…Mas Quanto Tempo Leva Para Eu Aprender a Investir?

Essa semana eu recebi o e-mail de uma leitora perguntando quantas horas se leva em média para que um iniciante aprenda a investir na bolsa de valores.

Depois de responder o e-mail, resolvi falar um pouco do assunto aqui no blog para explicar para todos como a coisa realmente funciona.

Farei explicações individuais citando fundos de ações e ETF’s, ações e aqueles que querem viver da bolsa.

Então, vamos começar…

Quanto tempo leva para um iniciante aprender a investir em…

Fundos de Ações e ETF’s

Felizmente é muito, muito fácil investir em fundos, qualquer tipo na verdade.

Você só precisa conhecer diversos fundos diferentes, compará-los e então escolher o melhor.

Depois você inicia o investimento, espera e então decide:

Se o fundo rendeu um bom dinheiro, você não faz nada além de aplicar mais e deixa ele rendendo ainda mais dinheiro.

Se o fundo for uma porcaria, você decide se tira o dinheiro ou se espera mais um pouco caso tenha sido um pouco impaciente. Em mercados ruins, normalmente o problema é da impaciência e não do fundo ser ruim.

Mas voltando…

Considerando também a prática, você vai levar um bom tempo para aprender a investir muito bem pois nem sempre será possível escolher os melhores fundos logo no começo.

Você pode errar, pode fazer escolhas ruins etc. Mas existem poucas coisas a se fazer de errado ao escolher um fundo e por isso, é fácil concluir que:

De modo geral, você pode começar a investir muito, muito rapidamente. Com umas 24 horas de estudo de qualidade, já dá para investir em fundos até com altas chances de lucro.

Legal, só que é para investir em…

Ações Individuais

A dificuldade de se investir em ações é muito, mas muito, mas muito maior MESMO do que a de se investir em fundos.

O iniciante que quer INVESTIR pode ir direto estudar a análise fundamentalista e ignorar todos os gráficos, indicadores técnicos e outras ferramentas que são mais utilizadas por traders.

O iniciante que quer OPERAR pode ir direto estudar a análise técnica e ignorar toda a parte fundamentalista.

Mas ainda assim, qualquer uma dessas análises é enorme. Existe muita coisa para aprender e nem sempre você as aprende de primeira.

E depois tem a parte prática.

Você pode cometer erros na hora de comprar ações, na hora de escolher as ações e muito outros erros diferentes.

Como investir em ações é consideravelmente mais complicado do que investir em fundos, existe muita coisa para dar errado e por isso, é preciso estudar demais para evitar esses erros.

Ah, sim, e tem também o emocional.

Com o dinheiro num fundo você se sente melhor porque a probabilidade dos gestores saberem o que estão fazendo é grande, então você fica tranquilo.

Mas com as ações, você é o seu próprio gestor e por isso, além de tudo, você sente uma enorme pressão.

Levando tudo em conta, duvido que em menos de 250 horas você vai se tornar capaz de investir mais ou menos bem. Logo, é preciso mesmo estudar bastante.

Agora, as coisas complicam ainda mais se você quiser…

Viver da Bolsa Como um Trader

Quem deseja tirar o seu sustento da bolsa precisa passar por uma fase de aprendizado mais longa.

Não adianta ir direto na análise fundamentalista ou na técnica para tentar investir, não, é necessário e mais inteligente ir nas duas, conhecer os prós e os contras de cada uma delas para então decidir qual é a que mais tem a ver com a sua personalidade / objetivos / etc.

Existem diversas maneiras de se viver da bolsa e por isso, o iniciante precisa estudar tudo muito a fundo para conquistar a base necessária para que ele consiga decidir corretamente.

Ele precisa levar em conta os diferentes tipos de análises, gráficos, indicadores, plataformas gráficas, deve fazer backtests, aprender a programar esses backtests, aplicar diferentes ideias de position sizing em seus sistemas, pensar em relatórios, tanto de empresas quanto de operações e ainda tem o psicológico!

O iniciante racional com coração de pedra terá uma vantagem enorme sobre os iniciantes emocionais e impulsivos que chegam na bolsa pensando: “Oba, oba! Vamos investir… agora!”.

Só que ainda assim, a mente típica das pessoas está condicionada demais a operar nos conformes da sociedade e por isso, elas precisam desaprender muitas coisas erradas antes de aprenderem as certas.

E adivinha? Tudo isso leva muito tempo, até mesmo para mim, um cara que no colegial era acusado de “não ter alma e nem coração”.

O que eu quero dizer é que aprender a viver da bolsa você vai ter trabalho. Todo esse trabalho é super divertido e nenhum momento se parece com trabalho, mas com certeza cansa e leva tempo, muito tempo.

Se você tiver um mentor, como um pai ou tio, para te guiar, as coisas ficam um pouco mais fáceis, mas ainda assim, aprender a viver da bolsa em menos de 800 horas me parece pouco lógico.

Conclusão

Aprender a investir em fundos de ações, sejam eles mútuos, hedge, ETF’s ou qualquer outra coisa parecida é relativamente fácil. Dá para aprender tudo de mais importante em menos de 1 semana se você estudar todos os dias.

Já investir em ações dá bem mais trabalho porque além de escolher as ações, você precisa se controlar emocionalmente e cuidar dos seus investimentos.

E quem quer viver da bolsa precisa mergulhar de vez na coisa porque não, não é rápido. Leva muuuuuuuuuito tempo e apesar desse tempo passar rápido porque é divertido, ainda são muitas e muitas horas.

Portanto, se você quiser investir logo, vá estudar fundos de ações. Se preferir investir em ações, saiba que o trabalho será massivamente maior.

E para terminar, se quiser viver da bolsa, pare de voar nas nuvens, coloque o pé no chão e entenda que vai levar muito, muito, mas muito tempo mesmo.

Felizmente você sabe como é: com um passo de cada vez você com certeza chega lá, então comece logo porque a estrada vai longe. 🙂



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Porque a bolsa de valores pode acelerar a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


11 Comentários …Mas Quanto Tempo Leva Para Eu Aprender a Investir?

  1. Clint

    A parte sobre experimentar AT e AF no começo é verdade. Depois de ler Nicholas Darvas eu achava que minha praia era especulação, mas após um tempo não me sentia bem estudando gráficos, desanimei e vi que AT é pra quem gosta mesmo daquilo.

    Quando estava quase desistindo da bolsa, conheci um pouco de AF e quando comecei a ler O Investidor Inteligente, eu descobri o fogo, kkk. Me identifiquei completamente e foi isso que finalmente me deu ânimo e coragem pra abrir conta na corretora.

    Aprendi muito no seu site Senhor Mercado, devo muito a ele.

    Viva ao bipolarismo maníaco-depressivo do Sr. Mercado, hehe.
    Abraço.

    1. Hugo

      Comigo foi o contrário, eu comecei lendo livros de especulação mas achei arriscado demais, fui ler livros de AF e gostei mais pois parecia ser mais fácil (não é, hahaha).

      Aí depois de ler ainda mais, acabei voltando pra especulação mesmo. Não é como se você tivesse uma escolha, você gosta de uma ou outra (ou as duas…) e acabou.

      Obrigado pelo comentário,

      Hugo

  2. Gilbert

    Una pergunta! Na verdade tenho sondado se invisto ou não na bolsa de valores e como todo mineirim que come quieto tenho olhado todas as opções e ainda to meio perdido. Então eu tentaria investir inicialmente em Fundos de Açoes e ETF’s; como devo fazer? Quais são os valores q devo investir inicialmente, e por onde começo???
    Êta duvida …..

    1. Hugo

      Você pode digitar a sua pergunta na barra lateral da forma mais simples possível porque aí você provavelmente encontrará um post que responde essa dúvida.

      “como investir em um fundo de ações” – esse tipo de coisa

      O mínimo de um fundo é 100 reais, já com ETF’s depende do ETF. Levando em consideração que você precisa comprar 10 cotas de ETF de uma vez, então o valor mínimo é 10x preço do ETF.

      Fundo = pesquisando bancos de investimentos ou bancos comuns mesmo, tipo o bb (eles tem alguns legais, tipo o de small caps)
      ETF = abrindo conta na corretora

      Abraço,

      Hugo

  3. Fred

    Quero investir mas não sei por onde começar, gostaria que você me recomendace um inicio de onde começar por exemplo uma ordem, tenho um tio que comprou umas ações da Petrobras a uns 25 anos atras hoje esta avaliada em um valor que vai mudar a vida dele financeira para sempre, em fim ele vai me da uma força financeira para começar falou para me estudar como funciona este mercado de ações mas tenho medo de cair em uma furada. Eu estou bem interessado, quero aproveitar que tranquei minha matricula da faculdade para dedicar o maximo do meu tempo neste negócio.

    1. Hugo

      Oi Fred,

      Espero que você tenha trancado a faculdade por outros motivos e não só para estudar a bolsa.

      E honestamente, é muito difícil “cair numa furada” quando você sabe o que está fazendo. Então comece a estudar.

      Este blog e o meu antigo https://www.senhormercado.com.br são lugares ótimos para começar. Sugiro que você treine num simulador como o da FolhaInvest para ajudar também.

      Blz?

      Abraço,

      Hugo

      1. Fred

        Obrigado Hugo, já li bastante seu blog comoinvestirnabolsadevalores, vou estudar o seu antigo blog como recomendado, comprei também seu e-book, quero apreender o mais rápido possivel, quero dedicar umas 5 a 7 horas por dia. Quanto mais informação e recomendação de livros, e-books, cursos acho bom, estou super ansioso para aprender cada dia mais, acho que estou obcecado já em 4 dias que comecei…hehe.

  4. Ardoise

    Na minha opinião, o principal requisito pra ganhar dinheiro de verdade como trader, é ser obcecado pela análise técnica. E falando em horas de aprendizado, fiz um cálculo mais ou menos aqui, de quando comecei a estudar, e acho que levei cerca de 1000 (mil) horas pra “me encontrar”, fazer um sistema que funcionasse de verdade. Depois disso foram mais umas centenas (lol) de horas pra “calibrar” e “otimizar” o negócio. A verdade mesmo é que você nunca vai parar de aprender.

    No começo da análise técnica é triste… Você começa a conhecer os indicadores, médias móveis se cruzando, MACD (basicamente a mesma coisa), etc, vai testar no gráfico e fica feliz da vida que o troço que você leu no livro/apostila/artigo funciona de verdade e dá entrada num trade com lucro. Aí você testa mais, em mais papéis e vê que às vezes dá merda. Daí você testa mais e mais, e vê que cada vez dá mais merda. Percebe então que, apesar de muitos lucros, a expectativa fica negativa. E vai você de novo testar mais coisas, com mais filtros, nunca o troço funciona e a frustração será um dos sentimentos mais corriqueiros durante seus estudos. ‘Nada bom vêm fácil!’ – Taí um ditado FDP, e verdadeiro.

    No final, uma parcela pequena consegue, e a esmagadora maioria, não. Definitivamente, trading NÃO é pra todo mundo. Simplesmente certas personalidades não se encaixam com essa atividade. Eu sou INTJ, sou uma pessoa anti-social, fria, perfeccionista, analiso mil vez antes de fazer qualquer coisa na vida, e acredito que esses adjetivos que me permitiram virar um trader funcional (que ganha dinheiro).

    Sobre ser divertido estudar o trading, graças as experiências que tive com outras pessoas, irei discordar um pouco. Pra mim, claro, foi extremamente divertido, o trading virou mais um hobby do que uma profissão (ou empreendimento), mas não é assim pra todo mundo.

    As pessoas adoram a possibilidade de “investir” na bolsa de valores, é algo mainstream. Querem status e dinheiro fácil, sonham. Conheci inúmeras pessoas assim, que querem “investir” e tal. E quando eu começava a explicar sobre análise técnica, indicadores, acompanhamento, tendências, suportes e resistências – elas simplesmente torciam o nariz, principalmente quando eu dizia que isso requer MUITO estudo e dedicação. Como dizia Confúcio: “A preguiça anda tão devagar, que a pobreza facilmente a alcança.”

    Viver de “investimento” na bolsa, só acho válido pra quem já tem muito dinheiro sobrando, porque dessa maneira não dá pra tirar renda, é mais remuneração de capital, sem contar que acho mais arriscado do que trading…

    1. Hugo

      Oi Ardoise,

      Concordo com tudo, menos com o termo que você escolheu: “análise técnica”.

      Faz muito mais sentido dizer “especulação financeira” ou até “análise quantitativa de sistemas” do que “análise técnica” porque convenhamos, AT é a coisa mais fácil do mundo e você aprende muito rapidamente mesmo. Todo o resto não é AT e sim, apenas se baseia nela.

      O que leva tempo é aprender toda a estrutura operacional do trading, fazer 500 bilhões de backtests sem parar e ler livros de psicologia até os seus olhos sangrarem. Mas AT em si?? Isso é muito fácil.

      Novamente, eu concordo com tudo mas usaria um termo diferente, mesmo porque quem ler 50 dos melhores livros de AT não vai chegar nem perto de se tornar um bom trader. 😉

      Abraço,

      Hugo

      BTW: ótimo quote do Confúcio.

    2. Ardoise

      Valeu, Hugo!

      É isso mesmo que eu quis dizer, saber o que fazer nos momentos certos no sobe-e-desce do mercado. Juro que ‘especulação financeira’ sumiu da minha cabeça na hora, eu tinha escrito ‘obcecado pelo mercado financeiro’, mas isso abrange até a poupança! Então apaguei e meti análise técnica.

      AT mesmo, usar os indicadores, a gente aprende na primeira semana. Depois o bicho pega…

      Abraços.

Os comentários estão fechados.