Qual é o Melhor Simulador da Bolsa de Valores?

Antigamente nós só tinhamos algumas poucas opções de simuladores da bolsa.

Hoje a história é diferente.

E com mais opções, precisamos conhecer alguns para descobrir qual é o melhor e qual serve mais para as nossas necessidades.

Afinal, se formos iniciantes demais, um simulador mais simples pode resolver. Mas se estivermos num nível de conhecimento mais elevado, precisamos de um simulador mais robusto.

Mas e então, o que fazer?

Para saber essa resposta você precisa antes definir o nível no qual você se encontra. Se você é um investidor iniciante muito iniciante mesmo, um simulador como o da Folha Invest será muito útil para os seus estudos.

Só que o tempo que um investidor leva para ir de um nível “iniciante” para um “moderado” é muito curto então um simulador desses será útil por muito pouco tempo.

E aí a coisa complica porque o mercado brasileiro de simuladores gratuitos é vergonhosamente fraco.

Felizmente existem duas soluções, apesar de que nenhuma delas é ideal:

A primeira é abrir uma conta em uma corretora que permita que você utilize o home broker em modo simulador. Dessa maneira você não precisará investir nem um centavo para treinar.

A parte chata é que uma conta é necessária. Ou seja, você será obrigado a tirar várias cópias de documentos, preencher um cadastro longo, talvez até ir no cartório para autenticar tudo e etc, para possibilitar a abertura da conta.

E tem outra, mesmo se o simulador da corretora for bom, nada garante que suas taxas de corretagem são adequadas. Se não forem, depois de usar o simulador e começar a operar com dinheiro real, será preciso abrir uma outra conta em uma corretora mais barata.

A segunda solução é usar um simulador de forex. As vantagens são simples: eles são muito melhores do que qualquer simulador nacional da bolsa de valores que existe. E o problema é óbvio, ele é um simulador de forex e não da bolsa de valores.

Mesmo assim, nada é perdido.

Se você quiser investir mesmo em ações, para o longo prazo, para construir riqueza e etc, você vai estudar análise fundamentalista. Sendo esse o caso, fique com o simulador simples mesmo e talvez abra a conta na corretora que tem um simulador decente.

Você pode tentar operar com pouco dinheiro (menos de 3 mil reais) para aprender melhor depois que o simulador ficar inútil.

Mas se você quer operar ações, ser um especulador, um trader ou day trader, você vai querer aprender a usar a análise técnica. E nesse caso tanto faz em qual mercado você a utilize porque ao contrário da análise fundamentalista que serve para ações, a análise técnica serve para qualquer coisa.

Ou seja, se quiser ser um trader de ações, não tem problema em treinar com um simulador do mercado de moedas. Na verdade é até melhor porque existem mais funções.

Bons estudos e muito sucesso no futuro!


"A Bizarra História de Um Trader Que
Só Queria Viver da Bolsa..."




Clique Aqui Para Saber Mais!


Deixe uma resposta