Os Axiomas de Moyamba: Faça preço médio!

“Quando você compra uma ação na bolsa de valores e ela cai, só pode significar que ela está tendo uma correção! Não é nada para se preocupar, logo, o melhor a se fazer é comprar mais dessa ação!

Pois quando ela começar a subir seu lucro será ainda maior! Então faça isso, toda vez que ela cair, compre mais, faça preço médio.

Se você compra 1000 ações, cada uma por 40 reais, e ela cai para 35, se você comprar mais 1000, seu preço médio será de 37,50 reais! Além de ganhar mais quando subir, o dinheiro novo faz o dinheiro velho parecer muito menos bobo do que realmente é!”

Antes de começar preciso deixar claro (para não me xingarem depois) que eu falarei sobre o problema de ser fazer preço médio na especulação ou em ações com altos P/L’s e com vários outros fatores fundamentalistas que indicam que a ação está cara. Em nenhum momento estou dizendo que, por exemplo, teria sido uma idéia estúpida ter comprado uma porrada violenta de USIM5 no ano passado quando suas ações conseguiram cair abaixo de seu valor patrimonial por causa do pânico, muito pelo contrário. Preço médio em análise fundamentalista de qualidade (de QUALIDADE!) é totalmente diferente do preço médio praticado pelos especuladores e investidores ignorantes.

Metáforas!

O que acontece quando você está na cozinha fritando uma sardinha e acidentalmente acaba escostando o dedo na extremamente quente frigideira? Você tira o dedo não é? É um reflexo, você sente o calor e tira seu dedo automaticamente para não se queimar. Mas e se você fosse, sei lá, aquele vilão do The World is Not Enough que não sente nada e percebesse seu dedo virando torresmo na frigideira, você o deixaria lá pra ver se ele pára de queimar? Não, porque você sabe que ele irá queimar. A frigideria continuará causando estragos, mas e uma ação? Tem como saber se ela mudará de direção ou continuará te dando prejuízos? Claro que não tem como saber. Mas é possível sim que ela suba, assim como é possível que ela caia muito mais. Será prudente arriscar?

Não significa que ele não seria um bom trader...

Não significa que ele não seria um bom trader…

Quando comecei a operar, tinha a idéia boba de pescar fundos, e fiz duas merdas, foram com o stop mas o exemplo se aplica bem. Eu comprei CMIG4 e ia colocar o stop, imediatamente a ação caiu, só que não tinha dado tempo de colocar o stop! Foi rápido demais! Alguém vendeu e preencheu as ordens de compra de muita gente que estava no book. Só que como eu estava tentando pescar o fundo da CMIG4, meu stop era curtíssimo, então minha compra foi feita mas, antes de eu colocar o stop, o preço passou do meu ponto de stop! O que o noob fez? Coloquei o stop mais pra baixo! O papel subiu um pouco, caiu, fui stopado perdendo o dobro do que tinha planejado e logo depois ela subiu uns 20%.

Ainda bem que isso aconteceu, a pior coisa que pode acontecer com um trader iniciante na bolsa de valores é ele ter sorte, ou seja, fazer merda e se sair bem. Cria maus costumes e o deixa psicologicamente fadado ao fracasso no curto prazo. Todas as vezes que eu fiz algo errado eu perdi dinheiro, e todas as vezes que fiz certo, ganhei, ou pelo menos perdi muito pouco.

Tá! E… ?

piramides-invertidas

Preço Médio pra Baixo = Método Pirâmide Invertida

Tudo bem, eu não fiz preço médio naquela operação mas o conceito é o mesmo, que é o de insistir numa operação falha desde o começo. Quando eu compro uma ação eu espero que ela suba imediatamente, se ela apenas ficar lá paradinha, já dá pra perceber que tem algo errado, e isso é um bom motivo pra vender, nesse caso o uso de um time-stop é uma boa. Fundamentalistas podem usar um time-stop também. Por exemplo, você compra uma empresa muito boa e não acontece porra nenhuma durante o período que você acreditou que iria acontecer, então pra quê manter seu dinheiro nessa empresa quando podem existir várias outras melhores para serem compradas por aí? Para quê manter seu dinheiro preso em um investimento ruim? E pior! Pra que comprar mais desse investimento ruim? Você já está perdendo! Devem existir outras oportunidades! Procure-as! E se elas não existirem? Espere! Melhor não fazer nada do que fazer algo terrivelmente idiota.

Jesse Livermore aumentava suas posições pagando sempre mais pelas ações, ou seja, quando a operação já apresentava um lucro. Como, pelo menos temporariamente, a operação estava funcionando, ele comprava mais. Isto é fazer preço médio pra cima, conhecido como método pirâmide. Dessa forma você estará aumentando seu lucros quando já está ganhando e não suas perdas quando está perdendo. Porém não é assim que a maioria das pessoas pensam. Quando elas compram um papel e ele sobre, elas ficam com medo e diminuem sua posição (se é que não vendem cedo demais) e quando o papel desce, elas aumentam a posição! Essas pessoas estão usando o método pirâmide, mas da forma invertida!

Usando o exemplo da introdução, você tem 1000 ações por 40 e 1000 por 35, preço médio de 37,5. Ok, atualmente seu prejuízo é de 5000 reais + taxas na primeira compra e na segunda, está no break-even. Se o preço cair para 30 reais e você comprar mais 1000, seu preço médio agora será de 35 reais. Porém o prejuízo na primeira compra, que era de 5000, agora foi pra 10000. A segunda, que estava no break-even, agora apresenta um prejuízo de 5000 e o terceira compra está zerada. Se cair mais, as 3 compras apresentarão prejuízos! Você quer continuar perdendo? Quer continuar apostando numa virada de tendência? Ela pode vir, mas pode não vir também. Seu prejuízo pode aumentar ainda mais e pô, você achou que iria subir e não está subindo, isso é motivo o suficiente para sair. Saia assim que perceber que seu trade não funcionou, nem pense em fazer preço médio. Você está errado pois está perdendo dinheiro. Esqueça o seu orgulho e faça o que é o certo, mesmo porque o orgulho é apenas mais uma emoção inútil que nunca trouxe nada de bom a ninguém.

Conclusão

A não ser que você odeie seu dinheiro, não faça preço médio pra baixo...

Só faça preço médio se você REALMENTE odiar dinheiro

A não ser que você seja um verdadeiro fundamentalista que estudou muito, conhece O Investidor Inteligente do Benjamin Graham do começo ao fim e a ação a ser comprada está ridiculamente barata, como muitas estavam no ano passado, não existe a mínima razão para fazer preço médio. Muito menos se você usa análise técnica.

Quem faz preço médio está jogando com a sorte porque está se segurando na esperança. Sorte é um fator irrelevante para o sucesso ao longo prazo e esperança, que muitas vezes é apenas uma forma de negação, não serve e nunca serviu para nada, pelos menos na bolsa de valores. Portanto não faça preço médio num trade ou investimento perdedor, não mande dinheiro bom atrás de dinheiro ruim. Arriscar uma perda ainda maior não faz de você um bom especulador ou investidor, só demonstra sua incapacidade de aceitar o óbvio, que seu trade não funcionou.

E você, leitor? Já cometeu o erro de fazer preço médio? Conte como foi!



Descubra Como Conquistar a Sua Independência Financeira Em Apenas 10 Anos Investindo Só R$200 Por Mês!
(e-Book 100% Grátis!)

Você vai descobrir...

  • Porque as maneiras mais populares de se atingir a independência financeira só estão fazendo você perder tempo (e oportunidades).

  • Quanto tempo você realmente tende a levar para atingir a sua independência financeira.

  • Qual é o "fator não tão secreto assim" que acelera a sua acumulação de capital em mais de 2x com toda a segurança do mundo.

  • O quê fazer para conquistar os seus objetivos da maneira mais rápida, fácil e simples possível.


6 Comentários Os Axiomas de Moyamba: Faça preço médio!

  1. Alves

    Parabéns pelo artigo, sou novo no mercado de ações, tenho procurado ler artigos que me instrua mais. Estou feliz por ter encontrado este site e agora sinto-me mais animado para continuar. Gosto da sua forma clara e “relaxada” de escrever. Um abração! Feliz ano novo.

    Responder
    1. Hugo

      E aí Ulisses!

      Com certeza escreverei mais uns dois ou três. O problema é que alguns dos Axiomas são importantes demais para serem discutidos com tanto humor e aí, eu escrevo um post separado, mais sério. Se é que dá pra chamar alguma coisa aqui de séria hehehe 😀

      Mas não priêmos cânico!

      Os Axiomas de Moyamba Voltarão!

      …um dia aí, sei lá quando, pode demorar 😛

      Abraço,
      Hugo

      Responder
  2. Antonio Mandetta

    Hugo, te acompanho desde 2011, quando aprendi no seu ebook a construir meu próprio sistema. Sou muito grato a você e fiquei feliz de receber os emails novamente… rachando os bicos (de novo!) com os textos. Parabéns pelo trabalho e perseverança!
    Deus te abençoe.

    Antonio Mandetta

    Responder

Deixe uma resposta