um edge, né?

…Exatamente, você equilibra isso aí e ao mesmo tempo alavanca o resultado porque como você não precisa do dinheiro porque é conta margem, você está alavancando porque você teoricamente, digamos, só teria dinheiro para operar em 2 estratégias mas você usa em 4.

Então você está alavancando, mas você está alavancando de forma bem moderada, de uma forma que você pode duplicar, triplicar a sua rentabilidade sem aumentar significantemente o seu drawdown, que é o risco, o risco é o drawdown, que é o máximo que você pode perder (em um sistema). Então você consegue fazer isso de uma forma muito eficiente, então essa é talvez a melhor de todas, a vantagem que eu vejo no forex.

Outra vantagem é realmente a facilidade operacional nas plataformas, na plataforma Metatrader que é uma plataforma…

São gratuitas e com dados em tempo real…

Gratuitas, dados em tempo real, são excelentes, a execução, simples de usar, tem em português e a facilidade em você programar um robô para essa plataforma e a estabilidade que ela tem para executar essas ordens.

Então, ou seja… hoje no Brasil, é difícil… não tem uma plataforma boa que você simplesmente configura um robô e ela funciona bem, estável, que execute as ordens certinho e tudo mais. Claro que é tudo vai evoluir lá fora… isso para a bolsa já está… não é tanto mais só uma vantagem do forex, enfim, bolsa e futuros tem até o Metatrader, está chegando no Brasil pra bolsa.

Então, mas tem tempo ainda até se estabilizar e ser uma coisa realmente “Ohhh, que bacana!”…

É, exatamente…

…as plataformas de ações no Brasil são ridiculamente caras e limitadas ainda.

Exatamente, então essa é uma vantagem que hoje é muito grande mas eu acredito que em 5 ou 10 anos vai praticamente igualar. A diferença maior no futuro realmente vai ser continuar tendo essa alavancagem e o fato de você puder usar várias estratégias.

Eu gosto muito do fato do mercado ser 24 horas, não ter tanto esse problema do gap porque… enfim, é 24 horas então se no meio da noite ocorrer algum movimento, você vai ser stopado, vai bater no seu target normalmente. E também ele te possibilita um maior número de estratégias, sendo 24 horas você tem estratégia para operar de noite, tem outra estratégia para operar durante o dia, tem estratégia… por exemplo, em gráficos de barra de 4 horas que faz sentido no forex que é um mercado 24 horas mas não faz tanto sentido assim… mais difícil de usar no mercado de ações.

Então realmente eu vejo hoje, bastante, bastante vantagens… e lá fora tá tudo muito mais desenvolvido, então com um baixo custo você aluga um servidor… ou para quem tem mais de 5 mil dólares na corretora, a corretora te oferece gratuitamente esse servidor para você rodar a Metatrader com o robô num… se chama VPS, que é um servidor… você não precisa rodar ela no seu computador então você não precisa ficar com o seu computador ligado 24 horas nem ter problema de cair a conexão de internet. Você roda aquilo automaticamente no servidor. Você só fica olhando do seu computador, do seu iPhone como que está indo mas você não tem problema de cair a conexão de internet… enfim, de ter que ficar com o computador ligado o dia todo… são algumas vantagens e coisas que a gente nem sonha em ter ainda aqui no Brasil e que já são coisas corriqueiras e com preço bem acessível no mercado de forex.

Outra vantagem grande… os robôs comerciais, hoje você tem um grande quantidade de robôs, pessoas que desenvolvem estratégias e comercializam. Seja com o que o cara chama de life-time, para sempre, e cobra sei lá… 200 dólares para você ter um robô para uma conta só, sempre por conta mas nessa conta você pode rodar para sempre a estratégia, outros cobram mensalidade, enfim. Mas você paga, simplesmente pega um robô que vê lá 1, 2, 3 ou 4 anos de histórico e você simplesmente paga e roda ele na sua conta.

Então… enquanto, por exemplo, em trading… pra você aprender análise técnica, pra você aprender a operar, pra você desenvolver um método ou pra você conseguir implementar o método de alguém, normalmente exige uma curva de aprendizado grande. Com o robô… é claro que você precisa saber escolher o robô e a maioria dos robôs que tem por aí não funcionam porque são pessoas má-intencionadas que pegam um robô… que é aquilo que a gente tava conversando, funciona por 15 dias, ele pega um histórico lá de 15 dias e bota no site que ganhou 200% e bota para vender.

Aquilo funcionou realmente de fato naqueles 15 dias mas não vai continuar funcionando. Então tem que tomar muito cuidado porque, como em tudo, existe muita picaretagem por aí mas realmente tem robôs bons e isso é uma grande vantagem porque você sabendo escolher bons robôs, boas estratégias… a curva de aprendizado para você aprender a ver uma boa estratégia é muito maior do que você aprender a operar de fato.

Sim, basicamente você gasta o tempo todo aprendendo e na hora do trabalho em si, você terceiriza para o robô.

Exatamente e isso também permite que você tenha várias estratégias porque também você mesmo desenvolver 5 estratégias ou 4 estratégias diferentes muito eficientes não é fácil. De repente se você tiver vários anos der mercado, você consegue.

Mas eu particularmente tenho basicamente poucas estratégias, 2 ou 3 estratégias minhas e mais 3, 4, 5 aí de robôs comerciais, digamos assim.

Sim, você testa bastante então.

É, eu testo bastante tanto o robô dos outros quanto eu desenvolvo… mas realmente soma. Embora pudesse contar só com os meus robôs, o fato de poder usar outros soma muita coisa para mim.

Você aprende com os outros, bacana… legal… então… pô cara, você tá mudando o jeito que eu penso sobre o forex porque… como eu falei, muita gente não tem a mínima ideia dessas coisas… você só vê o lado ruim porque é só o lado ruim que é jogado na cara das pessoas… interessante.

Agora mais duas perguntas:

Qual foi a coisa mais besta que você fez num trade e qual foi a melhor coisa que você fez num trade?

Olha, a coisa mais besta acho que eu já fiz num trade… começar uma operação de trading, target está aqui, stop está aqui, começa a cair, eu tiro o stop e digo “Não, esse ativo é muito bom, eu tenho certeza que ele vai se recuperar porque tem bom fundamento!”, aí vai caindo e eu fui ficando com aquilo, com aquela… aquele nabo na mão com a esperança de recuperar…

E nunca recuperou.

E nunca recuperou.

E a melhor coisa que eu fiz em termos de trading foi realmente aprender a usar diversas estratégias ao mesmo tempo.

Ou seja, conhecimento, estudo.

Exatamente.

Teve uma época em que eu lia um livro por dia sobre o mercado, você chegou a estudar o tempo todo? Como você fez essa… porque muita gente, a maioria das pessoas trabalha, como foi que você fez para conciliar o trabalho, a faculdade com o estudo de um mercado complicado como o forex e várias estratégias…

Como você fez para derrotar esse monstro?

Na verdade isso que é uma coisa interessante porque eu me assemelho muito ao investidor comum porque eu também trabalho, sempre trabalhei, nunca fui uma pessoa que viveu do mercado, trabalhou diretamente com o mercado… sei lá, trabalhando numa corretora ou enfim… como quem tivesse trabalhado só com isso. E eu acho que as pessoas complicam demais coisas que são relativamente simples…

Ahh, com certeza, nossa…

…então, eu simplesmente fui estudando, lendo vários e vários livros mas você vê, eu comecei a estudar em 2005 e a gente está em 2014, tem praticamente 10 anos e em 10 anos você lê um bocado de livro, faz um bocado de cursos, testa um bocado de coisas então foi uma coisa acumulativa. Eu nunca parei de estudar sobre o mercado ou parei de praticar mas nunca cheguei a fazer isso de forma intensa como você fez, por exemplo, ler um livro sobre o mercado por dia… não, eu fui sempre, sempre sem parar, estudando, aprendendo e praticando mas nunca de forma 100% intensa.

Eu acho que um dos motivos do grande sucesso que os meus cursos têm feito é o fato de que eu ensino para as pessoas comuns investirem, porque eu sou uma pessoa comum que trabalha. Então, por exemplo, eu só comecei a fazer realmente, pra valer… eu cheguei até a desenvolver estratégias de day-trade que eu podia operar de vez em quando quando eu tinha tempo mas eu só comecei a fazer day-trade depois que eu comecei a operar com o robô porque aí o robô que faz sozinho.

Enfim, eu sou uma pessoa que… eu ensino como uma pessoa comum pode investir porque eu sou uma pessoa comum. Esse eu acho que é um dos motivos do sucesso dos meus cursos porque as pessoas percebem isso e as pessoas conseguem implementar o que eu ensino porque eu ensino coisas normais para pessoas normais e não coisas extremamente complicadas para quem está disposto agora, a partir de hoje, a ficar um ano estudando tudo sobre o mercado, lendo um livro por dia e operando o dia todo.

Ou seja, num ritmo aceitável também, né?

Num ritmo totalmente aceitável. Eu ensino, por exemplo, mesmo para quem não quer operar com robô, estratégias que você precisa de 10 minutos por dia.

Ahh sim… no caso, é position?

Seria, eu uso o gráfico diário mas seria posições de position porque as posições duram, às vezes, 1 mês, 2 meses, 3 meses.

Ahh sim, eu também faço isso (preferência de quase todos os trend-followers).

É, enfim, eu uso mais essas estratégias até do que as de curto prazo pela questão de tempo. Eu tenho estratégias que eu gosto de day-trade mas eu simplesmente não consigo aplicar elas no dia a dia porque eu não tenho tempo para operar sempre no dia a dia.

Uma coisa que eu acho muito importante é o seguinte… que eu sempre ensino, como eu falei agora a pouco é você pegar o dinheiro e investir para o longo prazo. Então se você deixar de ganhar dinheiro (no trabalho) para ficar operando, você quebra esse ciclo. De repente se você já é aposentado, se você já tem muito dinheiro aí você pode realmente viver só dos seus investimentos e se você quiser operar mais e tudo, tranquilo. Mas a pessoa comum deixar de trabalhar para operar no mercado… ela está perdendo dinheiro porque ela não vai melhorar tanto assim a rentabilidade dela porque não é mais tempo no mercado que aumenta a rentabilidade e ela vai deixar de, por exemplo, trabalhar mais para ganhar mais e investir mais. Então acaba sendo prejuízo. Eu alerto sempre as pessoas sobre isso também.

Há uma constante procura por moedinhas em vez de ir atrás das grandes quantias.

É, exatamente, e não só isso como realmente não achar que você com 10 mil dólares, com mil dólares… porque no forex você começa a investir com 250 dólares e você opera facilmente, tem margem… assim como você pode alavancar muito, você pode usar valores muito pequenos.

Tem gente que coloca mil dólares na conta e me mandam e-mail perguntando se… gente assim que está me conhecendo, que não fez o curso ainda, perguntando se pode viver daquilo… por exemplo, “Ahh, eu ganho salário mínimo, então se eu conseguir ganhar um salário mínimo disso aí eu já posso viver disso””, ou seja, ele precisaria aí ganhar 400 dólares por mês, fazer 40% ao mês, entendeu?

O cara precisa de uma dose cavalar de realidade…

É, enfim… aí eu explico que não é bem por aí e que não é esse o caminho.

Ahh sim, legal, interessante… tá, então recapitulando:

O mercado forex, ele é extremamente bem regulado em alguns países então basta você saber escolher, você também precisa ficar de olho em todos os picaretas do mercado e para isso você precisa cair na real e não ter expectativas absurdas como esse cara aí de 40% ao mês começando com mil dólares e você precisa também estudar.

Caso você não queira estudar num ritmo doente mental como algumas pessoas fazem, você pode estudar numa maneira mais equilibrada de forma que você consiga conciliar tanto o seu trabalho quanto o estudo, quanto a faculdade ou sei lá, qualquer coisa que você queira.

O próximo passo, no caso, seria responder, Marcello, como eu vou atrás desse conhecimento, o que você pode fazer pelos leitores do Senhor Mercado em relação ao forex porque eu mesmo… não é exatamente a minha praia, né? Eu gosto de ações small caps da Bovespa então eu vou passar a bola para você.

O que fazer?

O primeiro passo… eu acho que você colocou bem, num passo a passo.

O primeiro passo é escolher uma corretora boa. O segundo passo é entender as características do mercado de forex. Terceiro passo, aprender uma estratégia ou mais de uma estratégia eficiente e quarto passo, implementar e estar sempre estudando, sempre aprendendo, sempre acompanhando o desempenho das estratégias, aprendendo novas estratégias para você ficar cada vez mais eficiente.

Sendo que você pode fazer tudo isso realmente num curto espaço de tempo porque o básico não é complicado. Eu acredito que o básico é o que mais trás retorno, então você não precisa ser um ultra mega expert no mercado para ganhar dinheiro. Basta ter alguns conceitos corretos e você vai ganhar dinheiro. E aí se um dia você quiser ser um mega especialista para ganhar um pouco mais, tudo bem, mas para ser lucrativo no mercado você precisa aprender alguns conceitos básicos e importantes e isso já vai ser o suficiente para você se tornar um investidor ou um trader lucrativo.

E como você pode ajudar os leitores com esses passos?

Eu vou estar realizando no dia 24, terça feira agora às 21 horas, no dia 29 de junho, horário de Brasília , um webinar, uma aula ao vivo, onde eu vou explicar esse passo a passo. Eu vou explicar o que é o mercado de forex, o que é um lote, como é a regulamentação em quais países, como funciona plataforma Metatrader, vou falar sobre estratégias, vou mostrar backtests… então eu vou, num passo a passo, mostrar mais detalhes sobre tudo isso que a gente conversou.

Edit de 2017: como esse post é meio antigo, o webinário mais recente tem um foco mais sobre Forex e Robôs de Investimento, ou seja, menos básico, mas mais interessante.

É um webinar de acesso gratuito?

Acesso gratuito, liberado… só tem uma certa quantidade… o máximo são 500 pessoas ao vivo, então eu sugiro que as pessoas se cadastrem em algum local aí no seu site deve ter o link

Sim, logo abaixo do áudio (ou aqui, ou lá em cima…)

…e aí você se cadastra e eu só sugiro que você acesse com 5 ou 10 minutos de antecedência pra… caso acontece de dar um pico e lotar a sala, o máximo são 500 pessoas.

A sala será fechada depois?

Não, a sala fica aberta, o problema é que às vezes pode dar um pico de gente e aí se lotar as 500 pessoas, não entra mais ninguém enquanto tiver 500 pessoas dentro então eu realmente sugiro que as pessoas cheguem uns 5, 10 minutos antes, já façam o login… e se cadastram primeiro aí no link e que acessem 10, 5 minutos antes das 21 horas só para garantir e aí a gente começa as 21 horas, é 1 hora, 1 hora e pouco eu ensino tudo isso num passo a passo com slide e tudo mais, dando exemplos reais e tudo e no final também e abro e fico aí mais de uma hora tirando dúvidas, então as pessoas vão poder… enfim, postar todas as suas dúvidas e eu vou estar lá para responder ao vivo.

Oh, então galera, vocês ouviram, vocês podem clicar neste link abaixo ou em qualquer lugar, se cadastrar para a palestra… pro webinar do Marcello sobre forex e depois vocês podem ficar enchendo o saco dele com várias perguntas e…

Eles podem perguntar qualquer coisa? Qual é a sua marca de shampoo preferida? Qualquer coisa?

Tá valendo qualquer coisa, qualquer coisa que queiram saber eu vou estar lá pra responder. 🙂

Então Marcello, você gostaria de fazer algumas considerações finais?

Eu primeiro gostaria de te agradecer pela oportunidade de estar falando aí um pouco sobre o mercado de forex, que é tão mau compreendido…

Super mau…

…e estou muito feliz por estar passando aí, eu sei que você tem um público grande que te acompanha há muito tempo e poder estar passando essas informações de valor para essas pessoas.

Eu tenho certeza que muitas dessas pessoas vão acabar se interessando pelo mercado de forex e vendo aí mais um horizonte, mais uma possibilidade de investimento… como eu falei, eu não invisto só em forex, eu invisto em ações, eu invisto em renda fixa, eu invisto em fundo imobiliário e eu acho interessante a pessoa ter mais uma forma de investir. Eu tenho certeza que muita gente aí vai acabar se identificando também com esse mercado e tendo mais uma forma de se investir daqui para a frente.

Eu que agradeço a sua entrevista, foi bastante esclarecedor porque… eu mesmo não sabia muitas coisas sobre o forex como esse negócio do fundo garantidor de 50 mil libras na Inglaterra então eu acho que foi produtivo para todo mundo.

E você, leitor do Senhor Mercado, se você gostaria de saber mais sobre esse mercado, clique neste botão aqui, cadastre-se e fique de olho para ver uma palestra na qual… novamente, você poderá encher o saco do Marcello por quanto tempo você quiser sobre qualquer coisa, não importa se é de forex, robôs de investimento, a Copa do Mundo, cidades, tanto faz, você pergunta que ele vai responder.

Então muito obrigado por ter ouvido este áudio e até a próxima!

Um abraço à todos e até a próxima!



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


34 Comentários Será Que o Forex é Realmente Perigoso? [Podcast Com Marcello Vieira]

  1. Diogo Fagundes

    Muito interessante, gostei bastante e este paradigma já quebrado. Parabéns pela entrevista espero, estou no aguardo de outras. Abraços.

    Responder
  2. Gabriel F.

    Na verdade o Forex é 24h, são as corretoras que fecham no final de semana. Invisto no forex desde o ano passado e até agora é só alegria. Parabéns pelo podcast! Abraço.

    Responder
  3. Hugo Carvalho

    Xará, faltou o link para download, geralmente eu escuto quando estou na rua (acho que muita gente tb) e o 3G ñ ajuda para ouvir on-line (Y)

    Responder
  4. Luiz Cláudio Nakandakari

    Só tenho a agradecer por esse podcast tão esclarecedor. Mais um modo de investimento, já que eu também sempre tive essa imagem distorcida sobre forex. Hugo e Marcello, obrigado!

    Responder
  5. Marcelo Balthar

    Excelente, Hugo! Já acompanho o trabalho do Marcelo há algum tempo e o cara realmente é fera e sempre me pareceu muito disposto a ajudar as pessoas. Talvez a idéia tão ruim que se tem do forex aqui no Brasil sofra algum tipo de influência política da BV&F bovespa. Pelo visto, vão ter que se adaptar. Parabéns aos dois!

    Responder
  6. Leonardo Cordeiro

    Parabéns pelo podcast Hugo!

    Tive uma prova de economia brasileira hoje mais extensa do que esperava e não cheguei a tempo para a aula. Sabes me dizer se ela foi gravada? Posso revê-la onde?

    Abraço.

    Responder
    1. Hugo Teixeira

      Oi Thompson,

      Não cheguei a colocar nada em prática por falta de tempo, estive muito ocupado criando sistemas novos para resistir a crise econômica então não apliquei nada… mas provavelmente irei agora no segundo semestre. 😉

      Responder
  7. alexdutra666ex

    Nas corretoras do tipo ECN existe sim um book de ofertas, chama-se DOM (depth of market). Ele agrupa as ofertas por nivel de preço e é ótimo pra fazer scalping haha

    PS: Não sei se alguem verá esse comentario haha

    Responder
  8. Clesio

    Boa noite Hugo,

    Fiz alguns backtestes, aproveitei pra testar ele nos piores momentos, onde os testes sofrem os maiores drawdowns, como metade de 2014 até hoje, onde alguns sistemas sofrem algum prejuízo ou uma rentabilidade média abaixo da renda fixa. Tem algum sistema que consiga passar ileso, com uma rentabilidade melhor, por estes momentos sem ter que passar a operar vendido? Pois nos backtestes operar long and short não funciona bem como operando apenas long. Operar short funciona, mas só nos piores momentos, mas só descobrimos a tendência quando já estamos no meio dela, aí é tarde.
    Quero saber se os traders experientes como você sofre nestes momentos, ou consegue driblar os DD’s com algum ajuste em seu sistema?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *